ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos para no Novo Líder e vê Libertadores mais Distante

Santos perde a sétima e vê vaga na libertadores cada vez mais longe

 

Por Vladimir da Costa

Com um público abaixo dá média, o novo líder do campeonato brasileiro, ganhou do Santos no Rio de Janeiro e assumiu a liderança da competição.

em Fred e com o Thiago Neves abaixo do esperado, o Fluminense apostou suas fichas em outro centroavante, que não marcava havia 3 meses para vencer o Santos em casa e assumir a ponta da tabela. E deu Resultado. Com dois de Wellington Nem, o Fluminense fez 3×1 no Santos e assumiu a liderança da tabela.

A partida

Um inicio morno e sonolento, Santos e Fluminense entraram em campo no Engenhão por objetivos opostos. Fluminense querendo a liderança da competição e o Santos, sem Neymar, buscando se aproximar da zona de classificação da Libertadores, começaram a partida de forma lenta.

Welington Nem faz dois contra o Santos e Fluminense assume a ponta da tabela no brasileirão (Dhavid Normando/Photocamera)

Sem muitas opções, o Flu procurava manter a posse de bola, buscando pressionar o Santos no campo de ataque, na procura da liderança da competição.

E a pressão, ao menos no controle de bola deu resultado. Em uma jogada bem trabalhada no meio de campo do time carioca, Wellington Nem, sozinho, empurrou a bola para o fundo das redes abrindo o placar dentro de casa.

Com o gol, o time da Vila Belmiro acordou, passou a forçar mais as jogada de linha de fundo, dando maiores opções de jogadas para os homens de frente na busca de fazer um gol. E a pressão deu certo.

Depois de boa jogada pela direita, a bola sobrou para o atacante André, que livre de marcação, teve apenas o trabalho de empurrar para o gol, empatando o jogo no Rio.

Com o resultado, a partida ficou mais truncada, com ambas equipes tentando ir para o intervalo sem levar o gol.

Aos 39, depois de uma jogada errada no ataque do Fluminense, o Santos roubou a bola com o lateral Adriano, que partiu em velocidade, mas a finalização saiu errada e a bola acabou sendo facilmente defendida pelo goleiro tricolor.

E como quem não faz toma…. depois de uma bela jogada do Fluminense pela esquerda, Wagner recebeu bom passe de Carlinhos e cruzou para a grande área. Wellington Nem se antecipou a zaga, marcando seu segundo gol na partida e decretando a vitória parcial do Flu no primeiro tempo.

Segunda etapa

A partida começou parecida com o primeiro. Um Fluminense contido, esperando o Santos tomar a iniciativa para contra-atacar e matar a partida nos minutos iniciais e um time visitante, apático, sem criatividade que esperava uma jogada individual para empatar a partida. O jogo ficou mais aberto, muito em função dos erros de passes, deixando o jogo truncado e amarrado no meio campo.

A partida passou a ficar muito presa às duas intermediárias, e Muricy resolveu mexer no time. Primeiro colocou Bernardo, ex-Cruzeiro, no lugar de Éwerton Páscoa. Logo depois, no Fluminense, Wellington Nem sentiu dores na panturrilha esquerda e foi substituído por Rafael Sobis.

Com as alterações, o Santos começou a controlar a partida, sendo mais ofensivo, mas num contra-ataque, Samuel fez um golaço que decidiu o jogo. O centroavante recebeu na entrada da área, pela esquerda, rolou a bola para o meio, e, olhando para o gol, colocou a bola no ângulo esquerdo de Rafael, que só olhou observando a bola entrar para o fundo das redes.

Depois disso, o Tricolor Carioca passou a administrar a partida, sem dar espaços para um Santos que, também esperava pelo final do jogo.

E ficou nisso, mais uma derrota fora de casa, a sétima do Santos, que terá que se remontar para o próximo jogo do campeonato brasileiro, contra o São Paulo, no domingo, agora, dentro de casa. A equipe Santista ocupa apenas a 14º colocação, com 26 pontos. Já o Fluminense, assumiu a liderança da competição com, 47 pontos, ultrapassando o Atlético-MG na tabela.