ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ranking da CBF é divulgado.

Novo ranking nacional privilegia as campanhas atuais.

Por Paulo Edson Delazari

Segundo contas realizadas pelo GLOBOESPORTE.COM, o Fluminense é o primeiro do Brasil na nova regra do ranking nacional da CBF. A afirmação a seguir pode parecer uma constatação do título do Campeonato Brasileiro conquistado pelo time no último domingo após vencer o Palmeiras por 3 a 2, em Presidente Prudente. Mas não, não é isso. A divulgação oficial da entidade sairá após o término das competições nacionais, e baseado no novo critério adotado, o clube carioca chegará aos 16.208 pontos .

A pontuação representa uma ascensão da 12ª colocação do último ranking divulgado para a liderança. Os novos critérios privilegiam os desempenhos mais atuais. Campeão de 2012, o clube faturou 4.000 pontos, já que os 800 pontos dedicados ao primeiro colocado foram multiplicados por cinco. O RNC mede o desempenho nos últimos cinco anos, dando peso maior aos anos mais recentes. E o Fluminense levou ainda 2.000 pontos pelo bônus concedido aos clubes que participam da Libertadores – independentemente da fase em que foi eliminado.

saiba mais

A explicação está nas conquistas mais recentes. Além do título de 2012, o Fluminense levou também o campeonato em 2010, além da terceira posição em 2011. Com isso, ganhou bônus por três participações na Libertadores, com peso um (2008), quatro (2011) e outra por cinco (2012). Resultado comemorado pelo artilheiro do time.

– Só mostra o crescimento do clube em todos os aspectos. Pelo que estamos acompanhando dos projetos, é só o início. Vai do extracampo para dentro de campo. Jogadores de qualidade, comissão técnica diferenciada… Desde 2008 que o Fluminense só cresce e merece essa primeira posição quando o ranking for anunciado – declarou Fred.

Outros times, no entanto, tiveram uma queda considerável. Até o momento, eram levados em conta os resultados em competições nacionais desde 1959, ano em que o primeiro campeonato abrangendo todo o país foi disputado. O Palmeiras era o líder, seguido do Santos, Vasco, Grêmio e Flamengo beneficiados por uma canetada que deu os t´tulo de 1959 para cá levavam vantagem e agora com a nova regra o primeiro pode ficar em oitavo e o segundo em nono, considerando as atuais posições no Brasileiro. Grêmio e Flamengo perderiam uma e duas posições, respectivamente.

O time na sequência é o Corinthians, sexto colocado no antigo ranking. O Timão, no entanto, deve pular para segundo. Mas uma das maiores trocas seria do Atlético-GO, que sairia da 46ª posição para a 18ª. O Avaí é outro time com boa mudança: 38º para 20º. Os catarinenses tiveram a sua melhor participação na Série A em 2009, terminando em sexto.

O Santos atual líder do ranking da Conmebol ocupa a nona colocação no ranking interno. Com a mudança das regras os times que se beneficiaram com os títulos oficializados desde 1959, não levam mais vantagem, pois o ranking contempla a campanha dos os últimos 5 anos de atuação e são levados em conta os campeonatos Brasileiro, Copa do Brasil e participação na Libertadores.

Algumas posições ainda podem mudar até o fim das Séries A, B e C do Brasileirão. O São Paulo, por exemplo, atualmente em quarto, pode passar o Vasco, caso assuma a terceira posição e o time carioca permaneça no atual sétimo lugar. Certo apenas é que Fluminense e Corinthians não perdem a primeira e a segunda posições no ranking, respectivamente.

Vale lembrar que foram levadas em consideração as classificações atuais das Séries A e B deste ano, e na Série C os quatro semifinalistas receberam uma pontuação padrão do que corresponde ao terceiro colocado. A Série D já foi encerrada.

Veja a lista dos 50 primeiros clubes da lista, que conta com 231 componentes: