ÚLTIMAS NOTÍCIAS
São Paulo perde a chance de encostar nos líderes

Zaga tricolor da bobeira novamente e entrega jogo ao Bahia

Por Paulo Edson Delazari

Lucas apagado disputa bola contra a marcação (Foto: Gazeta Press)

Mas uma vez o zagueiro Rhodolfo entrega o ouro num passe errado no meio da zaga e o São Paulo perde a chance de encostar nos líderes. Bahia se aproveita e ganha do tricolor paulista por 1×0.

No jogo contra o Corinthians a zaga já havia entregado pelo menos três bolas ao adversário na área de defesa, sofrendo um gol e hoje em Pituaçu a zaga são paulina entregou de novo, só que desta vez custou caro, pois o time paulista não conseguiu reagir e perdeu o jogo e a chance de encostar nos líderes, porque o Fluminense e Grêmio empataram ontem e o Atlético MG perdeu.

O São Paulo que entrou em campo hoje não foi nem de perto aquele que fulminou o Botafogo no meio de semana, sem o atacante Luis Fabiano em campo, o tricolor parece ter perdido a alma. O vacilo custou caro e agora o São Paulo se mantém em 5º com 34 pontos e o Bahia se afasta ainda mais do Z4, com 23 pontos.

Agora, os nordestinos têm a oportunidade de embalar às 19h30 (de Brasília) de quarta-feira, embora recebe o líder Atlético-MG. O São Paulo busca a recuperação no mesmo dia, às 22h, diante do Internacional, no Morumbi, em confronto direto para chegar à Libertadores na próxima temporada.

O Jogo

O jogo se configurou como se esperava, o São Paulo tentando a vitória para não se desprender da briga pelo G4 e o Bahia tentando um contrataque que lhe desse a vitória para escapar mais do Z4, porém o time baiano só chegava nas bolas paradas buscando a cabeça de Souza, mas sem sucesso.

Com a falta de Luis Fabiano suspenso o técnico Ney Franco colou o meia Cícero para não perder a característica de como o time vinha jogando, em principio deu certo com relação as finalizações, pois as melhores chances passaram pelos pés do meia que jogava de atacante improvisado.

Logo aos 4 minutos Cícero recebeu na intermediária e arrancou batendo em cima de Marcelo Lomba que defendeu no susto. Não demorou muito e Cícero recebeu novamente só que do lado de fora da área, batendo forte a meia altura o goleirão Lomba se esticou e tocou na bola que passou raspando a trave direita da meta baiana.

A partida seguia muito disputada no meio campo, numa destas disputas aos 27 minutos os jogadores baianos Tite e Juanderson se atrapalharam, Jadson pegou a bola e frente a frente com Marcelo Lomba chutou forte para defesa do goleiro. Três minutos depois Lucas com uma arrancada contra a defesa do Bahia foi levando e trombando a bola ficou no seu pé direito e ele arrematou, passando do lado esquerdo da meta baiana.

O Bahia só chegou num chute de Longa distância de Tite aos 45 minutos mas a bola saiu fraca para fácil defesa de Rogério Ceni. Ao fim da primeira etapa saiu barato para o Bahia o resultado em Pituaçu

2º tempo

Os times voltaram como estavam seu alteração e sem alterar se modo de jogar o São Paulo peresistia em busca da vitória, aos 14 minutos Denilson cruzou da esquerda e Jadson recebeu o meia bateu cruzado, mas a bola foi pra fora. O Bahia resolveu reagir e Helder deu um tiro de longe que Rogério defendeu com o peito, na sequência da Jogada a grande chance do São Paulo, Osvaldo pegou o rebote e arrancou pra cima dos marcadores, Jadson e Cícero se desprenderam da marcação e o atacante cruzou pra Jadson que ficou esperando a bola chegar enquanto Marcelo Lomba se antecipava para pegar, chance de ouro disperdiçada.

Como a velha máxima diz: “quem não faz, toma”, não deu outra, mas uma vez Rhodolfo saiu mal com a bola e deu passe no meio da zaga Gabriel pegou e partiu pra cima de Cicero e de fora de frente para o gol chutou preciso, no canto esquerdo de Rogério Ceni sem chance para o goleiro.

Aos trinta em bola cruzada para Souza o atacante cabeceou a queima roura para uma espetacular defesa de Rogério Ceni. Daí em diante o que se viu foi um São Paulo sem referência de ataque, sentindo a ausência de Luis Fabiano e um Lucas apagado na partida, somado a um Bahia bem fechado, final Bahia 1×0.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 2 de setembro de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Público: 25.945 pagantes
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Janette Arcanjo (Fifa-MG) e Fabiano Ramires (ES)
Cartões amarelos: Neto, Fahel, Jussandro e Jones (Bahia); Rafael Toloi, Paulo Assunção, Cortez, Lucas e Wellington (São Paulo)
Gol:
BAHIA: Gabriel, aos 25 minutos do segundo tempo

BAHIA: Marcelo Lomba; Neto, Titi, Danny Morais e Jussandro; Fahel (Fabinho), Diones, Hélder e Zé Roberto (Jones); Gabriel (Mancini) e Souza
Técnico: Jorginho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez (Ademilson); Paulo Assunção, Denilson (Wellington), Maicon (Osvaldo) e Jadson; Lucas e Cícero
Técnico: Ney Franco