ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Robinho faz golaço e Santos vence Coritiba na Vila

Com erros de arbitragem e um primeiro tempo movimentado, peixe sobe na tabela e ainda sonha com G4.

Por Vladimir da Costa

O Santos deu um passo importante na noite deste sábado, ao vencer o Coritiba em casa. Não somente pelos dois golaços marcados no primeiro tempo, mas pelo futebol consiste apresentado no jogo. Vale ressaltar que novamente a arbitragem prejudicou o Coxa, que precisou marcar duas vezes para valer um – o de Luccas Claro foi mal anulado, e o de Dudu valeu.

A arbitragem, porém, errou também ao não marcar pênalti em Robinho no primeiro tempo. Só que o lance não fez falta ao Peixe que fez dois belos gols e praticamente definiu a vitória ainda no primeiro tempo.

Santistas comemoram primeiro gol marcado contra o Coxa. (Foto: Getty Images)

Santistas comemoram primeiro gol marcado contra o Coxa. (Foto: Getty Images)

Com 20 pontos, o time paranaense segue na zona de rebaixamento – poderia ter saído se vencesse. E o Santos, agora com 29, pulou para nono, ao menos temporariamente e se aproxima do “segundo pelotão”, que estão na busca do líder Cruzeiro.

Na próxima rodada, o Santos volta a jogar na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O jogo marca o retorno de Aranha ao palco do recente (e polêmico) caso de injúria racial contra o santista. O duelo com o time gaúcho será quinta-feira, às 20h30. Um dia antes o Coritiba, recebe o São Paulo, no Couto Pereira, quarta, às 22h.

A partida

O primeiro tempo definiu o placar na Vila Belmiro e praticamente todas as emoções do duelo ocorreram nesta etapa. Aos 12 minutos, Lucas Lima  recebeu passe de Gabriel na intermediária  e arrancou. Encontrou um vazio, já que os volantes e defensores do Coritiba preferiram cercar os três atacantes do Santos. Lucas, acertou belo chute para abrir o placar.

O Coritiba passou a atacar mais, e aos 20 minutos chegou a marcar, com Luccas Claro. Em um primeiro momento, o árbitro validou o gol; mas foi avisado em seguida pelo assistente de que Zé Eduardo, após desvio na cobrança de escanteio, estava impedido. Como a bola foi em sua direção antes de sobrar para Luccas, o gol foi anulado.

O jogo seguia corrido, e reclamações dos dois lados. A falta de fair play do Coxa ao não jogar a bola quando Robinho estava caído. Isso irritou os santistas e o craque santista teve a calma para responder na bola. Em nova jogada rápida do Santos, Gabriel partiu em velocidade e tocou para Robinho. Livre, o atacante ajeitou a bola e com muita tranquilidade, encobriu o goleiro Vanderlei que nada pode fazer. Um belo gol na Vila.

O Coritiba mudou para o segundo tempo. Colocou o atacante Joel na vaga do meia Robinho. Mas o Santos, sem alterar nenhuma peça, continuou melhor em campo.

O bom ataque santista composto por Damião, Gabriel e Robinho chegavam, mas a falta de pontaria não deixavam o peixe ampliar. Nas suas tentativas de contra-ataque, o Coxa não teve sucesso.

Robinho comemora gol de cobertura marcado contra o Coritiba. (Foto: Getty Images)

Robinho comemora gol de cobertura marcado contra o Coritiba. (Foto: Getty Images)

Com melhor toque de bola, o Santos dominou as ações da partida. Robinho abusou da categoria em alguns lances, deu até chapéu. Mas o time da Vila não conseguiu ampliar o placar.  Somente no fim, o Coritiba conseguiu diminuiu. Aos 42 minutos, Dudu chutou, a bola desviou em David Braz e enganou o goleiro Aranha.  O gol tarde não deixou que o coxa reagisse e ficou por isso mesmo. Nova derrota do Coritiba no brasileiro e mais um trunfo do peixe na Vila Belmiro.