ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos perde e deixa Cruzeiro mais perto do título

Jogando na Vila Belmiro o peixe não foi pareo para o líder do campeonato e virtual campeão.

Por Vladimir da Costa

O duelo na Vila Belmiro interessava a muitas equipes, só não aos donos da casa, que em posição confortável na tabela, não briga nem para cair, nem por uma vaga na libertadores. Melhor para o Cruzeiro que ficou ainda mais perto do bicampeonato brasileiro. O time mineiro derrotou o Santos por 1 a 0 com gol de Ricardo Goulart, e se isolou ainda mais na liderança do Campeonato Brasileiro.

O Santos, desmotivado, não realizou uma grande apresentação, apesar de boas oportunidades, não soube aproveitar, como em outros jogos e acabou perdendo mais uma.

jogadores da raposa comemoram o gol da vtória contra o Santos. (Foto: Alexandre Schneider / Getty Images)

jogadores da raposa comemoram o gol da vtória contra o Santos. (Foto: Alexandre Schneider / Getty Images)

Com a vitória, o Cruzeiro foi aos 70 pontos, manteve a vantagem contra o São Paulo, de quatro pontos. Mas pode chegar à sete, caso vença o Grêmio fora de casa, na quarta-feira. Já o Santos cai para a nona posição, com 46 pontos, mesmo número do Atlético-PR, que vem logo atrás, mas leva desvantagem no saldo de gols. O Flamengo subiu para o oitavo lugar.

A partida

O Cruzeiro quase marcou um gol olímpico, logo no primeiro minuto, quando Bruno Uvni cedeu escanteio, ao errar passe. Na cobrança, Marquinhos bateu o escanteio e Aranha defendeu. O começo promissor celeste não continuou ao longo da etapa inicial com uma atuação muito ruim.

Jogando em casa, embora sem mostrar muita determinação, o Santos foi quem teve a melhor oportunidade de gol na etapa inicial. Impedido, Gabriel recebeu lançamento de Alison e partiu sozinho no mano a mano com Fábio. O atacante tentou driblar o goleiro, mas não conseguiu concluir para o fundo das redes, acertando o lado de fora do gol. A chance foi a melhor do primeiro tempo, que teve o Santos como a melhor equipe na Vila Belmiro.

o Santos, que mostrou pouco ‘apetite’ em todo o jogo, continuou com 46 pontos e completou sete jogos sem vitória, sendo cinco pelo Brasileirão e duas pela Copa do Brasil, com cinco derrotas e dois empates

Na etapa complementar, o Cruzeiro voltou com Henrique na vaga de Lucas Silvana tentativa de fazer um jogo melhor. O Santos voltou com a mesma formação. O Cruzeiro armou uma boa jogada aos 8 minutos, quando Willian recebeu na entrada da área e ajeitou para a infiltração de Ricardo Goulart que, mesmo marcado por Renato, conseguiu bater cruzado de pé esquerdo, fora do alcance de Aranha. Atrás no placar e sem objetivos no Campeonato Brasileiro, o time paulista se acomodou em campo e não teve forças para reagir e buscar o empate.