ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Pintou o Campeão? São Paulo detona Cruzeiro e segue na briga.

Com futebol de Campeão, tricolor supera o líder e vai com tudo rumo a busca pela liderança.

Por Paulo Edson Delazari
Rogério Ceni bate penalti e abreo placar no Morumbi. (Foto: Rubens Chiri)

Rogério Ceni bate penalti e abreo placar no Morumbi. (Foto: Rubens Chiri)

Após o jogo contra o Figueirense o goleiro Rogério Ceni disse que o jogo de hoje a tarde no Morumbi seria fundamental para ver as pretensões do São Paulo no campeonato brasileiro. O time do São Paulo mostrou em campo o seu desejo com é e atropelou o Cruzeiro por 2 a 0 com sobras. Os gols foram marcados  por Rogério Ceni de pênalti e por Kardec.

A vitória colocou o tricolor definitivamente na briga, derrubando a vantagem cruzeirense de 7 para 4 pontos e se colocando definitivamente na briga pelo título para a alegria dos mais de 60 mil espectadores que compareceram ao Morumbi. A se destacar a marca de 120 gols de Rogério Ceni, os 100 % de vitórias conquistadas pelo quarteto Kaká, Kardec, Pato e Ganso, seis partidas no total e a ótima atuação de Edson Silva e Toloi na zaga que não permitiram nenhuma chance para o melhor ataque da competição.

Com a vitória o São Paulo se mantêm em 2º lugar com 42 pontos e chega próximo ao líder Cruzeiro. O time comandado por Muricy volta a jogar na quarta-feira(17) contra o Coritiba no estádio Couto Pereira. Já o Cruzeiro mesmo com a derrota segue líder com 46 pontos e volta a jogar no mesmo dia só que as 19h30 no Mineirão contra o Atlético PR.

O jogo

Ganso, Kaká, Kardec e Denilson comemoram o gol de nº 120 do goleiro com a camisa do tricolor diante do Cruzeiro. (Foto: Rubens Chiri)

Ganso, Kaká, Kardec e Denilson comemoram o gol de nº 120 do goleiro com a camisa do tricolor diante do Cruzeiro. (Foto: Rubens Chiri)

Com a obrigação de ganhar para chegar mais próximo do líder Cruzeiro o São Paulo tinha que atacar e foi o que fez na partida, logo aos seis minutos Pato veio da esquerda para direita driblando os adversários e tocou para Ganso na entrada da área, o meia chutou de esquerda e Fábio fez boa defesa logo aos seis minutos.

Com o Cruzeiro jogando atrás, Rogério saia como um libero e fazia lançamentos, num desses a zaga cruzeirense afastou e por pouco Ricardo Goulart não faz um golaço por cobertura aos 18, a bola passou por sobre o gol.

O Cruzeiro seguia buscando o contrataque e aos 28 quase encontra um, mas Goulart parou em Rogério Ceni que fez linda defesa para escanteio, a bola ia no ângulo e ao longo de seus 41 anos Ceni mostrou que ainda pode chegar em muitas bolas.

Aos 33 minutos a zaga cruzeirense saiu errado, Souza deu passe para Kardec, deste para Pato e daí pra Ganso, o meia driblou Dedê e sofreu pênalti, a equipe tricolor reclamou bastante o amarelo para o jogador, o que ocasionaria a expulsão já que este tinha amarelo, mas Voaden não deu. Na cobrança um minuto depois Rogério Ceni bateu e fez o seu gol de número 120. São Paulo 1 x 0 Cruzeiro.

Com a vantagem no placar o São Paulo começou a usar o contrataque, em um desse Pato recebeu de Ganso e teve oportunidade de deixar Kardec sozinho, mas preferiu driblar e depois chutar, a bola bateu em Dedê e sobrou para Souza, este deu lindo passe para Kaká dentro da área, o meia matou no peito e bateu no canto, Fabio veio no abafa e espalmou com a mão esquerda para escanteio.

Segunda etapa

Torcida tricolor lotou o Morumbi e gritou Olé desde os 30 minutos da segunda etapa . (Foto: Rubens Chiri)

Torcida tricolor lotou o Morumbi e gritou Olé desde os 30 minutos da segunda etapa . (Foto: Rubens Chiri)

O segundo tempo começou como terminou, o São Paulo buscando o gol e foi aos quatro minutos que Kaká cruzou da esquerda, Kardec tentou cabecear e a bola pingou e sobrou para ele dentro da pequena área, o atacante chutou forte e a bateu na rede pelo lado de fora, muito perto do gol, tirando gritos de gol da garganta do torcedor do lado contrário da arquibancada.

Um minuto depois foi a vez de Everton Ribeiro receber bola nas costas de Auro e dentro da grande área encher o pé esquerdo na bola, para mais uma linda defesa de Rogério Ceni para escanteio.

Aos 15 minutos Edson Silva deu uma de meia e quase fez um golaço, Kaká foi no fundo e cruzou, Fabio socou a bola para fora da área, o zagueiro tricolor dominou e deu belo chute de canhota, Fabio voou na bola e espalmou para escanteio.

O tricolor seguia com a pressão e aos 25 minutos foi premiado, Ganso cobrou escanteio no primeiro pau, Marcelo Moreno desviou sem querer e Kardec no centro da área cabeceou, Fabio operou um milagre e na sobra Kardec fuzilou. São Paulo 2 x 0 Cruzeiro.

Quatro minutos depois mais pressão, Ganso deu linda finta e Alison, levou mais dois e tocou para Pato tocou para Kaká do lado esquerdo da área e bateu de canhota, a zaga tirou para escanteio. Na cobrança Toloi pegou a sobra e encheu o pé, a bola bateu em Manoel e por pouco o São Paulo não amplia.

Só dava São Paulo em boa troca de passes do quarteto Fantástico, Kaká recebeu de Kardec e bateu cruzado na área para mais uma defesa de Fabio. Pato sozinho no meio da área ficou inconformado, foi a chave para a torcida começar a gritar Olé, Olé, Olé! Até o final posse de bola e festa da torcida.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 CRUZEIRO
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 14 de setembro de 2014, domingo
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden – RS (FIFA)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves – RS (ASP-FIFA) e Jose Antônio Chaves Franco Filho – RS (CBF)
Cartões amarelos: Kaká, Alan Kardec (SAO); Dedé, Ricardo Goulart (CRU)
Gols: Rogério Ceni, aos 35 minutos do 1º tempo e Alan Kardec, aos 25 minutos do 2º tempo
SÃO PAULO: Rogério Ceni; Auro, Rafael Toloi, Edson Silva e Alvaro Pereira; Denilson e Souza; Ganso, Kaká e Alexandre Pato e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho
CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Dedé (Manoel), Léo e Ceará; Henrique, Lucas Silva (Dagoberto), Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Alisson (Dagoberto) e Marcelo Moreno
Técnico: Marcelo Oliveira
xhamster