ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Peixe estreia sem muito brilho, mas com vitória

Santos vence o XV com gol do prata da casa, Gabigol

Por Vladimir da Costa

De técnico novo e equipe reforçada, o Santos, que teve um ano de 2013 mediano, iniciou bem a atual temporada. Com Oswaldo de Oliveira no banco, o Peixe fez neste sábado sua estreia no Paulista com vitória. Apesar de não apresentar bom futebol, a equipe jogou pro gasto e venceu por 1 a 0 o XV de Piracicaba na Vila Belmiro com atuação da equipe que ainda não pôde contar com Leandro Damião, principal reforço da temporada. Porém, Gabigol, atuou em seu lugar e fez o gol da vitória do peixe.

O Jogo

Sem Damião, o técnico Oswaldo de Oliveira armou o Santos em esquema próximo ao que Claudinei Oliveira, seu antecessor, utilizou até o fim do ano passado.

Jogando de forma acelerada desde o início o Santos mostrava que ainda tem muita coisa do antigo técnico, até por conta do pouco tempo de preparação. A curta pré-temporada antes do estadual para o treinador que não conhecia o elenco torna difícil a análise do plantel.

Gabriel comemora único gol da partida da vitória santista (Foto: Mauricio de Souza / Estadão Conteúdo)

Gabriel comemora único gol da partida da vitória santista (Foto: Mauricio de Souza / Estadão Conteúdo)

Montillo, discreto, demorava para “entrar” no jogo. Aos poucos, porém, o preparo físico do XV, superior ao do time da casa, ficou evidente. Foi quando o Nhô Quim passou a preocupar, especialmente pela direita, com Vinicius Bovi.

Mas quando parecia que o XV de Piracicaba dominaria o jogo até o final do primeiro tempo, os Meninos da Vila desencantaram. Gabriel, improvisado como homem de referência, fez jus ao apelido de Gabigol: girou sobre dois marcadores e bateu firme para abrir o marcador.

A etapa final começou com ritmo bem diferente. O Santos, que voltou a campo sem Montillo (com dores na panturrilha) e com Léo Cittadini, diminuiu a intensidade e passou a ter mais a posse de bola, com passes curtos, buscando espaços, sem pressa.

O XV, apesar de mais inteiro, já não tinha as mesmas brechas do primeiro tempo. Danilo Sacramento, responsável pela armação do Nhô Quim, não conseguia sair da marcação.

Mas, aos poucos, a cadência santista foi se transformado em acomodação. Aos 30 minutos, por exemplo, Gabriel se viu cara a cara com Márcio, ainda poderia ter ampliado, mas preferiu finalização de classe que afastou a possibilidade. Ao receber na entrada da área, o jovem atacante santista bateu na parte de baixo da bola, para tentar encobrir o goleiro, mas acabou errando o chute.

A marcha lenta do Peixe acordou o XV, que passou a marcar mais presença no campo de ataque. Mas sem qualidade. E a torcida santista pôde comemorar a vitória no primeiro jogo do ano.

Em outros jogos do Paulistão que aconteceram simultaneamente, o Rio Claro venceu o Atlético Sorocaba, por 1 a 0, e o São Bernardo venceu o Botafogo, pelo mesmo placar. O Mogi Mirim venceu o Comercial por 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 x 0 XV DE PIRACICABA

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data e horário: 18/1/2014, às 19h30.
Árbitro: Vinicius Gonçalves D. Araújo
Auxiliares: Vicente Romano Neto e Tatiane Sacilotti dos S. Camargo

Gols: Gabriel (Santos)
Cartões amarelos: Gabriel e Geuvânio (Santos) / Danilo Sacramento (XV de Piracicaba)
Cartões vermelhos: não houve

Santos: Aranha, Cicinho, Gustavo Henrique, Jubal e Emerson Palmieri (Mena); Arouca, Leandrinho (Alan Santos) e Montillo (Léo Cittadini); Geuvânio, Thiago Ribeiro e Gabriel Barbosa. Técnico: Oswaldo de Oliveira.