ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos fica no zero com Joinville e segue no G4.

Peixe joga mal e empata em Santa Catarina.

Por Paulo Edson  Delazari
Renato disputa bola em meio a lama. (Foto Reprodução)

Renato disputa bola em meio a lama. (Foto Reprodução)

Joinville e Santos jogaram na Arena em Santa Catarina, as chuvas fortes há mais de 40 dias castigou o gramado. Vítimas de um enlameado campo, as duas equipes tiveram dificuldades para trabalhar a bola e terminaram empatadas por 0 a 0 neste domingo, no fechamento da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro

O empate sem gols mantém o Santos no G-4 da competição nacional, em 4º, com 54 pontos, já que o São Paulo, único que poderia ultrapassá-lo, foi derrotado para o Cruzeiro. Já o Joinville não teve a mesma sorte e, graças ao triunfo do Vasco sobre o Palmeiras, é o novo lanterna da competição, com 31 pontos.

Dono de um toque de bola de muita qualidade, o Santos foi prejudicado pelas poças e lama no gramado e não conseguiu colocar em prática sua principal característica. Com isso, a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior teve apenas uma oportunidade na etapa inicial. Aos 12min, na bola parada, Lucas Lima cobrou escanteio e Thiago Maia desviou de cabeça, mas Anselmo, praticamente em cima da linha, salvou o gol paulista.

O Joinville também teve apenas uma grande chance no primeiro tempo, também em bola alçada na área. Aos 27min, Diego cruzou da esquerda, Werley afastou mal e deixou nos pés de Fernando Viana. O atacante dos donos da casa bateu forte, mas Vanderlei conseguiu espalmar para escanteio.

Na etapa final, com o fim da chuva e o gramado (um pouco) mais seco. As equipes se arriscaram mais no ataque e os goleiros tiveram que trabalhar para manter o placar sem gols em Santa Catarina.

Pelo lado santista, Vanderlei tinha mais problemas nas bolas aéreas. Em uma delas, aos 25min, Ítalo cruzou no segundo pau, Domingues ajeitou para Edigar Júnior bater forte e ver o goleiro alvinegro dar um tapa para escanteio.

Já Agenor, pelos catarinenses, teve que trabalhar mais. Allém de salvar um chute colocado de Gabriel, o goleiro foi decisivo no comecinho do segundo tempo, aos 2min, quando Ricardo Oliveira recebeu ótimo lançamento de Renato e, livre de marcação, parou em grande defesa do camisa 1.

Na próxima rodada, o Santos recebe o Flamengo, quinta-feira (19), às 22h, na Vila Belmiro, na Baixada Santista. Já o Joinville faz o clássico contra o Avaí, na quarta-feira (18), às 21h, na Ressacada.

FICHA TÉCNICA
JOINVILLE 0 X 0 SANTOS

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 8 de novembro de 2015, domingo
Horário: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT-ASP-FIFA)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS-ASP-FIFA) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT-CBF-1)
Cartões amarelos: JOINVILLE: Marcelinho Paraíba, Fernando Viana. SANTOS: Lucas Lima, Daniel Guedes.
Cartão vermelho: JOINVILLE: Rogério, Danrlei
Renda: R$ 194.945,00
Público: 9.679 torcedores

JOINVILLE: Agenor; Mário Sérgio, Domingues, Guti e Diego; Danrlei, Anselmo, Silvinho (Edigar Junio) e Marcelinho Paraíba (Italo); Fernando Viana (Trípodi) e Kempes.
Técnico: PC Gusmão

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Werley, David Braz e Chiquinho; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima (Alison); Marquinhos Gabriel (Geuvânio), Gabriel (Nilson) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior