ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Ricardo Oliveira marca e peixe derrota o Red Bull

Com pênalti duvidoso, Santos vence a segunda no Paulista e segue líder do seu  grupo.

Por Vladimir da Costa

O Santos voltou a campo na noite deste domingo e novamente deixou a desejar. Diante do Red Bull Brasil a equipe da Vila Belmiro  teve trabalho para vencer os donos da casa. por 2 a 1, no estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Os donos da casa tinham uma meta. Jogar no contra-ataque, mas o gol levado cedo complicou a estratégia da equipe. O gol da vitória Santista foi marcado pelo estreante Ricardo Oliveira, de pênalti.

Com o resultado, a equipe comandada por Enderson Moreira segue na liderança do Grupo 4 do Paulistão, com sete pontos conquistados. O RB Brasil também se manteve no terceiro lugar do Grupo 1, com quatro pontos.

O jogo

O Santos começou a partida pressionando, mantendo a bola no campo de ataque e acuando o Red Bull. Logo aos três minutos saiu o gol: Geuvânio cruzou e Fabiano Eller mandou paras a próprias redes, marcando um gol contra.

Ricardo Oliveira marca o gol da vitória santista diante do Red Bull. (Foto: Bê Caviquioli / Futura Press)

Ricardo Oliveira marca o gol da vitória santista diante do Red Bull. (Foto: Bê Caviquioli / Futura Press)

A vantagem deu tranquilidade ao Santos, que controlava bem a partida, mantendo a posse de bola e procurando uma brecha na defesa adversária que tinha dificuldades de chegar ao ataque.

O peixe criou chances, mas não conseguia finalizar com qualidade. O time do interior não foi efetivo nos contra-ataques, mas apesar de chegar pouco a frente, conseguiu empatar a partida aos 44 minutos, com Edmílson. Quando todos pensavam que não havia tempo para mais nada, o Alvinegro voltou à frente do placar com Ricardo Oliveira. Aos 48 minutos, após Thiago Ribeiro ser derrubado por Juninho e o árbitro Rodrigo Guarizo do Amaral marcar pênalti duvidoso.

O segundo tempo foi bem abaixo do primeiro. O Red Bull começou a sair mais para o ataque, mas tinha dificuldades para criar oportunidades. Vanderlei, teve pouquíssimo trabalho durante o jogo.

O Santos até assustou em alguns contra-ataques, mas não chegou ao terceiro gol. Cicinho acabou expulso por fazer cera. Enderson Moreira reclamou e também foi expulso.

O Santos entra em campo na próxima quarta-feira, no clássico diante do São Paulo, às 22h, na Vila Belmiro. Já o Red Bull Brasil visita o Bragantino, no mesmo dia, só que mais cedo, as às 19h30.