ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ponte vence Santos e assume a primeira colocação

Macaca venceu Peixe em casa por 3 a 1, num jogo onde teve expulsão de Neymar e Alemão fazendo dois gols na partida.

Por Renato Melo

Numa partida muito pegada, a Ponte Preta venceu o Santos por 3 a 1, no Moises Ducarelli. A partida foi marcada por lances inusitados, como a expulsão do craque Neymar, após uma confusão com Artur e a contusão do arbitro da partida, Luís Flavio de Oliveira. Outro destaque da partida foi o atacante pontepretano Alemão, ex-jogador do Peixe, foi autor de dois gols da Ponte, o primeiro ele não comemorou, mais no segundo não conteve a emoção e saiu para o abraço.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou pegado, com os dois times sendo cautelosos e muito pegado no meio de campo. O Santos criou a primeira oportunidade do jogo, aos 6 minutos, Neymar tabela com Cícero e bate com força para o gol, mas o goleiro Edson Bastos espalma.
A resposta da Ponte Preta veio aos 11 minutos, o ex-corintiano Ramirez da um passe precioso para Bruno Silva dentro da área, o volante bate com categoria e vence o goleiro Rafael inaugurando o placar, 1 a 0.

Rafael com a bola depois de levar o primeiro gol da Ponte. (Foto: G1)

Com o gol, o time da Vila Belmiro foi pra cima, aos 20 minutos, Neymar sofreu uma falta na entrada da grande área, chance para Marcos Assunção, que bate mais a bola desvia na barreira.

O Peixe pressiona e aos 34 minutos, após outra cobrança de Marcos Assunção, Durval sobe mais do que a zaga da Ponte e cabeceia, Edson Bastos faz uma defesa milagrosa.

Após sofrer muita pressão do time santista, a Ponte resolveu atacar, aos 27 minutos, após cobrança de escanteio, Artur acerta uma bela cabeçada e a bola bate no travessão, quase marcando o segundo gol.

Em um lance polemico, o atacante da Ponte William recebeu sozinho e faz o gol, mas o bandeira marcou impedimento, gerando muita reclamação por parte da Macaca.

Aos 38 minutos quase pintou o empate do Santos, o argentino Montillo perdeu um gol incrível, dominou a bola dentro da área e chutou para fora!

No fim do primeiro tempo, aos 45 minutos, o atacante santista Neymar discute com Artur, os dois trocam empurrões, depois o jogador da Ponte Cleber empurra Neymar, que cai no chão, no fim, Neymar e Artur foram expulsos.

SEGUNDO TEMPO

O Santos começou a segunda etapa indo pra cima da Ponte, que explorava os contra ataques. De tanto insistir, o Peixe quase chegou lá, aos 9 minutos, Bruno Silva driblou Uendel e chutou rasteiro, a bola bateu na rede do lado de fora do gol de Bastos.
O Santos diminuiu o ritmo de jogo, e a partida ficou ruim. Aos 34 minutos aconteceu um lance inusitado, o arbitro da partida pediu atendimento médico.

A bola voltou a rolar e aos 36 minutos, a Macaca faz o segundo gol. O lateral Cicinho fez um belo lançamento para o atacante Alemão, que tocou com categoria fora do alcança do goleiro Rafael.

Neymar recebe o vermelho depois de confusão na área adversária (Foto: AE)

Aos 39 minutos, o arbitro não conseguiu prosseguir na partida e teve que ser substituído, com uma lesão, Luiz Flavio de Oliveira saiu para a entrada de Rodrigo Braghetto.

O jogo recomeçou e aos 41 minutos o Santos diminuiu o placar com André, o atacante finalizou de primeira um cruzamento feito por Felipe Anderson, 2 a 1.

Com o gol, o Peixe pressionou a Ponte que quase ampliou o placar aos 44 minutos, após um contra ataque, Alemão saiu novamente sozinho, mais o goleiro Rafael salvou o Peixe.

Mais aos 47 minutos não teve jeito. O goleiro Rafael se atrapalhou com Wellington Bruno que viu Alemão sozinho na área, o meia cruzou e o atacante pegou de primeira marcando o terceiro gol da Ponte Preta, selando a vitória da Macaca.

Agora a Ponte Preta é líder isolada do Campeonato Paulista com 18 pontos, já o Santos caiu para o quarto lugar com 14 pontos. O próximo compromisso da Ponte será contra o São Bernardo, no Moisés Ducarelli, às 18h30min, já o Santos encara o XV de Piracicaba, no mesmo horário, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 3 X 1 SANTOS

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Data/Hora: 17/2/2013 – 18h30

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP) e foi substituído por Rodrigo Braghetto aos 47 minutos do segundo tempo. •.
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Maiza Teles Paiva (SP)

Renda/Público: R$ 318.547,00 / 11.747 pagantes

Cartões amarelos: Bruno Silva e Edson Bastos (PON); Bruno Peres e Edu Dracena (SAN)

Cartões vermelhos: Artur, aos 46’/1ºT (PON); Neymar, aos 46’/1ºT (SAN)

GOLS: Bruno Silva, aos 11’/1ºT (1-0); Alemão, aos 36’/2ºT (2-0); André, aos 41’/2ºT (2-1) e Alemão, aos 47’/2ºT (3-1)

PONTE PRETA: Edson Bastos; Artur, Cleber, Ferron e Uendel; Baraka, Bruno Silva, Cicinho e Diego Rosa (Memo, 39’/2ºT); Ramírez (Wellington Bruno, 25’/2ºT) e Willian (Alemão, 31’/2ºT). Técnico: Guto Ferreira.

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior (André, Intervalo), Marcos Assunção, Arouca, Montillo (Felipe Anderson, 27’/2ºT) e Cícero (Patito Rodríguez, 35’/2ºT); Neymar. Técnico: Muricy Ramalho.