ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Rógerio volta, marca e São Paulo vence

Em tarde dos goleiros, Rogério faz o seu e São Paulo vence o Guarani em Campinas

Por Vladimir da Costa

Sem vencer a três partidas, o São Paulo foi até campinas enfrentar o Guarani, repleto de reversar, já pensando na quarta-feira, quando inicia na fase de grupos contra o Atlético-MG o tricolor entrou em campo com uma equipe reserva, de titular apenas .Rogério Ceni.

Jogando com um a menos desde a metade do primeiro tempo, depois que Cañete foi expulso, o tricolor foi melhor que os donos da casa. O São Paulo criou mais e teve a chance de definir a partida ainda no primeiro tempo.

O São Paulo só não fez mais devido a ótima atuação do goleiro Juliano, que salvou o Guarani em pelo menos quatro chances claras de gol, todas desperdiçadas por Aloisio. O camisa 19 marcou o primeiro gol da partida e pelo tricolor, mas depois esbarrou em todas as oportunidades que teve no bom goleiro do bugre.

A partida

A partida começou lenta, com as equipes se estudando, trocando passes no meio campo com o tricolor forçava mais pela direita, com Cañete e Aloisio. Do lado do Guarani, Siloé era o mais perigoso. Diferente do tricolor, que tentava trocar tocando, o Bugre quando via uma brecha, chutava de qualquer canto.

O São Paulo recuperava a bola na defesa não tinha velocidade em partir no contra-ataque e com isso o Guarani voltava inteiro e dificultava a penetração São-paulina na área. Apensar de ter mais posse de bola e ter mais presença ofensiva, o goleiro Juliano quase não participava da partida.

Rogério comemora com Carleto seu gol de falta na partida (Foto: Célio Messias/Agência Estado)

Apenas aos 23 minutos o São Paulo chegou perto do gol. Aloísio recebeu bom lançamento dentro da área, chutou na saída de Juliano e em cima da linha, Thiago Matias salvou o gol tricolor. Minutos depois, Maicon soltou uma bomba de fora da área, a bola fez uma curta e Juliano não conseguiu tirar pra fora a bola que ficou livre, na pequena área para Aloísio, sozinho, cabecear por cima, perdendo uma chance incrível de abrir o marcador.

O São Paulo era melhor e na terceira chance que teve, Aloiso marcou. Depois da cobrança de escanteio de Carleto, Juliano saiu mal do gol e o camisa 19 se antecipou e, de cabeça, fez seu primeiro gol com a camisa tricolor.

Depois de levar o gol, o Guarani resolveu atacar o São Paulo que não demorou muito para ficar com uma a menos. Ronaldo Mendes fez jogada individual e na entrada da área foi derrubado por Cañete, que recebeu o segundo cartão amarelo e ser expulso.

O Guarani passou a atacar mais e ter controle do meio campo. Na melhor chance do bugre no primeiro tempo, Ademir Sopa acertou uma paulada de fora da área, que explodiu no travessão. O São Paulo agora era quem jogava esperando um contra ataque e quase chegou ao segundo gol. Max errou no meio campo e a bola ficou livre para Aloísio arrancar livre do meio de campo ficando cara a cara com Juliano, e decidiu chutar no canto direito, mas o goleiro se esticou todo, espalmando a bola para escanteio. Novamente Aloisio perdeu uma grande chance de marcar.

Segundo tempo

Diferentemente do primeiro tempo, o Guarani não teve medo do São Paulo e foi pra cima. Antes da segunda etapa completar um minuto, o bugre chegou ao empate. Diogo cruzou para a área, a zaga do São Paulo bateu roupa, e Thiago Gentil, livre, finalizou firme para o gol, no contrapé de Rogério, empatando o jogo.

Nem deu tempo para comemorar, na jogada seguinte, o São Paulo fez o segundo gol. O único titular do time fez o seu. Na meia lua, Rogério Ceni cobrou falta colocada no lado esquerdo de Juliano, sem chances para o goleiro. 2 a 1 para o tricolor.

Ganso teve uma atuação discreta na partida (Foto:Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Com um a mais, o Guarani seguia melhor, mas não conseguia espaço para chutar a gol. O São Paulo esperava roubar uma bola para partir em contra-ataque. Aos 12 minutos, Aloísio roubou a bola na linha de fundo, invadiu a área e rolou para Maicon que vinha de trás. O camisa 18 bateu colocado no canto esquerdo, mas Juliano fez ótima defesa.

O jogo seguiu com o Guarani buscando o empate, até que Aloisio foi puxado no meio campo, por Thiago Pagnussat que recebeu o segundo cartão amarelo sendo expulso, aos 20 minutos.

Com a igualdade em campo, o São Paulo retomou o controle da partida, mais inteiro fisicamente e organizado taticamente, o tricolor atacava pelos dois lados do campo, confundindo a defesa do Guarani.

O São Paulo criava, mas não conseguia por a bola dentro do gol, muito devido a bela atuação do goleiro do Guarani, que seguia fazendo ótimas defesas. Após tabela na entrada da área, Ademílson chutou para o gol e Juliano pegou, no rebote, a bola sobrou limpa para Aloísio chutar, mas novamente o camisa 1 fez linda intervenção.

A partida seguiu com ambas as equipes buscando o gol até o final, mas ficou nisso, após três rodadas o São Paulo voltou a vencer chegando aos 10 pontos, com dois jogos a menos.

Na próxima rodada do Paulista, o Guarani vai até Piracicaba pegar o XV, no sábado, às 17h. O São Paulo, recebe o Ituano no mesmo dia, às 19h, no Morumbi.