ÚLTIMAS NOTÍCIAS
São Paulo só empata contra o Atlético Paranaense.

Não faltou luta, mas o time do Morumbi parece amaldiçoado, sai na frente, mas cede empate.

Por Paulo Edson Delazari / Glória Stefani Delazari
Mais de 25 mil torcedores apoiaram o Tricolor no Morumbi. ( Foto: Paaulo Pinto/ saopaulonet)

Mais de 25 mil torcedores apoiaram o Tricolor no Morumbi. ( Foto: Paaulo Pinto/ saopaulonet)

A diretoria tricolor fez promoção no ingresso e a torcida respondeu em noite fria e chuvosa no estádio do Morumbi, foram mais de 25 mil espectadores ao jogo e viram um empate em 1 a 1 entre São Paulo e Atlético Paranaense.

Os dois times jogaram a partida em busca do resultado, a comprovação desta afirmação está nos números, foram 72% de bola correndo, número muito acima do esperado em uma partida de futebol. Mas o espetáculo terminou mesmo no empate, os gols saíram no primeiro tempo, para o São Paulo marcou Rodrigo Caio e para o Atlético PR quem fez foi o imortal Paulo Baier de pênalti, chegando aos 94 gols em brasileiros.

Com o empate o São Paulo está a sete jogos sem vencer em casa e assim amarga a penúltima colocação com 10 pontos, o time comandado por Paulo Autuori viaja agora à Brasília onde enfrentará o Flamengo no estádio Manê Garrincha. Já o time paranaense receberá o Criciúma em Curitiba e encontra-se com 21 pontos na sétima colocação.

O jogo

O São Paulo vem de uma campanha ruim do Brasileiro, já eram dez jogos sem vitória por isso o time veio disposto a mudar desse panorama, mesmo sem Luís Fabiano seu maior artilheiro na temporada o tricolor partiu para cima do Atletíco-PR, com isso o setor defensivo ficou um tanto quanto exposto e a primeira chance do jogo foi por parte do time paranaense logo aos 3 minutos, Bruno Silva recebeu bola na entrada da área e chutou firme a bola passou perto da trave esquerda de Rogério Ceni.

Rodrigo Caio raspa de cabeça e marca o primeiro do tricolor.( Foto: Paulo Pinto)

Rodrigo Caio raspa de cabeça e marca o primeiro do tricolor.( Foto: Paulo Pinto)

Tal ousadia por parte dos paranaenses não sairia barato, aos 7 minutos Jadson cobrou falta para área, a bola passou por todo mundo e por pouco não entrou graças ao goleiro Ueverton, na sequência do lance a bola sobrou para Lucas Evangelista que sofreu falta na batida Jadson bateu cruzado para a nova defesa do goleiro.

A blitz seguia aos 12 minutos Jadson cobrou escanteio, Rodrigo Caio cabeceou para o chão e o goleiro Ueverton salvou novamente o time paranaense.

Aos 16 minutos Jadson cobra falta na área Rodrigo Caio raspa na bola e Aloísio novamente quase anula mais um gol do São Paulo, ele em posição de impedimento tenta tocar na bola, mas ela já havia entrado, o bandeirinha chega a assinalar o impedimento mais o árbitro valida o gol. São Paulo 1X0.

Mesmo com o gol o tricolor seguia persistindo aos 24 Fabrício recebeu na intermediária, avançou e encheu o pé, Ueverton defendeu para o lado evitando que o TIME DO Morumbi ampliasse.

Aos 27 uma defesa de dar Moral, Paulo Baier levantou a bola e Manoel cabeceou para o chão do lado esquerdo de Rogério Ceni, o capitão voou e impediu o gol de empate.

Castigo para o time que recuou demais, Paulo Baier faz boa tabela com Marcelo e na área vê Toloi fazer pênalti inocente. Na cobrança Paulo Baier bateu no canto alto esquerdo de Rogério, o goleiro até tocou na bola, mas a bola entrou. São Paulo 1 x 1 Atlético PR.

O São Paulo voltou a acordar e aos 43 Welligton encontrou Osvaldo, o atacante bateu de pé esquerdo e viu Uerverton defender outra.

Etapa Complementar.

Rodrigo Caio comemora gol. (Foto: Paulo Pinto)

Rodrigo Caio comemora gol. (Foto: Paulo Pinto)

O segundo tempo começou com algumas jogadas de bola parada por parte do São Paulo, mas  não foram tão efetivas, notando a apatia Tricolor Paulo Autuori colocou Ganso na partida aos 16 minutos no lugar de Fabrício, que trinta segundo antes perdeu bola no meio campo e deu grande chance para Dellatorre que chutou para defesa de Rogério Ceni.

Quando a fase não é boa nada ajuda, Lucas Evangelista tenta dar um lençol no zagueiro dentro da área, o defensor coloca a mão na bola e desvia, pênalti, mas a arbitragem não marcou.

Por pouco o São Paulo não fica na frente, Ganso engatilhou contrataque e tocou para Ademilson, o atacante cruzou rasteira e Léo tentou cortar e por muito pouco não fez gol contra, a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Um susto na torcida tricolor aos 39 Éderson recebe cruzamento na área, sozinho ajeita e bate, Rogério faz bela defesa.

A luta Tricolor seguiu até o fim, mas o time paranaense seguia marcando muito bem, mesmo com os quatro minutos de acréscimos o time do São Paulo não conseguiu marcar o gol da vitória.