Paulista sem emoção

Regulamento ruim, tira emoção e interesse do Paulistão.

Por Paulo Edson Delazari

Com a maioria dos grandes paulistas envolvidos na Libertadores da América, (São Paulo, Palmeiras e Corinthians), o estadual paulista da série A encontra-se sem emoção, uma primeira fase longa de 19 rodadas apenas para definir os oito primeiros colocados, tira o público dos estádios e o interesse das grandes equipes em levar o time titular para campo.

Prova desta tese foi o desinteressante clássico paulista entre Santos e Corinthians no Morumbi, os jogadores pouco se empenharam, uma preocupação danada com a parte tática das equipes, um público de mais de 17 mil espectadores, para um dos clássicos mais importantes de São Paulo tamanha a rivalidade, sequer empolgaram os jogadores, Neymar e Pato estiveram apagados durante toda partida, sendo o segundo substituído no segundo tempo. Resultado 0 a 0.

O nível técnico das equipes é tão fraco que o São Paulo está em primeiro lugar com dois pontos de vantagem sobre o segundo colocado com um jogo a menos em relação aos demais concorrentes, isto porque tem usado o time reserva para disputar a competição na maioria das partidas e olha que o São Paulo não está jogando aquelas coisas.

Pra ajudar um dos quatro maiores, nem entrou em campo hoje, a partida da entre Palmeiras e Paulista só ocorre dia 14 de março.

Ou seja, só posso concluir que o fim de semana foi muito chato nos campos paulistas, enquanto os dirigentes paulistas agirem assim, sem melhorar a formula do campeonato, continuaremos tendo fins de semanas tediantes.