ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Sem Ganso, Pato e Michel Bastos garantem vitória ao São Paulo

Meia não joga, mas dupla brilha e tricolor conquista vitória importante contra a crise

Por Anderson Marinho
Michel Bastos e Pato decidiram para o tricolor. Foto: Miguel Schincariol / Gazeta Esportiva

Michel Bastos e Pato decidiram para o tricolor. Foto: Miguel Schincariol / Gazeta Esportiva

O São Paulo recebeu o Audax neste sábado no estádio do Morumbi, em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Paulista 2015, e se recuperou da derrota no clássico contra o Corinthians vencendo a equipe de Osasco por 4 a 0, com gols marcados por Alexandre Pato (2) e Michel Bastos (2), aliviando um pouco a pressão e afastando momentaneamente a crise que ronda os bastidores do Morumbi.

Com o resultado o tricolor paulista segue como líder isolado do grupo 1 do Paulistão com 16 pontos ganhos, cinco a mais que o Mogi Mirim.

Já o Audax Osasco segue sem vencer no estadual e ocupa a lanterna do grupo 2 da competição com apenas quatro pontos.

O jogo

Precisando da vitória para dar uma resposta ao torcedor, após a derrota no clássico Majestoso da última quarta-feira pela Libertadores, o técnico Muricy Ramalho mandou o São Paulo à campo com força máxima, exceto pela ausência de Paulo Henrique Ganso que pediu para não jogar e deu lugar ao meia Tiago Mendes.

Jogadores comemoram o gol de MIchel Bastos. Foto: Sérgio Barzaghi / Gazeta Press

Jogadores comemoram o gol de MIchel Bastos. Foto: Sérgio Barzaghi / Gazeta Press

Em Campo o tricolor não sentiu a ausência do seu camisa 10, brilharam as estrelas do atacante Alexandre Pato e do meia Michel Bastos autores de dois gols cada no triunfo são-paulino.

O primeiro gol da equipe veio aos 33 minutos de jogo, Thiago Mendes iniciou a jogada, recebeu o passe de Luis Fabiano dentro da área e rolou para trás, Michel Bastos apareceu como um centroavante, no meio da pequena área, para escorar de chapa e abrir o placar.

Um minuto depois, após a o Audax  reiniciar o jogo, Souza rouboua bola e acionou Luis Fabiano, o fabuloso viu Alexandre Pato livre e lançou o companheiro que partiu em velocidade e tocou com categoria do goleiro Felipe Alves.

Etapa complementar

Na voltado intervalo o técnico Fernando Diniz promoveu as entradas de Gilsinho e Rondinelly nas vagas de Rafael Longuine e Thiago Silvy respectivamente, na tentativa de buscar a reação no segundo tempo.

Entretanto, o time osasquense seguiu com a sua proposta de jogo, com o domínio da posse de bola, mas sem objetividade suficiente para levar perigo à meta defendida por Rogério Ceni.

Alexandre Pato toca na saída do goleiro e comemora. Foto: Sérgio Barzaghi / Gazeta Press

Alexandre Pato toca na saída do goleiro e comemora. Foto: Sérgio Barzaghi / Gazeta Press

Bem postado e a espera do contra-ataque o São Paulo foi mais eficiente e chegou ao terceiro gol logo aos seis minutos de jogo.  Após um lançamento longo, por cima, Luis Fabiano escorou de cabeça para Michel Bastos, o meia avançou em velocidade pela esquerda e rolou para Alexandre Pato, na marca do pênalti, só empurrar para o fundo das redes e marcar o seu sexto gol no Paulistão, assumindo a artilharia do torneio.

Com boa vantagem no placar o São Paulo administrou bem o jogo, sem correr riscos, e chegou ao quarto gol aos 42 minutos, após boa troca de passes, Souza viu Michel Bastos invadir a área e deixou o companheiro cara a cara com Felipe Alves para tocar de pé esquerdo na saída do arqueiro rival e fechar o placar.

O São Paulo se concentra agora para o duelo contra do Danubio, do Uruguai, na próxima quarta-feira, às 22h00, pela segunda rodada da Taça Libertadores da América 2015.

O Audax volta à campo agora na próxima sexta-feira, às 19h30, contra o São Bernardo, no estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco pela sétima rodada do estadual.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 4 X 0 OSASCO AUDAX

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 21/2/2015 – 17h
Árbitro: Thiago Luiz Scarascati (SP)
Auxiliares: Marcelo van Gasse (SP) e Maiza Teles Paiva (SP)

Renda/Público: Nr$ 318.175,00 / 9.806 pagantes
Cartões Amarelos: Souza (SP)
GOLS: Michel Bastos, 33’/1ºT (1-0); Pato, 34’/1ºT (2-0); Pato, 6’/2ºT (3-0) e Michel Bastos, 42’/2ºT (4-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Tolói, Dória (Édson Silva, intervalo) e Reinaldo; Souza, Denílson, Thiago Mendes e Michel Bastos; Pato (Alan Kardec, 33’/2ºT) e Luis Fabiano (Centurión, 16’/2ºT).  Técnico: Muricy Ramalho

OSASCO AUDAX: Felipe Alves; Didi, Bruno e Francis; André Castro, Marquinho, Camacho, Matheus (Bruno Paulo, 31’/2ºT) e Rafael Longuine (Gilsinho, intervalo); Ytalo e Thiago Silvy (Rondinelly, intervalo).  Técnico: Fernando Diniz