ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Sem criatividade, Alvinegro perde mais uma no brasileiro

Corinthians perde para o Grêmio e fica a 5 pontos da zona de rebaixamento

Por Vladimir da Costa

E a vida do Campeão do mundo definitivamente não vai bem. O alvinegro estava a quatro jogos sem vencer e a três sem marcar um gol sequer. Com 13 empates na competição, o Corinthians piorou suas estatísticas na atual edição do Brasileiro.

Diante do vice-líder, fora de casa, o Timão repetiu os mesmos erros. Falta de motivação, movimentação e fraco poder ofensivo, determinaram mais uma derrota. A oitava na competição. Para piorar, com a derrota para o Grêmio, na Arena por 1 a 0, deixou o Corinthians na 14ª colocação. Atrás de Portuguesa e São Paulo, times que passaram quase todo o campeonato brigando para não cair.

O Jogo

No duelo das equipes que que normalmente, quando vencem, é por placar mínimo, teve mais um capitulo repetido. Pior para os donos da casa, que não podiam contar com Kleber, suspenso, o Grêmio confiou em um Barcos, para furar a boa defesa Corinthiana. Que seguia rígida na defesa e engessada no ataque.

O Corinthians teve muita dificuldade para passar pela forte marcação gremista Preview

O Corinthians teve muita dificuldade para passar pela forte marcação gremista (Foto: Preview.com)

Com uma formação nova, o time do técnico tive Tite parecia que iria superar as constantes falhas no ataque, parecia. Aberto pelo lado direito, Diego Macedo jogou avançado e mostrou poder ofensivo. Em uma delas, quase abriu o placar. O estreante como titular recebeu livre e bateu, mas Dida fez ótima intervenção. No meio campo, no lugar de Danilo na armação, Douglas pouco ou nada fez.

O Grêmio não estava tão melhor que o Corinthians. Com uma formação muito defensiva, armada por Renato Gaúcho com três zagueiros e três volantes fez com que a melhor chance fosse apenas aos. 40 minutos. Lucas Coelho fez fila e finalizou de fora da área, exigindo a única defesa difícil de Cássio nos primeiros 45 minutos de jogo.

Mais interessado no resultado que o adversário, Renato Gaúcho acabou mudando o esquema e colocou o time no ataque. Tirou Bressan, lançou Maxi Rodríguez. A mexida não demorou para dar resultado. Aos quatro minutos, o tricolor gaúcho trocou bola na entrada da área corinthiana sem marcação. A bola chegou na esquerda, voltou para a direita, com o uruguaio que viu Barcos se deslocando dentro da área e lançou. O argentino matou no peito e com classe e chutou de pé esquerdo para abrir o marcador.

Com a vantagem, os donos da casa logo trataram de se fechar, diminuir os espaços no meio campo, como de costume e jogar por uma bola para matar o jogo.  Mesmo jogando em casa, o Grêmio se abdicou da partida. Pior para o Corinthians que perdeu a criatividade ofensiva. Os meias ficaram perdidos, tentavam passes sem sucesso. Numa rara chegada ao ataque, Emerson tentou, mas seu chute foi defendido por Dida.

Barcos comemora o gol marcado contra o Corinhians Foto Lucas Uebel Grêmio FBPA

Barcos comemora o gol marcado contra o Corinhians (Foto: Lucas Uebel /Grêmio FBPA)

Sem ser ameaçado, e com menor posse de bola que o time visitante, Renato tirou Barcos e lançou Saimon, passando novamente a jogar com três zagueiros. O Corinthians tentava, mas era bloqueado quando chegava perto da área e assim se seguiu até um fato raro para os torcedores do timão acontecer. No último lance da partida, vendo que os atacantes não estão em boa fase, o goleiro Cássio resolveu se aventurar na área adversária, mas de nada adiantou, mais uma derrota para uma equipe a beira de crise.

A vitória levou a equipe de Renato Gaúcho aos 52 pontos, a dez do líder Cruzeiro, mas com a classificação para a Libertadores ainda mais próxima. Já o Corinthians, restou a preocupação. Com 37 pontos, o time de Tite precisa se preocupar mais com a parte de baixo da tabela – está a cinco pontos do Criciúma, primeiro na zona da degola.

O Grêmio volta a campo no próximo domingo, em clássico contra o Internacional, às 16h, em Caxias do Sul. O Timão enfrenta o Criciúma em duelo de quase desespero, sábado, às 21h, em Itu.

FICHA TÉCNICA

Data: 16/10/2013 (quarta-feira)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Sandro Meira Ricci

Auxiliares: Cléber Lúcio Gil e Clóvis Amaral da Silva

Renda: R$ 454.454,00

Público: 17.318 torcedores

Cartões amarelos: Adriano (GRE), Cléber (COR)

Gol:  Barcos, do Grêmio, aos 4 do segundo tempo;

GRÊMIO

 Dida; Bressan (Maxi Rodríguez), Rhodolfo e Werley; Pará, Ramiro, Souza, Adriano e Alex Telles; Lucas Coelho (Paulinho) e Barcos (Saimon).

Técnico: Renato Gaúcho

CORINTHIANS

 Cássio; Edenílson, Cléber, Gil e Igor (Jociney); Ralf, Guilherme (Ibson), Diego Macedo (Rodriguinho) e Douglas; Emerson e Romarinho.

Técnico: Tite