ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Quem tem Lucas não precisa de Paulo Miranda

Meia garante a vitória ao tricolor com um homem a menos

Por Anderson Marinho

Em jogo muito disputado, de forma aberta, o São Paulo superou o Coritiba com um gol no final da partida e garantiu a vantagem para o jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira às 21h50 no estádio Couto Pereira em Curitiba.

O Coritiba valorizou muito o triunfo do tricolor, dificultando as ações do adversário, jogando bem postado na defesa e contando com uma ótima exibição do goleiro Vanderlei. Mas não se limitou a se defender, chegando com perigo ao ataque, principalmente nas jogadas do meia Everton Ribeiro, os paranaenses tiveram varias oportunidades de gol e poderiam ter saído de campo com a vitória.

Do lado tricolor três personagens definiram os rumos da partida, Luís Fabiano, que desperdiçou duas oportunidades claras de gol que não costuma perder, Paulo Miranda, expulso aos 14 minutos do segundo tempo, deixando o time com um jogador a menos e o meia- atacante Lucas, autor do gol da vitória.

Paulo Miranda é expulso após receber o segundo cartão amarelo. Foto: Marcos Ríbolli

Paulo Miranda, que já foi afastado do time por imposição do Presidente Juvenal Juvêncio, vinha se redimindo nos últimos jogos e chegou a ser declarado por muitos um herói, após marcar o gol que deu a vitória ao São Paulo contra o Santos, no clássico San-São do último final de semana, válido pelo Campeonato Brasileiro.  Entretanto, durou pouco a redenção do zagueiro, ele foi expulso diante do “coxa” em um lance de pura grosseria e saiu de campo vaiado pelos torcedores do próprio time.

Com um a menos em campo, o São Paulo passou a cadenciar o jogo em determinado momento da partida, tentando controlar a posse de bola para não ser surpreendido pelo adversário. A torcida não gostou da postura, e cobrou raça, em uma clara demonstração de insatisfação com o desempenho do time.

Aos poucos o tricolor foi se soltando novamente e criou mais oportunidades, porém parava em Vanderlei, um dos melhores em campo, que nada pode fazer no lance do gol.

Lucas foi o nome do jogo, quando a partida se encaminhava para um 0 x 0, aos 43 minutos o jovem craque tricolor arrancou em diagonal da esquerda para o meio, se livrou de dois adversários e chutou cruzado de direita, no canto oposto de Vanderlei, para abrir o marcador e garantir a vitória do tricolor paulista.

Lucas comemora o gol das vitória tricolor. Foto: Léo Pinheiro/Terra

Com o resultado o São Paulo joga por um empate no jogo de volta para se classificar à grande Final da Copa do Brasil 2012. Vitória do Coritiba por 1 x 0 leva a decisão para os pênaltis, qualquer outro triunfo dos paranaenses por um gol de diferença, com o São Paulo marcando gol também, da tricolor. Para avançar, o “coxa” precisa vencer por dois gols de diferença.

Com o Coritiba jogando em casa, com o apoio da torcida, e com um time bem montado pelo treinador Marcelo Oliveira, o São Paulo encontrará muitas dificuldades para conquistar a classificação, e a individualidade de Lucas poderá fazer a diferaça novamente. Se o Fabuloso também voltar marcar, ótimo, é outro que pode decidir. Pelo menos Paulo Miranda não jogará, pois terá que cumprir suspensão automática, um temor a menos para o torcedor são-paulino.

Nada está definido, só saberemos quem ficará com a vaga para a decisão após o apito final do árbitro no jogo da próxima quarta no Couto Pereira.