ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Peixe vence mais uma e encosta na parte de cima da tabela
Santos apresenta uniforme novo com futebol discreto para vencer e subir na tabela.
Por Vladimir da Costa

Com novo uniforme número três, azul-marinho, o Santos venceu o Goiás por 1 a 0, na noite deste sábado, na Vila Belmiro, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, quebrando uma sequência de sete jogos sem perder do Esmeraldino na competição, se aproximando do pelotão da frente, com um jogo a menos. Thiago Ribeiro foi o autor do gol dos santistas numa partida morna, que só teve emoção no segundo tempo.

O jogo

De destaque no primeiro tempo, pode-se dizer que apenas o novo uniforme santista chamou a atenção. Preocupado com o “gordinho” artilheiro, Walter, o Santos pouco atacou e ficou a mercê de jogadas isoladas que eram facilmente desarmadas pela bem postada defesa do Goiás.

Com novo uniforme, Thiago Ribeiro comemora gol da vitória do Santos na Vila  Mauro Horita AGIF

Com novo uniforme, Thiago Ribeiro comemora gol da vitória do Santos na Vila (Foto: Mauro Horita / AGIF)

Melhor organizado no ataque, a equipe visitante obrigou o goleiro Aranha a fazer duas defesas, em fortes arremates de fora da área. O primeiro foi de Walter e o outro de Renan Oliveira, que recebeu passe de Hugo, para bater colocado e ver Aranha tirar com a ponta dos dedos. Faltava calma para a equipe visitante que poderia ter aberto o placar na primeira etapa. Já o Santos faltava calma e qualidade entre o meia e o ataque.

Com muitos erros de passe e na hora de tentar um drible, a única chance do time da casa foi nos minutos veio depois de uma cobrança de falta, batida por Cícero, que obrigou Renan a fazer grande defesa.

Precisando do resultado para afastar-se ainda mais da zona de rebaixamento, o Santos também mudou. Além de Pedro Castro, Everton Costa também saiu para dar lugar a Giva. No meio, Renato Abreu fez a sua estreia.

Na volta do intervalo e sabendo que precisava melhorar, o técnico santista sacou Pedro Castro e Everton Costa e promoveu as entradas de Renato Abreu, estreante da noite, e Giva. Já o Esmeraldino perdeu Walter, que sentiu uma lesão na coxa e deixou o campo para a entrada de Neto Baiano. Ernando já havia saído, também machucado, e Valmir Lucas entrou.

O Santos levou vantagem nas mudanças e Claudinei viu um time mais vibrante na segunda etapa. Logo aos quatro minutos, Renato Abreu passou para Leandrinho, que lançou Giva. O atacante saiu na cara do gol, deu uma cavadinha e viu a bola sobrar para Thiago Ribeiro, que, quase sem ângulo abrir o marcador na Vila.

Santos foi eficiente quando foi ao ataque e venceu o Goiás em casa

Santos foi eficiente quando foi ao ataque e venceu o Goiás em casa. (Foto: Ricardo Saibun / Gazeta Press)

O Goiás acordou e passou a atacar mais. Aos 14 minutos, acertou a trave com Renan Oliveira. Já o Santos passou a jogar mais recuado, esperando encaixar um contra-ataque para liquidar a fatura.

Os minutos finais foram de chances claras. No entanto, Vitor desperdiçou do lado do Goiás, e Giva, duas vezes, pelo Santos.

O resultado deixa o Santos com 25 pontos na oitava colocação. Já o Goiás, segue uma posição acima com um ponto a mais que os santistas.

A equipe da Vila terá uma maratona pela frente. Na próxima terça pegará o Internacional, em Novo Hamburgo, em partida remarcada da 10ª rodada, e o Flamengo, quinta-feira, no Maracanã, pela 21ª. A maratona termina no domingo contra o Botafogo, na Vila. Já o Goiás, pega o Cruzeiro na quarta-feira no Serra Dourada. O time esmeraldino volta a São Paulo no próximo domingo para enfrentar o Corinthians.