ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Rooney faz dois e United bate City no clássico de Manchester

Fora de casa, os Diabos Vermelhos venceram o Citizens nos acréscimos

Por Vladimir da Costa

Num jogo onde cada tempo foi dominado por um time, os Red Devils levaram sorte o último lance e acabaram saindo vitoriosos em partida válida pela 16ª rodada da Premier League.

No primeiro tempo, os Citizens foram pra cima, empurrados por sua torcida, que lotaram o City of Manchester para empurrar sua equipe, mas não contaram com um Rooney inspirado e oportunista. O centroavante fez dois gols na primeira etapa, qua se decretava a vitória de forma antecipada, mas o City foi valente no segundo e chegou ao empate com gols de Touré e Zabaleta, mas aos 47 do segundo tempo, de Van Persie, em cobrança de falta, marcou o terceiro gol da partida, a bola ainda desviou na barreira antes de entrar no gol defendido por Hart. Vitória que deixa o United a seis pontos na frente do City, segundo colocado.

Rooney marca o primeiro gol da partida. O camisa 10 fez dois gols no clássico (Foto: AFP)

A PARTIDA

Os Citizens foram pra cima do United no inicio do jogo. Aos 8 minutos, quase Balotelli abriu o placar em cobrança de falta. De Gea fez ótima defesa

O City tinha mais a posse de bola, mas não era efetivo nas jogadas de ataque, e em um contra-ataque, acabaram levando a pior. Van Persie tabelou com Young, que arrancou e tocou para Rooney. O camisa 10 chutou cruzado, no contrapé de Hart que ficou olhando, imóvel, a bola indo lentamente pra o fundo das redes.

Com o gol, os donos da casa foram pra cima. Aos 22 minutos, Kun Agüero quase marcou um golaço. O atacante foi passando por tudo e por todos, na base da força e da habilidade, mas quando finalmente achou espaço pra chutar, o argentinou bateu mal, no canto de De Gea que pegou a bola sem grandes problemas.

Rooney comemora junto com Young e Van Persie o segundo gol da partida (Foto: AFP)

Aos poucos o City ia se perdendo dentro de campo, errando muitos passes e o United ia crescendo. Até que em boa jogada de Rafael pela esquerda, os Red Devils chegaram ao segundo gol, de novo com o camisa 10, que pegou o cruzamento do brasileiro de primeira, de chapa, marcando seu segundo gol na partida.

O segundo tempo começou com Tevez no lugar de Balotelli, que saiu nervoso, direto para o vestiário e de lá, deve ter assistido a melhora de sua equipe com o ataque formado por nossos Hermanos.

Aos 13 minutos, quase o Manchester United liquida a fatura. Van Persie, mandou um chutaço e carimbou o travessão, no rebote, Young, que estava na mesma linha mandou para o gol, mas o árbirto já havia marcado impedimento e anulou o que seria o terceiro gol do United.

Minutos depois, o City conseguiu marcar seu gol. De Gea salvou o sua equipe por duas vezes, mas no terceiro chute, Yaya Touré pegou bem na bola e mandou para o fundo das redes.

Empolgado por sua torcida que cantava o tempo todo, o Manchester City finalmente chegou ao empate. Depois da cobrança de escanteio, a zaga afastou, mas Zabaleta, de fora da área, estava atento ao rebote e chutou para o gol, sem chances para De Gea, que nada pode fazer.

O lado azul do Etihad Stadium ainda acreditava na virada, mas já nos acréscimos, a festa mudou de cor. Van Persie cobrou falta pela direita, na entrada, a bola desviou em Nasri e entrou onde dava pra entrar, pegou na lateral da rede, sem chances para Hart, que lamentou o gol sofrido aos 47 minutos.

Zabaleta empatou no final, mas não salvou o City da derrota (Foto: AFP)

Agora, os Diabos Vermelhos somam 39 pontos, seis a mais que o City, segundo colocado. Os Citizens vinha de três vitórias seguidas sobre o rival na Premier League. No total, os dois disputaram 31 clássicos e com a resultado de hoje, o United tem 18 vitórias, contra sete do City e mais seis empates.