ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos domina Corinthians, mas sente o gosto amargo do empate.

Equipe da Vila Belmiro foi melhor durante toda partida, mas não tornou o domínio em vitória.

Por Paulo Edson Delazari

Paulo André e William José fazem gols, se desentendem e são expulsos. (Foto: Gazeta Press)

Paulo André e William José fazem gols, se desentendem e são expulsos. (Foto: Gazeta Press)

Jogando na Vila Belmiro nesta quarta-feirao o Santos saiu do clássico , contra o Corinthians com sabor de derrota. A equipe do Litoral tomou um gol de Paulo André aos 3 minutos de jogo e ainda assim se recuperou, dominou a partida e saiu da Vila Belmiro com um empate por 1 a 1. William José fez o gol santista na etapa final e mais tarde acabou expulso junto com Paulo André após bate-boca.

O resultado acalma a ira da torcida, revoltada com a humilhação na Espanha, quando o Peixe perdeu para o Barcelona por 8 a 0, contudo mas satisfeita com o desempenho do time no clássico. O Santos foi a 13 pontos e chegou a 14ª colocação da Série A com um jogo a menos. O Corinthians teve sua série de duas vitórias consecutivas – a maior da equipe na competição – interrompida e deixou de entrar no G-4, foi a  18 pontos e ocupa a 8ªposição.

No próximo domingo, às 16h, o Santos visita o Cruzeiro no Mineirão, enquanto o Corinthians recebe o Vitória no pacaembu no mesmo horário pela 13ª rodada do Brasileirão.

O jogo

Pressionados pela torcida devido ao vexame da goleada de 8 a 0 para o Barcelona em amistoso na última sexta-feira, os jogadores do Santos se fecharam em uma roda antes do início da partida como se reforçassem a necessidade de dar uma resposta ao público logo no início do jogo. Porém aconteceu o que os santistas mais temiam: logo de cara o Corinthians abriu o marcador. Aos três minutos, Danilo escorou cobrança de escanteio, e Paulo André completou para a rede de cabeça.

Paulo André fez o primeiro gol da partida. (Foto: Marcos Ribolli)

Paulo André fez o primeiro gol da partida. (Foto: Marcos Ribolli)

Ainda assim, os donos da casa não se desequilibraram em campo. O Corinthians poderia ter ampliado quando Romarinho recebeu lançamento de Danilo dentro da área aos 16 e finalizou mal, mas Montillo respondeu em belo chute de primeira que saiu por cima do gol de Cássio. Arouca também teve sua chance em bola espalmada pelo goleiro Cassio, mas mandou a bola longe.

Fábio Santos rebateu com arremate do lado direito do gol de Aranha após tabelinha com Renato Augusto. Aos 30, Romarinho voltou a encontrar espaço pela direita. Guerrero acionou o companheiro de ataque, que concluiu cruzado e exigiu boa defesa de Aranha.

Etapa Complementar

As duas equipes mudaram na segunda etapa. O Santos voltou para o segundo tempo com Leandrinho no lugar de Alison, e o Corinthians com Pato na vaga de Guerrero.

Leandrinho não teve nenhuma participação no lance, mas foi o Santos quem voltou melhor e empatou aos nove minutos da etapa final. Com liberdade, Montillo avançou pelo meio e achou William José. O atacante finalizou na saída de Cássio.

William José igualou o Placar na Vila. (Foto: Marcos Ribolli)

William José igualou o Placar na Vila. (Foto: Marcos Ribolli)

William José teve a chance de virar o jogo após receber passe de Cicinho dentro da área. A conclusão foi para fora. Neilton ganhou oportunidade ainda mais clara depois de Edenilson erra na defesa. Cássio defendeu.

Diferentemente do Santos, o Corinthians, sim, se bagunçou com o gol tomado, e a equipe da casa passou a chegar na área de Cássio com total facilidade. Os comandados de Claudinei Oliveira se cansavam de desperdiçar oportunidades, e os visitantes mal chegavam à área de Aranha.

Até que neilton e Gil se desentenderam, trocando empurrões e mãos no rosto de ambos os lados, tal fato gerou reações mais acentuadas de Paulo André e Willian José,  gerando as expulsões de ambos aos 25, já os envolvidos que iniciaram o tumulto nada levaram, sequer cartão amarelo, o acontecimento mudou o panorama da partida. O Corinthians passou a marcar melhor e o jogo ficou basicamente centralizado no meio campo, com poucas escapadas da equipe santista que sentia a ausência de seu centroavante, terminando a partida em 1 a 1, pior para o Santos que teve amplo domínio da partida.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 7 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Danilo Ricardo Simon Manis (ambos de SP)
Público: 8.120 pagantes
Renda: R$ 231.358,00
Cartões amarelos: Alison, William José, Edu Dracena e Neílton (Santos); Edenílson e Douglas (Corinthians)
Cartões vermelhos: William José (Santos); Paulo André (Corinthians)
Gols: SANTOS: William José, aos 9 minutos do segundo tempo; CORINTHIANS: Paulo André, aos 3 minutos do primeiro tempo

SANTOS: Aranha; Cicinho (Galhardo), Edu Dracena, Durval e Léo (Mena); Arouca, Alison (Leandrinho), Cícero e Montillo; Neílton e Giva
Técnico:Claudinei Oliveira

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Romarinho (Ibson), Danilo (Douglas) e Renato Augusto; Guerrero (Alexandre Pato)
Técnico: Tite