ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos não resiste a pressão da Arena e é eliminado pelo Grêmio

Time da Vila perde boas oportunidades durante a partida e dá Adeus à Copa do Brasil

Por Vladimir da Costa

Santos foi a Porto Alegre com a vantagem da vitória e de não ter levado gol dentro de casa. Fechado atrás, a equipe Santista sofreu uma pressão intensa dos donos da casa, mas seguiram firme na marcação, ao menos durante todo o primeiro tempo.

No segundo, alguns pontos cruciais definiram o resultado e a desclassificação Santista. O time santista teve ao menos duas chances claras de marcar, mas não o fez. O Grêmio teve mais oportunidades de gols, é verdade, até pelo fato de jogar em casa, criou mais e duas delas entraram e garantiram a classificação do time gaúcho para a próxima fase com gols de Sousa e Werley, ambos no segundo tempo definiram o placar.

O jogo

Gabriel é acompanhado de perto por Bressan na Arena Grêmio Lucas Uebel Preview

Gabriel é acompanhado de perto por Bressan na Arena Grêmio (Foto:Lucas Uebel / Preview)

Precisando reverter o resultado do primeiro jogo, o time gaúcho foi pra cima da equipe santista logo no inicio da partida. Com boa movimentação do meio campo, aos nome minutos, os donos da casa tiveram a primeira grande chance. Alex Telles, na direita, cobrou escanteio no miolo da área, Barcos, se antecipou a defesa e cabeceou com perigo por cima do travessão, para delírio da torcida que comparecia em bom número na Arena.

E a pressão seguia, dois minutos depois, foi a vez de parar errar um cruzamento e quase fazer um daqueles gols sem querer. A bola passou perto do gol de Aranha.

O Santos não conseguia sair tocando a bola e com isso levava um sufoco do Grêmio que não diminuía o ritmo em busca do primeiro gol. Aos 21 minutos mais uma boa chance para os donos da casa. Ramiro mandou uma tijolada que passou rente o ângulo direito do goleiro santista.

Aos 25 minutos o Santos sofreu uma baixa. Contundido, Montillo deixou o campo para entrada de Leio Cittadini. Dois minutos depois o camisa 18 que tinha acabado de entrar perdeu uma enorme chance de ampliar a vantagem. A bola foi alçada no meio da área gremista, Léo Cittadini, livre de marcação, subiu e cabeceou firme por cima do gol desperdiçando a primeira chegada santista.

O Grêmio seguia com a marcação adiantada, pressionando o time santista que estava bem postado na zaga. Os últimos 15 minutos foram de apenas um time buscando o gol. Com a saída de Montillo o Santos perdeu a força e a criatividade no meio para surpreender o Grêmio. Thiago Ribeiro tinha muita dificuldade de conseguir a bola no ataque. Por outro lado, os donos da casa não conseguiam assustar o gol santista. Faltou uma jogada bem trabalhada para surpreender a equipe da Vila que seguia firme na marcação.

Montillo sentiu uma fisgada ainda no primeiro tempo e teve de ser subistituido  Lucas Uebel Preview

Montillo sentiu uma fisgada ainda no primeiro tempo e teve de ser subistituido (Foto: Lucas Uebel / Preview.com)

Segundo tempo

Assim como na etapa inicial, os donos da casa vieram com tudo, dispostos a marcar o primeiro gol da partida. O Santos seguia com dificuldades para trocar passes. Quando tinha a bola, buscava tocar de lado para esfriar o adversário e só assustava quando o adversário errava.

Santos perde gols e toma castigo.

Numa jogada de puro oportunismo, Gabriel recuperou a bola mal recuada por Bressan, passou por Dida, mas bateu mal e desperdiçou uma boa chance do Santos. Depois, foi a vez do atacante Everton Costa perder. . Aos 37 minutos, o camisa 17, dentro na área, marcado de perto por dois defensores, chutou cruzado com perigo ao lado da trave esquerda de Dida. Contando com a de Leo CIttadini no primeiro tempo, foram três chances de gols.

Quem não faz….

E a bola pune. Aos nove minutos, Barcos desceu em velocidade pela ponta esquerda, invadiu a área e viu a chegada de Souza, sozinho no meio da área para completara o cruzamento e abrir o marcador para delírio dos torcedores.

Com o gol, o Santos foi obrigado a sair mais do jogo, com isso o Grêmio recuou, mesmo sem receber uma forte investida do time santista que tinha dificuldades no meio campo. Gabriel parecia sentir o nervosismo de quem tem apenas 16 anos e acabou deixando o gramado depois de perder ótima chance para sua equipe. Em seu lugar entrou Everton Costa, que com folego novo, voltava mais para buscar a bola e tentar ajudar o ataque que estava isolado do restante do time.

O Grêmio por sua vez seguia melhor, com maior volume de jogo e a pressão chegou no ápice aos 41 minutos, no segundo gol dos donos da Arena. Na Boa triangulação do Grêmio entre Maxi Rodriguez, Pará e Werley. O camisa 4 do Grêmio, no meio da área, livre de marcação, dominou e finalizou de chapa no canto direito ampliando o marcador.

Barcos abraça seus companheiros no primeiro gol da partida, marcado por Souza  Lucas Uebel Preview

Barcos abraça seus companheiros no primeiro gol da partida, marcado por Souza (Foto: Lucas Uebel /Preview)

Agora, o Grêmio que foi superior a partida inteira, se classificou para a próxima fase da competição. Assim, o Tricolor Gaúcho vai enfrentar o Corinthians nas Quartas de Final da Copa do Brasil.