ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Santos vence São Paulo no Morumbi.

Tricolor domina a partida, ataca e falha nas finalizações, perdendo para o Peixe.

Por Paulo Edson Delazari
df3c1d5ca0ed969783b18037fb6217fa36cf7181

Cícero ex-São Paulo fez o segundo do Santos. (Foto: Reprodução)

Após demitir o técnico Ney Franco na sexta feira, o São Paulo recebeu o Santos no Morumbi pela sexta rodada do campeonato brasileiro, comandado pelo eterno interino Milton Cruz, a equipe tricolor buscou a vitória o tempo todo, mas a falha nas finalizações e a péssima apresentação de Rodholfo que substituía Toloi custaram caro ao Tricolor. Com duas bolas cruzadas o Peixe venceu a partida por 2×0 com gols de Giva e Cicero

Antes do jogo torcedores tricolores compareceram ao portão 1 do estádio e protestaram contra o Presidente do clube Juvenal Juvêncio e pediam a volta de Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro com o time nos anos de 2006,07 e 08. Jogadores como Juan e Douglas também não foram poupados da critica e também foram lembrados pela torcida.

A partida apresentava muitas caras novas pelo lado do Santos com o comando do técnico Claudinei Oliveira que veio das divisões de base do Peixe e como tal usou alguns jogadores desta base como leandrinho e Neilton, mas foi do banco que o jovem Giva apareceu para começar a dar a vitória do Santos. Outra peça importante foi o veterano goleiro Aranha que substituia o goleiro Rafael, que praticamente está acertado com o Napoli da Itália. O goleirão santista foi fundamental em dois momentos cruciais quando ainda a partida estava 0 a 0, uma na cabeçada de Lucio e outra em chute de Luis Fabiano, ambas a queima roupa.

Com a derrota o São Paulo manteve 11 pontos, caindo para a 9ª colocação e volta a jogar na quarta-feira às 19h no Morumbi contra o Bahia antecipando a 11ª rodada do brasileiro, pois no fim do mês viaja para disputar a Copa Audi contra Bayern de Munique, Manchester City e Milan. Já o Santos com a vitória escapa da zona de rebaixamento e vai aos 8 pontos, ocupando a 8ª colocação. Agora o Peixe enfrenta o na próxima quarta o Crac da Alagoas pela Copa do Brasil às 21h50m na Vila Belmiro.

O jogo

Luis Fabiano recebe de Jadson e na finalização Aranha defende. (Foto: Uol)

Luis Fabiano recebe de Jadson e na finalização Aranha defende. (Foto: Uol)

São Paulo e Santos não vivem bom momento no brasileiro, a necessidade de vitória fez com que as equipes avançassem suas linhas de frente e propiciaram muitos lances ofensivos, desta forma o Santos teve a primeira oportunidade logo aos quatro minutos, Neílton deu belo passe para Leandrinho na cara do gol. Ele tentou encobrir o goleiro Rogério Ceni e mandou para fora.

No minuto seguinte o São Paulo respondeu rápido. Osvaldo sai na cara do gol, driblou o goleiro Aranha e tocou no meio para Luis Fabiano completar. A defesa do Santos travou na hora do chute e tirou para escanteio.Após cobrança de escanteio, Lucio subiu mais que a zaga adversária e cabeceou firme. Aranha fez boa defesa.

O Tricolor começava a mandar na partida e aos 16 minutos Osvaldo recebeu bom passe de Jadson, na sequência o atacante driblou o goleiro Aranha e cruzou para Luis Fabiano, Gustavo travou na hora certa e evitou o primeiro gol da partida.

A partida seguiu muito disputada, mas uma chance clara só surgiu vinte minutos depois, Jadson achou Luis Fabiano na entrada da grande área, o artilheiro tricolor dominou e bateu em diagonal, mas o goleiro Aranha nome do jogo impediu o gol com uma bela defesa. O São Paulo até chegou a balançar a rede aos 45 minutos, Rogério Ceni cruzou a falta na entrada da área Lucio em condição de impedimento chutou para as redes, mas o assistente corretamente anulou o gol.

Etapa Complementar

Jogadores do Santos comemoram gol de Giva que acabara de entrar no lugar de Willian José. (Foto: Uol)

Jogadores do Santos comemoram gol de Giva que acabara de entrar no lugar de Willian José. (Foto: Uol)

Incrível o gol que perdeu Jadson aos oito minutos, Lucio fez jogada de craque no meio campo aplicando duas toquinhas no adversário santistas, na sequência arrancou tocou para Luis Fabiano e recebeu de volta, no retorno tocou para Jadson, o meia levou o zagueiro Durval ficou frente a frente com Aranha escolheu o canto e chutou pra fora, raspando o poste esquerdo.

Gol do Peixe! O técnico Claudinei Oliveira notou a ineficiência de Willian José e colocou o garoto Giva no lugar do atacante aos 11 minutos, um minuto depois o garoto mostrou a que veio e após cruzameto de Montillo se antecipou ao zagueiro Rodhofo e cabeceou pra baixo no contrapé de Rogério Ceni, num famoso quem não faz toma. Santos 1 x 0.

Com o gol sofrido o técnico Milton Cruz mexeu no time sacando Ganso e Denilson e colocando Aloísio e Maicon, a equipe seguiu buscando o ataque, mas não finalizava com competência.

O Santos seguia seu jogo se defendendo bastante e explorando o lado esquerdo de campo, numa dessas, aos 38 minutos, em cruzamento de Durval, a bola encontrou Cícero que subiu sozinho e testou pra baixo fazendo Santos 2×0.

 

Ficha Técnica

São Paulo 0 x 2 Santos

Estádio: Morumbi

Dia: 07/07/2013 – Horário: 16h

Árbitro: Rafael Klaus

Cartões amarelos: Denilson (SPO)

Gols: Giva (11`), Cicero (38)

Público: 11.819 pagantes

Escalações:

São Paulo: Rogério Ceni, Rodrigo Caio, Lucio, Rhodolfo e Juan; Wellington, Denilson, Ganso e Jadson; Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico Milton Cruz

Santos: Aranha, Galhardo, Gustavo Henrique, Durval e Léo; Arouca, Leandrinho, Cícero e Montillo; Neilton e William José. Técnico: Claudinei Oliveira