ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos segura líder Cruzeiro e empata no Mineirão.

Peixe segura a Raposa e apresenta um futebol onde o destaque foi o goleiro.

Por Renato Melo

Nilton disputa bola com Cicero. (Foto: Lancenet)

Nilton disputa bola com Cicero. (Foto: Lancenet)

Em uma partida muito disputada, Santos e Cruzeiro empataram sem gols neste domingo, no Mineirão. O Peixe sofreu para segurar o time da casa, graças a grande atuação do goleiro Aranha, que fez defesas importantes durante todo o jogo. Agora o Peixe retorna o litoral com um ponto conquistado e enfrenta na próxima quarta-feira o Vasco da Gama, pela decima quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Vamos ver como foi à partida.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou com todo o gás, com o Santos atacando e logo de cara um lance polemico, no primeiro minuto, Henrique recebeu um belo passe de Montillo e caiu dentro da área depois de uma dividida com o do zagueiro cruzeirense, mais o arbitro nada marcou.

No minuto seguinte, mais Peixe, agora pela esquerda, depois de um cruzamento do lateral chileno Mena, Henrique cabeceou no canto para grande defesa do goleiro Fabio. Aos sete minutos, Arouca sentiu uma lesão e foi substituído por Alan Santos.

O Cruzeiro deu o seu primeiro susto a meta do Santos aos 17 minutos, após falta cobrada por Sousa, Aranha defendeu sem problemas. O time da casa acordou e chegou a balançar as redes, aos 27 minutos, com Vinicius Araújo, mais o bandeira deu impedimento do atacante cruzeirense.

Aos 30 minutos, Cicero avançou sem marcação, arriscou um chute de fora da área mais Fabio defendeu que ligou um contra ataque com Egídio, que foi a linha de fundo cruzando a bola rasteira mais Aranha defendeu, afastando o perigo do gol santista.

O jogo ficou pegado no meio de campo, aos 40 minutos, depois de uma falta em cima de Luan, o volante do Santos Alisson recebeu cartão amarelo, depois da cobrança, mais um gol anulado do Cruzeiro, Egídio cobrou falta para a área, Ricardo Goulart desviou para as redes, mais estava em impedimento. Aos 44 minutos, depois de boa jogada de Martinuccio, Edu Dracena mandou a bola para escanteio, na sequencia, o goleiro Aranha afastou a bola e o arbitro termina o primeiro tempo aos 45 minutos, sem acréscimo, o primeiro tempo terminou empatado em 0 a 0.

SEGUNDO TEMPO

Neilton tenta sair da marcação. (Foto: G1)

Neilton tenta sair da marcação. (Foto: G1)

O segundo tempo começou com o Cruzeiro indo pra cima do Santos. Escanteio pra área Peixe, Bruno Rodrigo subiu mais que a zaga e cabeceou com perigo no gol de Aranha, aos 2 minutos, Ricardo Goulart perdeu um gol feito, depois de um cruzamento perfeito, o atacante chutou por cima do gol santista.

A Raposa pressionava e aos 6 minutos, Martinuccio chutou na entrada da área, a bola bate no braço de Henrique, mais o arbitro mandou seguir, o jogador cruzeirense reclamou e levou o cartão amarelo.

Aos 9 minutos, quase gol, do Santos, linda jogada de Montillo pela direita, o meia passou por Egídio e cruzou para Neilton, mais a zaga do Cruzeiro isolou a bola.

O Cruzeiro fez uma mudança no ataque, o ex-santista Borges entrou no lugar de Vinicius Araújo, e aos 17 minutos, dominou a bola na grande área e chutou mais Aranha defendeu.

Após uma bela arrancada de Luan, o zagueiro Edu Dracena parou o atacante com falta, levando um cartão amarelo. Na sequencia, aos 22 minutos, depois de um escanteio cobrado para a área santista o zagueiro tirou de cabeça, afastando o perigo.

A partida melhorou muito na segunda etapa.

Aos 29 minutos, o Peixe também mudou o ataque, com a entrada de Thiago Ribeiro no lugar de Neilton.

Incrível, aos 31 minutos, o Cruzeiro perdeu um gol com Goulart, Borges ajeitou de cabeça, o atacante entrou novamente sozinho da área santista e chutou devagar, facilitando a defesa de Aranha.

Aos 35 minutos, depois do escanteio tirado pela defesa santista, Élber pegou o rebote e chutou de fora da área, a bola passou perto da meta do Santos.

O time do Santos tirava todas as bolas do Cruzeiro, principalmente pelo alto com Edu Dracena.

O time da Toca da Raposa pressionava no final de jogo, o arbitro deu 5 minutos de acréscimo, para desespero dos santistas. Aos 46 minutos, o goleiro Aranha salvou o Santos, depois de uma bela cobrança de falta de Lucca, Aranha espalma para escanteio.

Terminou a partida, 0 a 0, o Santos conseguiu segurar a pressão cruzeirense e volta para São Paulo com um ponto, ficando na decima quarta posição, enquanto o Cruzeiro mantem a liderança com 25 pontos, ao lado do Botafogo.

Depois do revés diante o Barcelona, o Santos volta para o Brasil, tentando recuperar suas forças para o Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, recebendo o Náutico na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 X 0 SANTOS

 

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data/hora: 11/8/2013 – às 16h

 

Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)

Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)

 

Cartões amarelos: Martinuccio, Vinícius Araújo (CRU); Alison, Edu Dracena, Mena, Thiago Ribeiro, Leandrinho (SAN)

 

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Nilton, Souza, Ricardo Goulart e Martinuccio (Élber – 15’/2ºT); Luan (Lucca – 27’/2ºT) e Vinícius Araújo (Borges – 15’/2ºT).Técnico: Marcelo Oliveira.

 

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Mena; Arouca (Alan Santos – 7’/1ºT), Alison (Leandrinho – 16’/2ºT), Cícero e Montillo; Neilton (Thiago Ribeiro – 29’/2ºT) e Henrique.Técnico: Claudinei Oliveira.