ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ralf e Paulinho seguem no Timão

Pensando na disputa do Mundial, Corinthians abre o cofre para continuar com forte elenco

Por Eduardo do Carmo

Depois da conquista da Libertadores, o Corinthians se despediu de Leandro Castán, Gilsinho, Ramon e Willian. O meia Alex, com proposta do Qatar, também pode deixar o clube. Em contrapartida, a diretoria corinthiana se mexe e abre os cofres para repor as peças e reforçar o elenco. Após a contratação do atacante peruano Guerrero, o Timão está próximo de um acerto com o argentino Juan Martínez.

Titulares absolutos, Ralf e Paulinho devem permanecer no timão (Djalma Vassão/Gazeta Press)

Paolo Guerrero, 28 anos, como já noticiado pelo Quatro Maiores, chegou à São Paulo, realizou os últimos testes nesta sexta-feira e, com os resultados positivos, fechou contrato com o clube alvinegro por três anos. A apresentação acontecerá na segunda-feira, no CT Joaquim Grava.

Com o negócio anterior fechado, a bola da vez é Martínez, do Vélez Sarsfield (ARG). O atacante foi sondado pelo Santos, mas o valor oferecido não foi aceito. Dessa vez, Carlos Martínez, pai e empresário do atleta, se interessou pela proposta do Timão e pretende firmar contrato com o time de Parque São Jorge. Com 26 anos, o argentino se destacou no primeiro semestre nas competições em que o Vélez participou.

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, espera pela finalização do acordo o mais rápido possível.
– Esperamos concluir a negociação a qualquer momento – disse Gobbi. O comandante do Timão ainda afirmou que as negociações não vão parar por aqui e pretende trazer mais jogadores de qualidade para enriquecer a equipe.

Além dos estrangeiros, duas caras bem conhecidas no clube firmaram contrato de renovação até o final de 2015. A dupla de volantes, Ralf e Paulinho, recusou propostas tentadoras da Europa. Ambos sofriam assédio do futebol italiano.
Ralf falou sobre a decisão de permanência do companheiro, mesmo com pressão familiar para ir ao continente europeu.

– Têm os dois lados, mas muitos familiares só pensam na questão financeira. O Paulinho já teve experiência lá fora, e é difícil fazer uma carreira lá. É outro nível de futebol. Temos de estar num ambiente feliz, alegre, sabemos que foi a melhor decisão e a família tem que entender – comentou Ralf.

Os jogadores também comentaram sobre as oportunidades que o técnico Mano Menezes está concedendo a atletas de clubes brasileiros na Seleção e uma boa sequência em um clube como o Corinthians pode significar uma futura convocação.