ÚLTIMAS NOTÍCIAS
São Paulo derrota o Náutico, mas segue no Z4

Tricolor supera rival na luta contra o descenso e já pode sair da zona de rebaixamento na próxima rodada.

Por Anderson Marinho
Ganso tenta se livrar da marcação alvirrubra. Foto: W Correia Neto / Gazeta Press

Ganso tenta se livrar da marcação alvirrubra. Foto: W Correia Neto / Gazeta Press

Jogando na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na região metropolitana do Recife, Náutico e São Paulo protagonizaram um verdadeiro duelo dos desesperados na luta contra o rebaixamento, em partida remarcada da décima rodada do Campeonato Brasileiro 2013. Em campo o tricolor não repetiu a boa atuação das duas últimas rodadas, teve um gol mal anulado e jogando com um homem a menos por mais de trinta minutos na segunda etapa, superou o lanterna da competição por 1 a 0 com gol marcado por Aloísio.

Com o resultado o São Paulo chegou aos 18 pontos, ainda na zona de rebaixamento, na décima sétima colocação. Já o alvirrubro permanece com apenas oito pontos em último lugar.

O jogo

Jogando em casa e pressionado pela situação do time na tabela o Náutico tomou a iniciativa nos minutos iniciais da partida e chegou a levar perigo à meta defendida por Rogério Ceni. Aos 12 minutos o meia Tiago Real tabelou com Diego Morales, invadiu a área, e bateu forte, obrigado o arqueiro tricolor a fazer uma grande defesa.  No lance seguinte William Alves arrematou com perigo no canto esquerdo do camisa um que evitou mais uma vez o gol.

Preso na marcação dos volantes alvirrubros o São Paulo pouco criava e a bola praticamente não chegou ao centroavante Luis Fabiano. A primeira chance do tricolor só veio aos 22 minutos, em chute de longa distância de Reinaldo que saiu pela linha de fundo.

Quando a bola finalmente chegou à Luis Fabiano, aos 37 minutos,  o camisa nove tocou por cobertura, encobrindo Ricardo Berna, mas a arbitragem assinalou impedimento anulando o gol.

Etapa complementar

Insatisfeito com o rendimento de sua equipe o técnico Paulo Autuori promoveu duas substituições na volta do intervalo, sacando Osvaldo e Lucas Evangelista para as entradas de Negueba e Aloísio, buscando dar mais velocidade a equipe. Pelo Timbu, Jorginho colocou o atacante Rogério na vaga de Diego Morales.

Assim como na etapa inicial o Náutico teve a primeira oportunidade para abrir o placar, aos 14 minutos, após lançamento de Martinez, Rogério invadiu a área com liberdade, mas pegou mal na bola na hora da finalização e desperdiçou a chance.

Um minuto depois, Rogério partiu com liberdade e quando invadia a área foi derrubado pelo zagueiro Antonio Carlos. O árbitro Leandro Pedro Vuaden entendeu que havia chance clara de gol e expulsou o zagueiro tricolor.

Martinez e Rodrigo Caio disputam bola na Arena Pernambuco. Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Martinez e Rodrigo Caio disputam bola na Arena Pernambuco. Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press

Com um homem a menos, Paulo Autuori recuou Rodrigo Caio para a zaga e o tricolor ainda viu Rogério desperdiçar pelo menos mais duas chances à favor do timbu.

Apesar da desvantagem numérica o São Paulo foi mais eficiente quando chegou ao ataque. Aos 27 minutos, Negueba fez grande jogada individual e arriscou o chute cruzado para boa defesa de Ricardo Berna.

Na jogada seguinte, Reinaldo, em mias uma boa jornada, avançou à linha de fundo e cruzou na pequena área para Aloísio, livre, desviar de perna esquerda e abrir a contagem.

O Náutico quase chegou ao empate no lance seguinte, em cabeçada do uruguaio Oliveira que acertou a trave esquerda de Rogério Ceni.

O Timbu partiu para a pressão nos últimos 15 minutos, mas faltava qualidade, a equipe insistia nos chuveirinhos e o São Paulo, mesmo com um a menos, conseguiu segurar o resultado positivo fora de casa.

O São Paulo volta à campo agora na próxima quinta-feira, às 21h00, para encarar o Criciúma no estádio do Morumbi. Já o Náutico recebe o Vasco da Gama, no mesmo dia e horário, na Arena Pernambuco.

FICHA TÉCNICA:
NÁUTICO 0 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena Pernambuco, em Recife (PE)
Data/Hora: 3/8/2013, às 21h
Árbitro: Leandro Vuaden (Fifa-RS)
Cartões amarelos: William Alves (NAU); Reinaldo, Maicon (SPO)
Cartão vermelho: Antônio Carlos (SPO)
Gol: Aloisio, 28’/2ºT (0-1)

NÁUTICO: Ricardo Berna; Auremir, William Alves, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez, Hélder (Derley, 14’/2ºT), Tiago Real (Jones Carioca, 24’/2ºT) e Morales (Rogério, intervalo); Olivera. Técnico: Jorginho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Antônio Carlos e Reinaldo; Rodrigo Caio, Wellington, Ganso (Maicon, 19’/2ºT) e Lucas Evangelista (Negueba, intervalo); Luís Fabiano e Osvaldo (Aloísio, intervalo). Técnico: Paulo Autuori.