ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Renato Augusto segue com retorno incerto no Timão.

Meia do Timão aguarda o aval de comissão técnica e médicos para saber quando ele estará liberado.

Por Paulo Edson Delazari

Renato Augusto segue tratamento. (Foto: Rodrigo Faber)

O meia Renato Augusto ainda não sabe quando poderá retornar aos gramados, uma das principais baixas do Corinthians neste início de temporada, por conta de uma lesão muscular na coxa direita, na vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, em Campinas. A intenção da comissão técnica e do departamento médico era recuperá-lo em tempo de enfrentar o Boca Juniors, pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América, mas o receio de agravar o problema fez com que a comissão alvinegra mantivesse a cautela em relação à volta do meia.

Durante a última semana, Renato Augusto demonstrou uma boa evolução na recuperação de sua lesão. O atleta correu em volta do campo no CT Joaquim Grava e também fez trabalhos leves de finalização, aumentando a esperança do retorno. Após conversa com o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, Renato preferiu seguir o cronograma habitual, sem apressar a volta por conta do início do mata-mata no Paulistão e na Libertadores.

– Precisamos pensar em um projeto a longo prazo, para eu não voltar com pressa e ter uma nova lesão. Queremos que a readaptação ao Brasil seja mais tranquila. Tive uma sequência de jogos muito grande, e acabou acontecendo essa lesão. Vamos manter a calma para que não se repita – afirmou o meia, em entrevista durante evento em uma loja oficial do Corinthians, no centro de São Paulo.

Renato Augusto aguarda o aval de comissão técnica e médicos para saber quando ele estará liberado.

– Temos de ir devagar. Eu tive uma melhora muito grande na última semana, mas ainda não dá para achar uma porcentagem de como estou. Estamos trabalhando sem data. A partir do momento que os médicos, o Bruno (Mazziotti, fisioterapeuta), o Fábio (Mahseredjian, preparador fúsico) e o Tite deram o ok, vou voltar.

Triste por não estar em campo na reta decisiva do estadual e da competição continental, Renato Augusto afirmou que prefere nem comparecer ao vestiário nas partidas do Corinthians enquanto não se recuperar de lesão. Apesar do apoio aos companheiros, o meia se diz frustrado por não poder ajudar a equipe no momento dos mata-matas. Além da Libertadores, o Timão está nas quartas de final do Paulistão. Neste domingo, às 16h, enfrenta a Ponte Preta, em Campinas, por vaga na semifinal.

– É muito ruim ficar fora, principalmente em fases decisivas. Eu procuro estar com a cabeça boa, para ajudar os outros jogadores, mas não gosto de ir aos jogos, ver todo mundo trocando de roupa para jogar e não poder me trocar. É ruim. Enquanto não estiver jogando, fico na torcida – explicou