ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Real Madrid a um passo da Semifinal.

Com direito a golaço de Cristiano Ronaldo, Real goleia e se aproxima da classificação.

Por Anderson Marinho

Cristiano Ronaldo toca por cobertura e só observa a bola no lance do primeiro gol do Real. Foto: Reuters.

O Real Madrid recebeu o Galatasaray, no estádio Santiago Bernabéu, pelo duelo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões e deu um grande passo para avançar à próxima fase da competição, goleando a equipe turca por 3 a 0, com direito a um golaço de Cristiano Ronaldo, que assumiu a artilharia da do torneio com nove gols marcados.

Tentando surpreender os donos da casa o Galatasaray entrou em campo com uma formação ofensiva, 4-1-3-2, com Snaijder centralizado, Inan e Altintop  abertos pelas pontas e a uma dupla de ataque formada por nada mais nada menos que Didier Drogba e o até então artilheiro da Liga Yilmaz, com oito gol marcados, e apenas o volante Felipe Melo trabalhando na marcação no meio de campo.

Entretanto, os “Merengues” não precisaram de muito esforço para superar o candidato a zebra, jogando um futebol eficiente, com contra-ataques rápidos, os comandados de José Mourinho chegaram ao primeiro gol logo aos nove minutos. O alemão Mesut Özil, em lindo lançamento, colocou Cristiano Ronaldo cara a cara com Muslera, o português invadiu a área em velocidade e tocou por cobertura, de pé esquerdo, na saída do goleiro.

Com mais posse de bola o Galatasaray manteve a postura após o primeiro gol, mas não conseguiu criar oportunidades claras para levar perigo à meta defendida por Diego López. As melhores chances vieram em chutes de fora da área com Drogba.

Aos 29 minutos, Essien fez boa jogada pela direita e cruzou para área turca, Benzema dominou com liberdade e bateu rasteiro para ampliar o marcador.

O Galatasaray ainda teve oportunidade para descontar aos 42 minutos, após boa tabela entre Eboué e Drogba, que obrigou Diego López a fazer uma boa defesa.

Na volta para o segundo tempo Snaijder, com atuação apagada, deu lugar a Zan, em uma tentativa do treinador turco de dar mais equilíbrio ao seu meio de campo e evitar mais gols.

O Real controlou o jogo, sem dar espaços para os visitantes, e chegou ao terceiro gol aos 28 minutos, com Higuain, que substituiu Benzema, desviando uma bola em cobrança de falta de Xabi Aloonso, sem chances para Muslera.

Abatido em campo o Glatasaray não teve forças para reagir, e ainda perdeu o seu artilheiro Ylmaz, que recebeu o segundo cartão amarelo, para o jogo de volta, complicando ainda mais a tarefa da equipe.

Satisfeito com o resultado o Real diminuiu o ritmo e se resguardou nos minutos finais da partida, saindo apenas nos contra-golpes.

As duas equipes volta a se enfrentar na próxima terça-feira, às 15h30 no horário de Brasília , na Türk Telekom Arena, em Istambul.

O Real joga pelo empate ou pode até perder por dois gols de diferença que estará classificado para as semifinais. O Galatassaray precisa vencer por quatro ou mais gols de diferença para avançar, se devolver o placar do Santiago Bernabéu a partida vai para a prorrogação.

Jogadores do Real Madrid comemoram gol de Cristiano Ronaldo. Foto: Reutres

FICHA TÉCNICA:

REAL MADRID 3 x 0 GALATASARAY

Competição: Liga dos Campeões
Local: Santiago Bernabéu, Madri (ESP)
Data/hora: 03/04/13, às 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Svein Oddvar Moen (NOR)
Auxiliares: Kim Thomas Haglund (NOR) e Frank Andas (NOR)

Gols: Cristiano Ronaldo 9’/1ºT (1-0), Benzema 29’/1ºT (2-0), Higuaín 28’/2ºT (3-0)
Cartões Amarelos: Nounkeu (GAL), Felipe Melo (GAL), Yilmaz (GAL), Drogba (GAL); Essien (MAD), Sergio Ramos (MAD)

Real Madrid: Diego López, Essien, Sergio Ramos, Varane e Fábio Coentrão; Khedira, Xabi Alonso, Di María (Pepe 41’/2ºT), Özil (Modric 35’/2ºT) e Cristiano Ronaldo; Benzema (Higuaín 19’/2ºT). Técnico: José Mourinho.

Galatasaray: Muslera, Eboué, Semih Kaya, Nounkeu e Riera (Amrabat 38’/2ºT); Felipe Melo, Altintop (Bulut 32’/2ºT), Inan e Sneijder (Zan, intervalo); Yilmaz e Drogba. Técnico: Fatih Terim.

Reus LAmenta chance perdida. (Foto: Reuters)

Tudo igual

Borussia desperdiça chances e Málaga se mantém na disputa.

No outro duelo desta quarta-feira pelas quartas de final da Liga, o espanhol Málaga, jogando em casa, segurou um empate em zero a zero contra o favorito Borussia Dortmund, da Alemanha, no estádio La Rosaleda e permanece vivo em sua primeira participação no torneio.

Os alemães foram melhores durante os noventa minutos, mas não conseguiram transformar a superioridade em gols, com muitos erros de finalização da dupla Götze e Lewandowski, e deixaram escapar a chance de abrir uma boa vantagem para o jogo decisivo.

O duelo de volta está acontece também na próxima quarta-feira, no Signal Iduna Park, em Durtmund às 15h45 pelo horário de Brasília.

Embora seja o favorito para vencer o duelo, o Borussia precisa ficar atento ao critério do gol marcado fora de casa, em caso de nova igualdade no placar. A equipe que vencer nos noventa minutos estará classificada, um empate sem gols leva a decisão para a prorrogação e em caso de empate com gols o Málaga garante a classificação.