ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos vence Palmeiras nos Penais e vai as semifinais.

Durante a partida empate em 1 a 1, nos penais melhor para o Santos que venceu por 4×2.

Por Paulo Edson Delazari

Neymar comemora primeiro gol com Cícero. ( Foto: Luis Fernando Menezes / UOL)

Jogando na Vila Belmiro pelas quartas de final do campeonato Paulista, para 14.172 espectadores, os times de Santos e Palmeiras fizeram um jogo digno de decisão, durante o tempo normal a partida terminou em 1 a 1 e levou a decisão para os penais. Melhor para o Santos  que venceu por 4 a 2 e conquistou a vaga para as semifinais da competição.

O destaque do jogo foi o goleiro Bruno que parou o ataque santista, especialmente o atacante Neymar, que por três vezes esteve cara a cara com o goleiro e foi impedido de balançar a rede. O arqueiro substituía o goleiro Fernando Prass que durante o último jogo contundiu a clavícula e estará afastado por pelo menos um mês.

Com a vitória o Santos mantém o sonho do tetracampeonato e agora aguarda o vencedor de Mogi Mirim e Botafogo que jogarão às 18h30m deste sábado. Já o Palmeiras agora concentra suas forças na Libertadores quando enfrentará o Tijuana do México na próxima terça-feira as 22h00.

O Jogo

Renê Junior disputa bola com Wesley no meio campo. (Foto: Fernando l. Menezes / Uol)

Três minutos foram suficientes para mostrar como seria disputada a partida na Vila Belmiro, logo aos nove minutos Vinícius fez boa jogada pela direita e tabelou com Kleber, na sequencia cruzou forte e Leandro desviou, a bola passou raspando a trave esquerda do goleiro Rafael que nada poderia fazer. Um minuto depois veio a resposta Neymar cruzou da esquerda e Arouca cabeceou, Bruno estava sendo encobrido, mas voltou a tempo e defendeu para escanteio, na cobrança aos 11 minutos a bola sobrou do lado esquerdo da área nos pés de Neymar, o atacante que era dúvida bateu cruzado e Cicero só desviou de pé direito para o fundo do gol. Santos 1×0.

O Santos permanecia atacando e aos 14 minutos quase ampliou, Neymar partiu para cima da zaga palmeirense e deixou dois marcadores pra trás, cruzou forte e o lateral Airton tirou providencialmente, evitando o gol de Andre que chegava por trás da zaga.

O time da Vila seguia pressionando, aos 29 minutos Montillo lançou para Neymar na entrada da área, o atacnte disputou bola com Henrique que chutou contra a meta fazendo gol contra, porém não foi validado, pois o arbitro apitou falta de Neymar no zagueiro.

Só dava Santos, num bate rebate no atacaque santista a bola sobrou para Edu Dracena, o defensor matou no peito e chutou forte de pé direito, de fora da área, a bola saiu forte e com endereço, Bruno fez linda defesa e a bola ainda bateu no travessão.

Etapa Complementar

Diferente do primeiro tempo onde o Santos foi dominante a partida ficou muito brigada, o Palmeiras avançou suas linhas defensivas e pressionou a equipe santista no ataque, desta forma a primeira chance só apareceu aos 11 minutos quando Cícero lançou para Montillo impedido, o argentino fez que ia e não foi e Cícero saiu de trás para sair de frente com o gol, o meia foi solidário e rolou para Neymar sozinho, o atacante chutou de primeira e Bruno fez uma defesa linda. Contudo, apesar da arbitragem não dar o impedimento, a jogada era irregular e por pouco o Santos não ampliou o placar.

A resposta alviverde saiu dois minutos depois Wesley de bom passe para Leandro que saiu de frente com Rafael, mas o atacante palmeirense desperdiçou uma grande chance, pois permitiu a chegada de Léo que afastou para escanteio.

Aos 20 minutos o Palmeiras teve uma nova oportunidade, o veloz Vinicius avançou da meia direita e chutou forte a bola passou raspando a trave esquerda de Rafael, que pulou e nada achou.

Acuado o Peixe teve uma grande chance após belo lançamento de Cícero para Neymar, o artilheiro santista ficou de cara com Bruno e tentou um toque por cima do goleiro, a bola passou sobre a trave e por pouco a bola não entrou.

Lance incrível, aos 34 minutos Montillo lançou para Neymar, cara a cara com Bruno o atacante chutou no canto esquerdo e Bruno defendeu com pé, na sobra Miralles pegou sem goleiro e chutou, Mauricio Ramos tirou em cima da linha.

O velho ditado prevaleceu, o famoso quem não faz toma. Aos 39 minutos em boa jogada de Leandro pelo lado direito, o atacante tocou para Souza, o meia driblou o lateral santista e cruzou na medida para Kleber dar de cabeça, sem chance para Rafael, gol alviverde. Santos 1 x1 Palmeiras.

A última chance da partida foi de Neymar que aos 48 minutos saiu da esquerda para a direita e bateu de fora da área, para mais uma defesa de Bruno no meio do gol.

Penais

Os batedores do penais pelo lado do Palmeiras foram: Kleber, Souza, Wesley, e Leandro, já pelo Santos foram Miralles, Cícero, Montillo, Renê Junior e Neymar.

O primeiro a bater foi Kleber para o Palmeiras o atacante bateu no meio do gol e Rafael defendeu com os pés. Palmeiras 0x0.

O primeiro a bater para o Santos foi Miralles, argentino bateu forte no meio e saiu na frente. Santos 1×0

Souza tinha a incumbência de manter o Palmeiras na partida e foi o que fez, bola num canto e goleiro do outro. Santos 1×1.

Cícero foi o segundo batedor do Peixe e colocou a equipe na frente, Bruno quase pegou do ladso esq. Santos 2×1

Wesley ex-Santos foi o terceiro a bater e deixou tudo igual, sem chance para Rafael. Santos 2×2.

Montillo foi o terceiro a bater e colocou o Santos na frente, bola de um lado goleiro do outro. Santos 3×2.

Leandro  bateu do lado esquerdo e viu Rafael defender de ponta de dedo. Santos 3×2

Renê Junior  foi calmamente para a bola e deu números finais a partida. Santos 4 x2 Palmeiras. Santos classificado para as semifinais do Paulistão 2013.