ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos perde para o Vasco e só pensa na Copa do Brasil.

Após novo revés no Brasileirão com time reserva, Peixe mira verdão.

Por Paulo Edson Delazari

Nenê fez o seu sexto gol de pênalti na competição. (foto: Gazeta Press)

Nenê fez o seu sexto gol de pênalti na competição. (foto: Gazeta Press)

Jogando em São Januário com time reserva e sob a pressão da torcida vascaína, o Santos foi derrotado pelo Vasco que luta contra o rebaixamento, por 1 a 0 com gol de pênalti de Nenê em lance duvidoso.

O duelo demorou mais de uma hora para começar por conta da forte chuva que deixou o gramado encharcado, os vestiários em São Januário alagaram, mas, no fim, a bola rolou com uma hora de atraso e a vitoria cruzmaltina evitou o rebaixamento neste domingo.

O único gol do jogo foi marcado justamente por Nenê, em um lance polêmico, e saiu nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 43, o camisa 10 foi driblar o goleiro Vanderlei e pulou para evitar ser derrubado. O árbitro Leandro Vuaden marcou pênalti. O próprio meia foi para cobrança e bateu no canto esquerdo do arqueiro santista.

O resultado levou o time carioca aos 40 pontos, ainda na 18ª colocação, mas sonhando com a permanência na primeira divisão. Se não tivesse vencido, o Vasco teria sido rebaixado, já que alcançaria, no máximo, 41 pontos na última rodada, mesma pontuação do primeiro time fora do Z-4, o Avaí, que tem melhor saldo de gols (atualmente -22 a -26).

Para fugir do rebaixamento, o clube alvinegro precisa vencer o Coritiba, fora de casa, no próximo domingo e ainda torcer para que Figueirense e Avaí não vençam.

Já o Santos deu adeus ao sonho de terminar no G-4 e estacionou nos 55 pontos, agora na sétima colocação. A equipe paulista encerra sua participação no Brasileiro contra o Atlético-PR, na Vila Belmiro. Antes disso, porém, o Santos visita o Palmeiras na próxima quarta-feira no segundo jogo da final da Copa do Brasil. A ida terminou 1 a 0 a favor do alvinegro praiano.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 0 SANTOS
Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (JR)
Data: 29 de novembro de 2015, domingo
Horário: 17h (de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS-FIFA)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE-FIFA) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS-CBF-2)

Cartões amarelos: Rafael Silva e Andrezinho (Vasco); Léo Cittadini e Vanderlei (Santos)

Gol: Nenê, aos 45 minutos do primeiro tempo

VASCO: Martín Silva, Madson, Rafael Vaz, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho (Guiñazu), Serginho, Andrezinho (Bruno Gallo) e Nenê; Jorge Henrique e Riascos (Rafael Silva). Técnico: Jorginho

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Werley, Leonardo e Chiquinho; Ledesma (Vitor Bueno), Leandrinho, Léo Cittadini (Lucas Otávio) e Marquinhos (Leandro); Geuvânio e Nilson. Técnico: Dorival Júnior