ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos perde pra uma Ponte Preta iluminada

Ponte Preta joga muito e vence o Santos em casa e se afasta do Z4

Por Vladimir da Costa

Em uma posição confortável na tabela, mas sem nenhuma chance de chegar na Libertadores, o Santos, com Neymar em campo, foi até campinas para pegar a Macaca em partida que valia muito para o time campineiro.

E com uma partida impecável, a Macaca sufocou o Santos o jogo inteiro e saiu com uma merecida vitória. 1 a 0, com gol de Luan. Foram ao menos quatro bolas oportunidades de gol, uma bola na trave e mais de 20 finalizações ao longo do jogo.

O 1 a 0 ficou de bom tamanho para um irreconhecível Santos.

A partida

Dentro de casa com um bom público, a Macaca marcava a saída de bola do Santos e quando tinha ela nos pés, procurava acelerar a jogada para chegar ao gol adversário, mas os passes errados dificultava lances de perigo. O Santos não tinha sossego e com Neymar bem marcado, não conseguia ficar com a bola.

E de tanto pressionar, a Ponte Preta chegou ao seu gol. Depois de uma jogada rápida pela esquerda, a bola foi cruzada na área por João Paulo para Cicinho, que, pegou mal na bola que chegou para Luan. O atacante bem colocado, apenas completou para o gol vazio. Ponte Preta na frente.

Luan fez o gol da vitória da Ponte Preta sobre o Santos (Foto: Agência Estado)

Depois do gol, a situação não mudou e a ponte seguia em cima do Santos. Aos 16 minutos Nikão lançou Roger que, de fora da área, chutou a bola com perigo, assustando o goleiro santista.

O Santos só chegou à área da Ponte aos 23 minutos, Felipe Anderson fez boa jogada de linhas de fundo, mas a bola ficou com o goleiro Edson Bastos.

A Macaca estava com tudo na partida. Bem postada do meio campo, o Santos não via a cor da bola. Até os 30 minutos, ninguém do Santos conseguia ficar com a bola sem que sofresse uma marcação sobre pressão.

De tanto pressionar, a Ponte estava muito mais perto de fazer o segundo do que o Santos de empatar. Aos 28 minutos, Nikão levantou na área para Roger, que ajeitou para Cleber, cabecear no canto direito de Rafael que teve muito trabalho para por a bola para escanteio. Minutos depois foi a vez do camisa dez quase marcar o seu. O meia recebeu dentro da área matou no peito e chutou de voleio. A bola passou rente da trave esquerda de Rafael.

E a bola continuava a dar trabalho para o goleiro santista. Luan lançou Roger, que girou e bateu de primeira. Rafael fez bela defesa de mão trocada, colocando para escanteio.

A Ponte seguiu em cima, mas faltava calma para o último passe. E o primeiro tempo, pra sorte do Santos, acabou sem acréscimo. Um primeiro tempo impecável da Macaca que não ampliou o placar por capricho. Foram 10 finalizações contra nenhuma do Santos.

Segundo tempo

Os 45 minutos finais começou de forma mais lenta, mas ainda com a Ponte Preta melhor. Tanto que logo aos quatro minutos, Luan recebeu no alto, dentro da área e bateu de bicicleta, mas o chute saiu fraco. Rafael no meio do gol fez a defesa.

O Santos melhorou na partida. Passou a ficar mais com a bola, mas não traduzia em gol. Neymar muito apagado e bem marcado, não dava suas tradicionais arrancadas. A Ponte por sua vez, quando chegava, era perigosa.

Aos 15 minutos, novamente Nikão fez belo passe para Roger. O camisa camisa 9 saiu na frente de Rafael e tentou o chute por baixo, mas o goleiro santista ficou com a bola. Minutos depois, a sobrou livre para Luan. O Atacante pegou de voleio com o pé direito. A bola explodiu no travessão.

A ponte continuava muito superior ao Santos, mas começava a desperdiçar boas chances de ampliar o placar e definir a partida.
Aos poucos, o volume de jogo da Ponte diminuía, mas o Santos não conseguia fazer pressão no adversário que seguia vencendo.

E ficou nisso. Um resultado merecido para um time que procurou o gol o tempo inteiro e apesar do placar magro, não deu chances para o Santos durante os 90 minutos e ganhou três importantes pontos para a sequência da competição.

Com a vitória, a Ponte chegou aos 40 pontos, sete a mais que o primeiro time da zona de rebaixamento. Já o Santos, segue com 42, na 11º, duas posições a mais que a Macaca.

Na próxima rodada a Ponte Preta recebe o Cruzeiro, na quinta-feira, às 22h e o Santos recebe o Náutico no mesmo dia é horário, na Vila Belmiro.