ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Quem não faz toma! Regra básica do Futebol.

São Paulo desperdiça pênalti e Flamengo vence por 1×0 no Engenhão.

Por Paulo Edson Delazari

Gonzáles recebe abraços dos companheiros após o gol da partida. (Foto: Alexandre Loureiro / Vipcomm)

Existe um provérbio antigo no futebol que diz: “Quem não faz toma!”. Então, o São Paulo provou desse sabor no jogo de hoje diante do Flamengo no Engenhão. Com gol de Gonzales o rubro negro venceu por 1×0.

Pela segunda vez em dois jogos Luis Fabiano desperdiçou um pênalti, no jogo do meio de semana diante do Atlético GO, o atacante havia chutado um na trave e hoje a bola foi defendida por Felipe. Dois minutos antes Lucas desperdiçou chance incrível dentro da pequena área, no fim como diria o ex-técnico do São Paulo Muryci, a bola puniu o tricolor.

O atacante Lucas analisou a partida no fim do jogo.

– Tivemos boas chances e desperdiçamos, não matamos o jogo, no fim em jogada de bola parada vacilamos e sofremos o gol. Mas tudo bem uma hora teríamos que perder e aconteceu hoje.

O Jogo

O Flamengo começou bem e numa jogada de Vagner Love pela direita o atacante rolou para Renato, o meia deu uma bomba para Rogério Ceni encaixar logos aos dois minutos. O time carioca continuava em busca do gols e após estourão da defesa a bola sobrou para Vagner Love o atacante partiu em velocidade pra cima de Rhodolfo e bateu para defesa de Rogério Ceni para escanteio.

Daí em diante o São Paulo dominou a partida, aos 17 minutos Jadson cobrou falta, Paulo Miranda deu de cabeça e a bola bateu no zagueiro, quando Luis Fabiano partia para fazer o atacante foi puxado dentro da área por Wellington Silva, pênalti e Vuaden não marcou.

Felipe defendeu cobrança de penalti de Luis Fabiano no jogo de hoje. (Foto: Alexandre Loureiro/ Vipcomm)

Aos 25 minutos Paulo Miranda deu passe para Lucas por cima da zaga, o atacante Tricolor arrancou dominou e escolheu o canto já dentro da pequena área e desperdiçou chance incrível colocando a bola pra fora do lado direito da trave.

Mas Vuaden teria outra chance de se redimir, aos 28 minutos Denilson tabelou com Luis Fabiano, o volante entrou dentro da área e foi atropelado por Wllington Silva, desta vez Vuaden marcou a penalidade.

Na cobrança Luis Fabiano finalizou firme no canto esquerdo de Felipe o goleiro adivinhou bem o capo e fez importante defesa.

Com a cabeça baixa o São Paulo perdeu o foco do jogo e não soube mas o que era jogar. No intervalo Luis Fabiano foi substituído por Douglas e o time caiu de produção, o que estava ruim ficou ainda pior, quando Ney Franco tirou Jadson para colocar Willian José, o time ficou sem referência no meio campo.

A partida ficou chata e disputada no meio campo e somente numa bola alçada por Adrian em cobrança de falta pelo lado esquerdo que o placar se movimentou, após a cabeçada para o chão de Gonzales, Rogério nada pode fazer. Flamego 1×0.

Vuaden por duas vezes, tanto no primeiro tempo, quanto no segundo deixou de acrescer o tempo da parada técnica e com isso o a bola deixou de rolar por pelo menos 5 minutos.

O São Paulo volta a jogar no sábado contra o Sport em Receife às 18h30m e segue em 4º lugar com 55 pontos, já o Flamengo chegou aos 40 pontos e vai encarar o Atlético MG em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 SÃO PAULO
Local: 
Estádio João Havelange, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 21 de outubro de 2012 (domingo)
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (RS) e Alessandro Rocha de Matos (BA)
Cartões amarelos: Amaral (Flamengo); Jadson e Wellington (São Paulo)
Gol: FLAMENGO: González, aos 26 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe; Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Airton (Ibson), Amaral, Renato Abreu e Wellington Bruno (Adryan); Vagner Love e Liedson (Hernane)
Técnico: Dorival Júnior

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington (Cícero), Denilson e Jadson (Willian José); Lucas, Luis Fabiano (Douglas) e Osvaldo
Técnico: Ney Franco