ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Reservas do Palmeiras empatam na Copa do Brasil

Equipe palmeirense saio na frente mas cedeu o empate perto do fim para o Sampaio Corrêa.

Por Vladimir da Costa

Pensando exclusivamente na final do campeonato paulista o Palmeiras foi até o Castelão para encarar o Sampaio Corrêa cheio de reservas e o resultado, apesar de não ser dos melhores, não desagradou. Oswaldo de Oliveira não levou nenhum titular ao Maranhão. Resultado: um time bastante desentrosado, que teve dificuldades diante dos donos da casa.

Gabriel Jesus sofre com a dura marcação dos donos da casa. (Foto: Honório Moreira/Futura Press)

Gabriel Jesus sofre com a dura marcação dos donos da casa. (Foto: Honório Moreira/Futura Press)

Pela terceira rodada da Copa do Brasil verdão poupou geral e conseguiu um empate, por 1 a 1, que não elimina o jogo de volta, mas agora, uma simples vitória o dia 12 de maio, no Allianz Parque garante o alviverde na próxima rodada.

A partida

O primeiro tempo foi lento, com poucas chances e muitos erros de passe. Somente com reservas, o Palmeiras começou perdido em campo, entrosamento, a equipe deu espaços e não criou muito. Sem qualidade técnica e jogando sem poder ofensivo, o Sampaio Corrêa não conseguiu aproveitar as poucas oportunidades que tiveram.

Robert teve uma chance para os donos da casa logo aos cinco minutos, mas não alcançou o cruzamento de Pimentinha. Depois, Renato respondeu pelo alviverde: o volante desperdiçou um cruzamento de Victor Luis, cabeceando para fora dentro da pequena área.

Cristaldo comemora o gol contra o Sampaio Corrêa. (ELIEZER OLIVEIRA/FUTURA PRESS)

Cristaldo comemora o gol contra o Sampaio Corrêa. (FOTO: ELIEZER OLIVEIRA/FUTURA PRESS)

Com dificuldades, os times arriscaram alguns chutes de fora da área, mas sem perigo para os goleiros. A partida era truncada no meio campo, sem força pelas laterais, o Palmeiras arriscava jogadas pelo meio, o que facilitava a marcação adversária.

O segundo tempo começou mais pegado, porém, sem grandes jogadas.

Cristaldo entrou no segundo tempo, e com menos de dois minutos, fez o gol. O atacante lançou Gabriel Jesus e aproveitou rebote do jovem atacante para abrir o placar. Com o gol, o argentino chegou a sete na temporada, sendo o principal goleador da equipe até o momento.

O time maranhense não desistiu e acabou premiado. O Sampaio tratou de sair para o jogo, ainda que de forma desordenada. Demorou a acertar uma sequência de passes. Quando conseguiu, chegou ao empate. O rápido Pimentinha foi à linha de fundo e cruzou para Cleitinho, que também havia entrado no segundo tempo, completar para o gol, aos 41 minutos, para festa da torcida local.