ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos atropela Cruzeiro na Vila Belmiro e foge do Z-4

Peixe lava a alma da torcida e vence Raposa por 4×2.

Por Paulo Edson Delazari

Victor Andrade comemora seu gol, com Felipe Anderson (Foto: Ricardo Saibun / Agência Estado)

Enfim Santos vence uma partida e não sente falta de Neymar e Ganso. Isto mesmo foi hoje, na Vila Belmiro que o Peixe lavou a alma dos torcedores e aplicou uma vitória de 4×2 sobre o Cruzeiro. A partida tinha um atrativo, Borges contra sua ex-equipe o Santos, ele até balançou a rede, mas o Santos levou a melhor.

A partida foi muito movimentada, o Santos tinha o desejo de se afastar da zona de rebaixamento, o Cruzeiro de se aproximar do G-4 e nesta luta de gigantes, o time alvinegro levou a melhor. Curiosamente nenhum jogador teve um destaque especial, o que sobresaiu foi o aspecto coletivo e quem esteve no estádio Urbano Caldeira pode apreciar dois belos gols no mínimo, um de Felipe Anderson para o Santos que abriu o marcador com belo chute de esquerda de fora da área e outro com Ceará para o Cruzeiro que em falta encobriu Aranha em bela cobrança.

O aspecto negativo do jogo ficou por parte da arbitragem de Rodrigo Nunes de Sá que deixou os jogadores de ambas equipes fazerem muitas faltas violentas, sem que este os advertisse com cartões amarelos. O árbitro só aplicou cartão amarelo no meio do segundo tempo quando Charles fez falta por trás em Léo. Não bastasse a falha na parte disciplinar, o juiz deixou a desejar também na parte técnica, deixando de marcar um pênalti claro para a equipe mineira aos 46 minutos do segundo tempo, em jogada de Élber, o jogador recebe a marcação de Durval que com uma alavanca derruba o atacante na entrada da área, o juiz nada marca e ainda de quebra da o segundo amarelo e expulsa o jogador, erro em dobro. De certo que isto não mudaria o resultado da partida que estava defina com vitória do Santos, mas abriria a possibilidade de diminuir o prejuízo do Cruzeiro.

O jogo

1º tempo

Borges guardou o seu contra o Peixe. (Foto: Gazeta Press)

11 minutos: Falta na meia esquerda para o Santos, Adriano bate bem no canto direito razante do goleiro e Fabio espalma para escanteio.

16 minutos: Montillo faz boa jogada e toca para Diego Renan que passava, o lateral bate cruzado, mas Durval se joga na frente da bola evitando o gol cruzeirense.

21 minutos: Bill recebe na esquerda e rola para Felipe Anderson, o meia domina e da intermediária da uma bomba de pé esquerdo para o gol de Fabio, o goleiro até resvala na bola, mas não impedi que ela entre no seu ângulo esquerdo. Um GOLAÇO, Santos 1×0.

28 minutos: Não demorou muito e o Cruzeiro reagiu, em jogada ensaiada, Montillo cruzou no fundo direito da área santista, Ceará escorou de cabeça e Borges dominou de direita e chutou de esquerda sem chance para Aranha. Santos 1 x 1 Cruzeiro.

31 minutos: Em jogada novamente pela esquerda de ataque do Santos Bill, tocou nas costas da zaga para Felipe Anderson que chegou no fundo cruzando forte, Vitor Andrade se jogou na bola na pequena área e de carrinho colocou o Peixe na frente novamente. Santos 2×1.

Daí em diante o jogo seguiu truncado sem que qualquer equipe tivesse chance de ampliar.

2º Tempo

5 minutos: Parecia que os ex-santistas queriam se vingar de sua ex-agremiação, em falta pela esquerda Ceará parecia que ia cruzar, assim esperavam zagueiros, atacantes e o goleiro Aranha que quis se antecipar ao cruzamento, porém Ceará surpreendeu a todos e acertou um lindo chute no ângulo esquerdo de Aranha que nada pode fazer. Um Golaço! Santos 2×2 Cruzeiro.

14 minutos: Felipe Anderson faz cruzamento de falta na área, vários jogadores sobem na frente de Fabio, mas não cabeceiam a bola, o goleiro Fabio rebate para o lado, Bruno Peres que chegava, chuta e a bola bate no peito do zagueiro cruzeirense em cima da linha, a bola sobra para Vitor Andrade que chega chutando em diagonal, Durval que continuava na pequena área põe o pé na bola e desvia para o gol. Santos 3×2.

A partida continuou movimentada mas sem ações efetivas das equipes, até que aos 32 minutos Bruno Peres recebeu passe na direita e entrou na área, o lateral cruzou rasteiro er Bill só teve o trabalho de empurrar para rede, fazendo seu primeiro gol com a camisa do Peixe, quebrando um jejum de 9 jogos sem fazer gol na sua carreira. Final Santos 4 x 2 sobreo Cruzeiro.

Agora o Santos, ocupa a 14º posição com 16 pontos e jogará contra o Atlético GO na Vila Belmiro novamente no próximo Sábado às 18h30m, pela 16º rodada do campeonato. Já o Cruzeiro ocupa a 8º posição com 23 pontos e encontrará o Bahia em Pituaçu no mesmo dia e horário do Santos.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 4 X 2 CRUZEIRO

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 8 de agosto de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno (Fifa-RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
Renda: R$ 73.475,00
Público: 3.220 pagantes
Cartões amarelos: Bill e Victor Andrade (Santos); Charles (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Élber (Cruzeiro)
Gols:
SANTOS: Felipe Anderson, aos 21 e Victor Andrade, aos 31 minutos do primeiro tempo; Durval, aos 14 e Bill, aos 32 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Borges, aos 29 minutos do primeiro tempo e Ceará, aos 5 minutos do segundo tempo
SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca (David Braz), Leandrinho (João Pedro) e Felipe Anderson (Juan); Victor Andrade e Bill
Técnico: Muricy Ramalho
CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Léo, Victorino e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Sandro Silva (Charles), Tinga (Everton) e Montillo; Wallyson (Élber) e Borges
Técnico: Celso Roth

So while a beacon might https://topspyingapps.com/parental-control-android/ carry the ibeacon name, this simple means that it has access to the trademark and that it has been configured to work well with apple devices