ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos leva a melhor na Neguinha e vence Corinthians.

Peixe vence a segunda no ano e desempata confronto equilibrado em campeonatos brasileiros.

Por Paulo Edson Delazari

Na Vila Belmiro para um público superior a 12 mil pagantes, em jogo válido pela 18º rodada do campeonato brasileiro, Santos leva a melhor e vence por 3 a 2 o Corinthians, coseguindo sua segunda vitória seguida desde a volta de Neymar e Ganso. O destaque da partida ficou por conta de um lance inusitado, o segundo gol da equipe santista que estava triplamente impedido, foi validado pela arbitragem.

Em condição irregular André faz o segundo. (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Os atuais campeões da Libertadores mostraram porque são os dois últimos campeões do continente, ambos buscaram o gol e fizeram um jogo de poucas faltas (10 no primeiro tempo). Para se ter uma dimensão desta busca, somente na primeira etapa o Corinthians teve 8 chances de gol, uma delas concretizada por Danilo, já o Santos teve 4 chances efetivas de gol, sendo uma delas concretizada por André.

Na segunda etapa o Santos veio com mais disposição e deu as cartas da partida logo de cara, fazendo 2×1, o Corinthians empatou próximo do fim, mas no finalzinho o zagueiro Bruno Rodrigo colocou o peixe na frente.

O jogo

Primeiro tempo

No início da partida o Corinthians não se intimidou por estar jogando na Vila Belmiro e partiu para cima do Santos, no espaço de cinco minutos o alvinegro paulistano chegou por quatro vezes, a maioria das finalizações ou participação saiam dos pés de Romarinho, logo aos 11 minutos o ex Bragantino recebeu passe de Douglas e cortou Bruno Peres, batendo cruzado para defesa de Rafael para escanteio, na cobrança do escanteio a bola ficou pipocando na área do Peixe e na sobrade fora da área Chicão bateu de primeira para mais uma defesa de Rafael.

O timão perderia ainda mais duas chances, uma com Danilo ao 16 após cruzamento de Guerreiro o meia errou o chute de direita e outra ao 17 com Romarinho que em jogada semelhante pelo lado esquerdo bateu de esquerda cruza para defesa novamente de Rafael.

As investidas corinthianas acordaram o Peixe que com Neymar ao 25 minutos deu lindo passe por cobertura para Arouca que atrapalhado por Chicão ainda chutou para defesa de Cassio. De tanto insistir o Corinthians foi premiado com gol logo na jogada seguinte aos 26 minutos, Douglas cobrou falta da intermediária em direção ao gol e Danilo de costas desviou com a cabeça, encobrindo Rafael e entrando no canto direito do goleiro, caprichosamente a bola ainda bateu na trave antes de entrar. Santos 0x1 Corinthians.

O gol fez com o Santos adotasse uma postura ainda mais ofensiva e aasim começou a reação santista, aos 30 minutos Gando avançou pelo meio e tentou tabelar com André, ela bateu no zagueiro e voltou para Ganso que de primeira emendou de fora da área para defesa de Cassio.

André comemora o primeiro gol dele no jogo. (Foto: ESPN BRASIL)

Aos 36 minutos surge o diferencial do craque e brilha a estrela do artilheiro, Neymar recebeu no meio e seguiu como quem não quer nada, André se deslocou e Neymar partiu para cima de quatro marcadores deixando-os para trás, ao ganhar o fundo cruzou forte e rasteiro para André que só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo do gol. Santos 1×1 Corinthians.

 O clássico paulista é muito equilibrado quando o assunto é brasileirão, até aqui as equipes haviam se enfrentado 45 vezes, sendo que cada time ganhou 16 partida, enquanto 13 terminaram empatadas. E assim foi o primeiro tempo.

Segundo tempo

Logo no começo aos três minutos do segundo tempo o Santos tomou a frente do marcador com um gol de cabeça de André, o segundo dele na partida, mas o lance vai render muitos comentários, porque os jogadores santistas estiveram por três vezes impedidos e o assistente Emerson Augusto de Carvalho (SP – FIFA), ficou “assistindo” a bela troca de passes dos jogadores Bruno Rodrigo, Ganso até a finalização do centroavante André dentro do gol praticamente. Santos 2×1 Corinthians.

O gol deixou os jogadores do Corinthians completamente irritados e desconcentrados tanto que dois minutos depois, Patito lançou linda bola para Arouca no contrataque que chegou finalizando para bela defesa de Cassio.

O time corinthiano só deu sinal de reação aos 19 minutos quando Guerreiro deu o primeiro chute a gol no segundo tempo, de fora da área o arremate passou raspando a trave esquerda de Rafael.

O Santos voltaria ao ataque aos 21 minutos e novamente num contrataque Neymar recebeu pela esquerda e driblou dois marcadores, cruzando na cabeça de André que de frente pro gol lamentou a incrível defesa de Cassio.

Aos 22 minutos mais uma chance do Corinthians, Paulinho recebe de costa para o gol e rola para Douglas que bate de pé direito, a bola vai pra fora, mas assusta Rafael.

Douglas foi destaque pelo lado do Corinthians. (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Daí em diante o Santos resolveu administrar o resultado e aos 35 minutos pagou o preço por abdicar da partida, Miralles atacante argentino que viria para o Santos, mas fechou com o Corinthians, recebeu do lado esquerdo e cortou o zagueiro Bruno Rodrigo e bateu forte e rasteiro tirando de Rafael. Corinthians 2×2 Santos.

Bruno Rodrigo ainda teria tempo de se recuperar da falha na marcação do argentino, três minutos depois do gol, ele foi ao ataque e após cobrança de escanteio de Neymar testou forte no canto direito de Cassio. Santos 3×2 Corinthians.

O peixe ainda teve uma última chance, o lateral direito Bruno Peres deu uma arrancada estilo “Bolt” e saiu de uma área a outra, ao chegar na adversária chutou, mas a bola passou por cima do gol.

Com a vitória o Santos subiu para 12º lugar com 23 pontos e o Corinthians perdeu uma invencibilidade de 9 jogos permanecendo com os mesmos 24 pontos em 9º lugar, podendo chegar a 10º dependendo do resultado do Flamengo que jogará às 18h30m. O Peixe agora enfrenta o Palmeiras na 19º rodada, enquanto o Corinthians encara o São Paulo no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 3 X 2 CORINTHIANS

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 19 de agosto de 2012, domingo
Horário: 16 horas (Horário de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Emerson Augusto de Carvalho (ambos Fifa-SP)
Cartões amarelos: Neymar, Felipe Anderson e Ganso (Santos). Douglas e Paulinho (Corinthians)
Público: 12.413 pagantes
Renda: R$ 276.613,00
GOLS: SANTOS: André, aos 36 minutos do primeiro tempo e aos 4 minutos do segundo tempo. Bruno Rodrigo, aos 38 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Danilo, aos 28 minutos do primeiro tempo. Martínez, aos 35 minutos do segundo tempo
SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Arouca, Patito Rodríguez (Felipe Anderson) e Paulo Henrique Ganso (Everton Páscoa); Neymar e André (Miralles)
Técnico: Muricy Ramalho
CORINTHIANS: Cássio; Guilherme Andrade, Wallace, Paulo André e Fábio Santos (Denner); Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo (Martínez); Romarinho e Guerrero
Técnico: Tite