ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos vence Fluminense que se complica na tabela

Sem brigar por mais nada, Thiago Ribeiro marcou e peixe bateu o desesperado Fluminense no Prudentão.

Por Vladimir da Costa

Numa partida morna, onde quem precisava mais da vitória, pouco se importava com ela, venceu o time com melhor qualidade técnica e disposição ofensiva.

O Santos mandou quase que inteiramente no jogo, mesmo sem pressionar o adversário, criou as melhores chances de gol e acabou fazendo o resultado favorável com Thiago Ribeiro no segundo tempo.

Sem título

Montillo disputa a bola com Rhayner. (Foto: Nelson Perez / Site Oficial do Fluminense)

Com a vitória em Presidente Prudente, o Santos foi a 51 pontos, subindo para a oitava colocação. Já o Fluminense permanece com 42, podendo voltar para a zona de rebaixamento, dependendo do complemento da rodada.

 A partida

Sem almejar mais nada no campeonato brasileiro, Santos começou a partida em cima do desesperado Fluminense. Com mais tranquilidade o time da Vila Belmiro quase chegou ao seu gol aos cinco minutos de jogo. Alison aproveitou uma bola que sobrou na área e finalizou no canto direito. Diego Cavalieri fez ótima defesa, a bola ainda bateu na trave antes de sair salvando o Flu de levar o primeiro.

O Santos seguia melhor, mais solto e pressionando a saída de bola da equipe carioca. Cavalieri começava a ser o destaque do jogo com duas defesas logo nos primeiros minutos.

Com o passar do tempo o Fluminense ia se soltando e melhorava na partida. Melhorou a marcação em seu meio de campo e aos poucos tentava chegar perto da área santista, principalmente nas bolas paradas. O Santos parou de jogar pelas pontas, Cicinho e Mena subiam pouco e com isso não chegava com perigo ao gol adversário.

No final do primeiro tempo a partida ficou disputada no meio campo, com muitos passes errados. O Fluminense tinha muita dificuldade de avançar. Quase não finalizava, diferente do Santos, que criava boas chances de gol, mas faltava o último passe para o arremate.

Geovânio disputa a bola com Digão

Geovânio disputa a bola com Digão em vitória do Peixe em Presidente Prudente (Foto: Celio Messias)

O segundo tempo começou com um Fluminense mais organizado, porém, quase inofensivo. Dorival Junior tirou o atacante Samuel e colocou o volante Valencia. Com isso, os meias da equipe conseguiam manter mais a posse de bola no campo de ataque.

O Santos por sua vez era mais consistente e perigoso quando chegava ao ataque. Com Montillo abastecendo o ataque, o alvinegro conseguia criar mais.

E a qualidade técnica conseguiu vantagem sobre um time apático. Aos 19 minutos o Santos conseguiu chegar ao seu gol. Depois de bela troca de passes do ataque, a bola chegou em Arouca que foi à linha de fundo e tocou para Thiago Ribeiro empurrar para as redes e fazer Santos 1 a 0.

Depois do gol sofrido o Fluminense fez as duas alterações que podia, Dorival tentou deixar o time mais ofensivo, mas o Fluminense, mesmo na situação critica que se encontra, parecia sem forças para jogar.

Com a vantagem no placar, o Santos que não pressionava muito, ficou ainda mais lento na partida, tocando de lado, esperando a partida terminar. Com isso o Fluminense passou a ficar mais com a bola, mas não conseguia produzir jogadas de ataque.

Aos 35 minutos, o Santos chegou novamente com perigo e por muito pouco não ampliou o placar. Dentro da área, Cicero fez boa jogada passando por dois adversários e bateu firme, a bola explodiu na trave direita de Diego Cavalieri.

Assim como toda a partida, o Santos dominou as ações durante toda a partida e não sofreu para vencer um apático Fluminense. No próximo sábado o Fluminense recebe o Atlético-MG no Maracanã, às 19h30. Já o Santos volta a campo no mesmo horário, no domingo, contra o Atlético-PR.