ÚLTIMAS NOTÍCIAS
São Paulo termina brasileiro como vice-campeão!

Jogando na Arena Pernambuco com time misto, tricolor perdeu na última rodada para o Sport.

Por Vladimir da Costa

E finalmente chegou o fim do brasileiro para o tricolor paulista. Depois de fazer um campeonato sofrível no ano passado, a equipe contratou bem, manteve o técnico e a base, lançou boas revelações ao longo do ano e terminou o ano, de forma satisfatória, apesar de passar em branco em títulos, o São Paulo acabou em segundo lugar. Se no Brasil o segundo é o primeiro dos últimos, para o tricolor, o vice é motivo de alegria. Em 38 rodadas, a equipe do Morumbi obteve 20 vitórias, 59 gols marcados e 40 sofridos.

Denilson carrega a bola em partida válida pela última rodada do brasileiro. (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Denilson carrega a bola em partida válida pela última rodada do brasileiro. (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Para as duas equipes, a partida serviu mais como um amistoso, pior para os torcedores que foram prestigiar a última partida da competição e viram um jogo muito abaixo do que as duas equipes podiam dar.

Se não fosse pelo garoto Joelinton, de apenas 18 anos. O centroavante de 1,90m fez o gol da vitória do Leão por 1 a 0 sobre o São Paulo, neste domingo, na Arena Pernambuco.

A partida

O São Paulo tinha um ataque de peso, com Pato, Michel Bastos e Alan Kardec, mas o time foi surpreendido no começo do jogo e não teve força nem poder de reação para mudar o placar.

Logo aos três minutos, o atacante Joelinton aproveitou um erro coletivo da defesa tricolor para ficar na cara de Denis, a jovem revelação teve calma para chutar no canto do goleiro e abrir o placar.

Com a vantagem o Sport recuou à espera do São Paulo para jogar no contra-ataque, mas o tricolor não estava motivado para tal.

Joelinton comemora o gol da vitória do Sport diante do São Paulo. (Foto: Renato Spencer/Getty Images)

Joelinton comemora o gol da vitória do Sport diante do São Paulo. (Foto: Renato Spencer/Getty Images)

O time concentrou boa parte de suas jogadas pelo lado esquerdo, com Osvaldo e Reinaldo nas costas de Patric, mas não levou perigo. Michel Bastos, Alexandre Pato e Alan Kardec estavam em tarde pouco inspiradora. Susto mesmo só com Rafael Toloi, que ficou caído no gramado após um choque de cabeça com Mike. Ele recebeu atendimento e voltou normalmente ao jogo.

O São Paulo voltou para o segundo tempo com Boschilia na vaga de Alexandre Pato para tentar melhorar. O Tricolor passou a ter mais mobilidade e, enfim, criou uma boa chance que Magrão segurou após desvio de primeira de Osvaldo na área.

O Sport também criou boas chances. O time pernambucano se manteve mais presente ao ataque e teve duas ótimas chances para aumentar o placar. A primeira com o zagueiro Ewerton Páscoa arrancando de trás e chutando perto do ângulo esquerdo de Denis. Em seguida, Danilo errou cara a cara.

Final, vitória dos donos da casa que mostraram mais vontade e terminaram o nacional na 11ª colocação. O time pernambucano será o único representante do nordeste no brasileiro de 2015.

Muricy aproveitou para dar oportunidade a mais um garoto vindo do CT de Cotia. Ewandro foi a campo em substituição a Osvaldo para dar ainda mais velocidade ao Tricolor. Nada, porém, que mudasse o rendimento do time. Chutes fortes de Michel Bastos e Ademilson foram o máximo que o time conseguiu. O Sport se defendeu bem. Joelinton ainda colocou uma bola no travessão e termina 2014 como a grande esperança do Leão para 2015.