ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Romarinho brilha e Corinthians vence em sua "despedida"

Atacante faz três e Corinthians se despede do paulista com goleada. Atlético Sorocaba é rebaixado.

Por Vladimir da Costa

Na melancólica despedida do Corinthians da atual edição do campeonato Paulista a equipe de Mano Menezes apresentou as mesmas falhas que o fizeram ser eliminado precocemente da competição, mas com algumas Ressalvas. Romarinho, Renato Augusto foram algumas delas.

Romarinho comemora o primeiro gol da goleada do timão sobre o Atlético Sorocaba. (Foto:Junior Lago/UOL)

Romarinho comemora o primeiro gol da goleada do timão sobre o Atlético Sorocaba. (Foto:Junior Lago/UOL)

Apesar da falta de criatividade, lenta transição do meio para o ataque, o time se impôs e com três gols de Romarinho, o Corinthians decretou o rebaixamento do adversário. Para o alvinegro, restou uma despedida que dá esperança, mas requer algumas mudanças para o time que volta a campo apenas no dia 20 de abrilm no jogo de volta contra o Bahia de Feira de Santana, pela Copa do Brasil

O jogo

Em partida que não tinha brilho nenhum por parte do Corinthians era de uma importância para o Atlético Sorocaba, que brigava para permanecer na primeira divisão do futebol Paulista. E devido a essas questões “extracampo”, o time visitante começou melhor. Aos sete minutos. Fabio Capixaba foi acionado na direita e chutou cruzado, mas Cássio conseguiu fazer uma bela defesa.

Aos 10 minutos o Corinthians respondeu. Renato Augusto, o jogador que mais arrisca chutes de media e longa distância bateu, mas Deola estava bem colocado e fez a defesa.

O Corinthians seguia melhor em campo, trocando bolas entre o meio campo e o ataque, mas sem muita objetividade. Apesar de melhor, o time não conseguia chegar com perigo ao gol de Deola. As melhores chances eram de bola parada. Aos 18 minutos, Jadson cobrou falta e o Deola pulou para pegar. Três minutos depois, após falta cobrada na área, Chaba desviou a bola que passou muito perto do gol de Cássio.

O Alvinegro seguia melhor, mas sem criatividade para chegar com perigo, Romarinho buscava se movimentar, mas isolado no ataque só era perigoso quando tentava jogada individual. Aos 27 o atacante recebeu na esquerda, avançou para o meio e bateu firme, mas a bola foi para fora.

Recuperado, Renato Augusto jogou como titular e agradou a torcida que foi ao Pacaembu. (Foto:Junior Lago/UOL)

Recuperado, Renato Augusto jogou como titular e agradou a torcida que foi ao Pacaembu. (Foto:Junior Lago/UOL)

O Corinthians seguia dominando as ações na partida. Jadson e Renato Augusto participavam bem do jogo e o time pressionava o adversário cada vez mais para seu campo de defesa. Tanto que aos 39 minutos o gol saiu.

Depois de cruzamento na área do Atlético Sorocaba, Romarinho, livre de marcação, cabeceou para abrir o placar no Pacaembu.

Os últimos minutos, com a vantagem no placar, deixou os donos da casa mais confortáveis. Sem pressa, a equipe alvinegra tocava a bola esperando o final da primeira etapa.

O segundo tempo foi bem diferente.

Com mais vigor físico e na frente do placar, o Corinthians aproveitou as falhas do adversário e fez seu jogo. Pouco a pouco ia chagando com perigo no gol adversário. Deola seguia salvando a equipe do interior.

Aos oito minutos o goleiro defendeu chute forte de Renato Augusto , cruzado, de dentro da área. Minutos depois, foi a vez de Felipe, com o gol aberto, tentar a finalização, mas Deola se recuperou no lance e salvou o time atleticano de tomar o segundo. O zagueiro já estava comemorando e nem viu Deola Salvar em cima da linha.

Pressão Corinthiana e Romarinho desencanta.

Muito aberta, a zaga do Sorocaba assistiu Romarinho decidir o jogo e o rebaixamento dela com mais dois gols. Guilherme cruzou da esquerda e o atacante, livre, desviou de cabeça. Pouco depois, ele recebeu livre na entrada da área e apenas tirou de Deola. O Pela primeira vez, o atacante fazia três gols na mesma partida. Triste fim de Paulistão para o Timão, mas com a esperança renovada para o Brasileiro. Pior ainda para o Atlético Sorocaba, que venceu apenas duas em 15 partidas, sendo rebaixado para a Serie A2 do Paulista.