ÚLTIMAS NOTÍCIAS
São Paulo repete formação de forma inédita e vence Bragantino.

Enfim Ney Franco repetiu a formação no campeonato paulista e manteve Ganso como titular.

Por Paulo Edson Delazari

Walyson saiu jogando e teve boa partição na partida. (Foto: Fernado Donasi)

Pela primeira vez neste campeonato Paulista Ney Franco repetiu o time, com Ganso e Jadson no Morumbi  contra o Bragantino a equipe se portou bem e fez uma bela partida, como a muito não se via, pior para o Bragantino que perdeu por 2×0, Graças ao goleiro Rafael Defende.

Com maior posse de bola e um toque envolvente o São Paulo com Ganso e Jadson envolveu o adversário e dominou a partida, exceção aos quinze primeiros minutos em que o time de Bragança Paulista teve duas boas chances de gol. O resultado só não foi maior para o tricolor, pois o goleiro Rafael defende fez excelentes defensas em bolas praticamente indefensáveis.

O São Paulo segue em primeiro lugar no campeonato Paulista agora com 32 pontos e volta a jogar contra o Paulista em Jundiai às 22h, enquanto o Bragantino ficou 18 pontos em 10º lugar e receberá o Ituano em Bragança às 19h30m na próxima rodada. (Confira a tabela).

O jogo

Ganso e Luis FAbiano comemoram o primeiro gol do São Paulo na partida. (Foto: Rubens Chiri/ saopaulonet)

O primeiro lance de perigo na partida saiu em bela cabeçada de Léo Jaime aos quatro minutos, após cruzamento de falta pelo lado esquerdo, a bola passou raspando a trave esquerda do arqueiro tricolor.

Mais um lance de perigo, desta vez aos 13 minutos, meio sem querer Diego Macedo cruzou a bola pelo lado direito, ela pegou um efeito e forçou Rogério a Fazer uma defesa para escanteio.

Demorou para o São Paulo chegar ao ataque, mas quando chegou aos 30 minutos, foi letal. Luis Fabiano deu belo passe para Walyson, o atacante cruzou para Ganso que faria o gol, mas o volante Preto tentou interceptar e fez gol contra. São Paulo 1×0.

O time tricolor se empolgou e dois minutos depois Carleto ariscou de fora da área, a bola desviou na zaga, Rafael Defende caiu no chão e a bola passou raspando a trave direita do goleiro.

Aos 43 minutos uma aula de contrataque da equipe tricolor, Toloi chutou pra frente Luis Fabiano dominou e tocou para Walyson, o atacante virou o jogo para Jadson que enfiou para Luis Fabiano bater de primeira de canhota, forte sem chance para o goleiro. São Paulo 2×0.

Etapa Complementar

Rafael Defende justifica o nome logo aos três minutos, Carleto toma bola na ponta esquerda e cruza na medida para Luis Fabiano, o artilheiro tricolor cabeceia como manda a cartilha para chão, a bola vai ao gol e Rafael faz espetacular defesa e a bola ainda bate na trave.

A resposta do time de Bragança veio logo aos seis minutos preto recebeu da intermediária e encheu o pé a bola bateu  no travessão e saiu.

Aos dez minutos novo ataque do São Paulo, Luis Fabiano deu lindo passe para Ganso, o meia recebeu frente a frente com o goleiro e como um garçom serviu Carleto o lateral chutou para linda defesa de Rafael Defende novamente.

Aos 16 minutos falta do meio da rua para o São Paulo, Carleto encheu o pé, a bola pingou e Rafael defendeu para escanteio.

O jogo seguia sobre controle, Cañete recebeu e saiu da zaga, de fora da área arriscou para mais uma defesa de Rafael Defende.

Aos 47 minutos Aloisio arrancou e recebeu falta, na cobrança Rogério Ceni chutou e a bola passou por cima. Fim de papo, São Paulo 2 x 0 Bragantino.

SÃO PAULO X BRAGANTINO
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23 de março de 2013, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)

Público: 9.254
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Assistentes: Vicente Romano Neto e Giulliano Neri Colisse

Cartão Amarelo: Carleto, Denilson e Ganso (SPO) – Geandro e Rafael Andrade (BGO)

Cartão Vermelho: –

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Rodrigo Caio, Edson Silva, Toloi e Carleto; Wellington, Denilson (Maicon), Jadson e Ganso; Wallyson (Aloisio) e Luis Fabiano

Técnico: Ney Franco

BRAGANTINO: Rafael Defendi; Toninho, Raphael Andrade e Geandro; Diego Macedo, Moisés, Graxa, Serginho e Léo Jaime; Magno Cruz e Lincom

Técnico: Mazola Junior