ÚLTIMAS NOTÍCIAS
São Paulo definido para o clássico de domingo.

Ney Franco fecha treino, mas divulga escalação, não será um brefê?

 Por Paulo Edson Delazari

Ney Franco comandando o coletivo de hoje. (Foto: Luiz Pires/Vipcomm)

Pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, no clássico de domingo, contra o Corinthians, no estádio do Pacaembu, o técnico do São Paulo, Ney Franco, inovou nesta sexta-feira. Ele comandou um treino fechado de duas horas no CT da Barra Funda e, na entrevista coletiva, revelou o time que irá a campo.

Nessa partida,. Entrará em ação o 4-4-2 com a seguinte escalação: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Douglas; Paulo Assunção, Denilson, Maicon e Jadson; Lucas e Luis Fabiano, o esquema 3-5-2 não será usado. Após divulgar o time, o treinador explicou a razão da mudança da formação tática.

“- O Corinthians joga sem um homem de referência na área e vem muito forte de trás com pelo menos quatro jogadores, que são Douglas, Danilo, Romarinho e Emerson. Não teria sentido usar um terceiro zagueiro para fazer a sobra porque faria a nossa equipe perder o meio-campo. Por isso, a alteração” – afirmou o treinador.

Com os retornos confirmados de Douglas e Luis Fabiano, recuperados, Cortez, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, será o único desfalque, no seu lugar joga Douglas e assim Ney Franco mantém Paulo Miranda jogando pelo lado direito da defesa, já que a estratégia vem dando certo. O técnico tentou explicar sua descisão.

“- Eu não fechei o treino para esconder a escalação. Foi apenas para ter privacidade e trabalhar determinados posicionamentos que serão importantes no clássico de domingo. Precisamos estar muito bem ajustados para o clássico. Será preciso saber quando realizar marcação pressão, quando recuar a marcação, quando valorizar a posse de bola, quando atacar. Será um grande jogo e temos todas as chances de vencer”. – afirmou o comandante.

Com relação ao deslocamento de Douglas para lateral esquerda no lugar de Cortês o comandante tricolor, recorreu aos tempos do lateral no Goiás.

“- Ele tem facilidade para bater com as duas pernas e já disputou várias partidas pelo Goiás nessa posição. Não teremos problemas” – finalizou.

Contudo haverá um outro treino fechado no sábado e se o técnico estiver brefando e resolver jogar no 3-5-2, muito provavelmente saque Jadson e coloque Cícero jogando de lateral esquerdo deixando o time com três zagueiros, que seriam Paulo Miranda, Rafael Toloi e Rhodolfo e Douglas na lateral direita. Com os dois volantes Denilson e Paulo Assunção os laterais estariam liberadops para apoiar o ataque.

O elenco fará um último treino antes do clássico na manhã deste sábado, no CT da Barra Funda, sem a presença dos jornalistas. Logo depois, os atletas relacionados já iniciarão concentração para o duelo de domingo, que terá início às 16 horas.