ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Peixe perde muitos gols, Alex faz dois e partida termina empatada

Santos e Coritiba fazem grande partida na Vila e o empate acabou sendo o resultado mais justo

Por Vladimir da Costa

Numa partida movimentada o Santos tinha tudo para sair com os três pontos e subir na tabela, mas o meninos da Vila não estavam numa tarde inspirada. Por vezes o time tentou, mas ou a bola parava na trave ou Vanderlei fazia a defesa. O time teve ao menos 4 boas oportunidades para ampliar o marcador, mas não o fez.

Centrado e sempre perigoso o Coxa fez seu jogo e nas duas chances que teve, a bola estava com a pessoa certa e com muita calma e qualidade, Alex fez dois gols, o segundo no final da partida e garantiu 1 ponto para a equipe paranaense que perdeu a liderança para o Botafogo, mas continua invicta na competição.

O jogo

O Santos começou a partida em cima do Coxa, com boa movimentação no meio campo a equipe de Claudinei de Oliveira foi pra cima do time visitante no desde os primeiros minutos. Com bola movimentação entre meio e ataque, o peixe buscava a velocidade se seus atacantes para surpreender o Coritiba, que quando tinha a bola justificava a campanha que vem fazendo no brasileiro.

Neilton comemora o primeiro gol da partida contra o Coritiba Leo Pinheiro Futura Press

Neilton comemora o primeiro gol da partida contra o Coritiba (Foto: Leo Pinheiro / Futura Press)

Aos 10 minutos, Alan Santos faz boa jogada individual, tocou para Montillo que finalizou sobre o gol Dois minutos depois a resposta do Coritiba foi a altura. Alex invadiu a área e bateu colocado, mas a bola bateu caprichosamente na trave, uma ótima oportunidade desperdiçada pelo meia.

O Santos subiu a marcação e continuou a pressionar. Aos 16 minutos Montillo acertou uma bomba de fora da área e a bola tirou tinta da trave,

A pressão santista deu resultado aos 20 minutos. Leandrinho recebeu boa enfiada de bola na área, e tocou para Neilton, livre, que acertou uma pancada, sem chances para Vanderlei.

O gol não abalou o Coritiba que seguiu seu estilo de jogo, com bom toque de bola e jogadas pelas pontas, mas a forte marcação santista não deixava que o Coxa criasse problemas para o goleiro Aranha. O time paranaense dependia quase que exclusivamente do camisa 10 da equipe, todas as jogadas de perigo passavam pelos pés do meia e foi com ele que o Coritiba chegou ao empate.

Aos 41 minutos, Alex recebeu boa enfiada de bola, ficou cara a cara com Aranha e com a calma de sempre, bateu na saída do goleiro, que nada pode fazer.

Alex passa por Aranha para marcar o primeiro gol da partida (Guilherme Dionizio / Gazeta Press)

Alex passa por Aranha para marcar o primeiro gol da partida (Guilherme Dionizio / Gazeta Press)

O segundo tempo começou do mesmo jeito que terminou o primeiro, com o Santos marcando em cima, com Cicero e Montillo comandando as ações dos donos da casa. Aos 10 minutos a primeira boa chance. Alan Santos fez jogada individual, tocou para o argentino que finalizou novamente sobre o gol.

A partida seguia movimentada, com chances para os dois lados.

Aos 16 minutos, Alex cobrou falta na área, Chico cabeceou firme e Aranha tirou a bola para escanteio. Na sequência, Alex cobrou o escanteio na área e o mesmo Chico, novamente de cabeça, viu a bola carimbar a trave.

E a bola puniu o Coxa. Aos 19 minutos, Galhardo cobrou a falta na área e Cícero, sem marcação nenhuma, testou firme para o gol para desempatar a partida para os peixe.

Com o gol o Coritiba parece ter se desestabilizado e por pouco o Santos não ampliou a partida. O time teve uma sequência de gols perdidos.

Aos 21 minutos, Montillo invadiu a área e bateu cruzado, mas a bola acertou a trave. Dois minutos depois foi a vez de Giva perder o gol. O atacante invadiu a área, passou pelo marcador, mas na hora de finalizar errou o alvo desperdiçando mais uma grande chance.

Deivid abraça Alex que fez os dois gols na partida contra o Santos Guilherme Dionizio  Gazeta Press

Deivid abraça Alex que fez os dois gols na partida contra o Santos (Foto: Guilherme Dionizio Gazeta Press)

Sofrendo com a pressão Santista o Coxa mexeu para tentar diminuir o ímpeto dos donos da casa que seguiram pressionando, mas a falta de pontaria não ajuda a equipe. Quando acertava o alvo, era o goleiro quem salvava. Aos 35 minutos Giva recebeu passe na área e bateu firme, Vanderlei, bem colocado espalmou a bola. No rebote, Neilton, livre, chuta para fora.

O Santos não desistia e seguia na pressão, com boa movimentação de Montillo e Neilton o peixe queria fazer o terceiro para definir a partida e o time teve mais uma grande chance. Aos 40 minutos, Pedro Castro invadiu a área, driblou Vanderlei e bateu para o gol, mas o goleiro de forma surpreendente se recuperou e fez uma grande defesa.

O Santos não conseguia fazer o terceiro. Chances a equipe criou, mas não passou por um goleiro que estava em tarde inspirada.

E o time que perdeu tantas chances acabou sofrendo o empate no final da partida. Aos 42 minutos, Alex resolveu mostrou como que se faz. O camisa 10 acertou uma pancada com o pé direito e a bola foi no cantinho de Aranha que só pode lamentar o empate do Coxa.

E não dava tempo para mais nada. Com o resultado o Coritiba fica na vice liderança, com 16 pontos. e o Santos pula uma posição, indo para 7° lugar, com 12.

Na próxima rodada o Santos vai até Campinas encarar a Ponte Preta, no sábado, às 21h. No domingo, o Coritiba recebe o Vitória no Couto Pereira, às 18:30.