ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Sonho da classificação vivo para o Corinthians.

Romarinho brilha e timão vence o bom time do Rio Claro.

Por Paulo Edson Delazari
525_a7550556-dd30-3aad-acd6-f5e052fb2359

Romarinho comemora seu segundo gol na partida. (Foto: Gazeta Press)

Corinthians encerra seu jejum no Pacaembu, na noite deste sábado, pela 10ª rodada do Paulista, contra o Rio Claro, após cinco meses sem vitória em sua casa. Com o placar de 3 a 2, e mais uma ótima partida de Romarinho, a equipe de Mano Menezes se mantém viva na competição, na busca por uma vaga na próxima fase do Estadual. Romarinho, duas vezes, e Cléber marcaram para o alvinegro; Léo Costa e Carlinhos fizeram para os visitantes.

Com o resultado, o time do Parque São Jorge chegou aos 14 pontos, mas não mudou seu lugar na tabela. Ele é o quarto do grupo B, que é liderado pelo Ituano, com 18 pontos. Essa é a quarta partida seguida que o alvinegro não perde, a segunda vitória consecutiva. O clube paulista tem mais cinco rodadas.

Os placares da tarde deste sábado também não ajudaram o alvinegro. O Ituano e o Audax, primeiro e terceiro do grupo, respectivamente, ganharam e somaram mais três pontos no campeonato. O Botafogo joga neste domingo, contra o Palmeiras e pode reasumir a liderança.

O jogo

Foram duas as novidades da partida: depois de duas partidas abaixo do esperado, o zagueiro Felipe foi trocado por Cléber, que inclusive fez um dos gols da vitória desta noite. A segunda foi a estreia do meia-atacante Luciano, ex-Avaí. O atleta foi apresentado na última quinta-feira, conquistou a confiança do treinador e entrou nos segundos finais do jogo.

Além de Jadson, Gil e Romarinho foram os destaques na equipe corintiana. O zagueiro ganhou praticamente todas as bolas, sem deixar muito perigo para o goleiro Cássio. O atacante, um dos mais criticados pela torcida até o fim do ano passado, deu mais uma demonstração de estar diferente nesta temporada, jogou bem e marcou o seu.

Os dois primeiros gols saíram dos pés do ex-são-paulino. No primeiro, o camisa 10 deu um lindo passe para Romarinho, que ficou cara a cara com o goleiro adversário, e bateu firme no canto direito para abrir o placar no Pacaembu, no primeiro tempo. Já na segunda etapa, Jadson cobrou escanteio na cabeça de Cléber, que só empurrou para balançar as redes.

A tentativa de reação do Rio Claro aconteceu aos 25 minutos, depois do intervalo. O ex-palmeirense Patrik entrou pela esquerda, cruzou na área e Léo Costa, sozinho, só tocou para marcar e diminuir para os visitantes.

O camisa 9 do Parque São Jorge teve pelo menos três oportunidades de marcar, sendo a última a mais inacreditável. O lateral Uendel avançou pela esquerda, cruzou para Guerrero, que bastava acertar a bola, mas se atrapalhou e não conseguiu. O atacante ficou quase um minuto agachado no chão se lamentando.

No lance seguinte, Romarinho fez seu segundo, o terceiro do time, depois de mais um escanteio cobrado por Jadson, e bola cabeceada por Cléber. Além dos gritos da torcida, todo o elenco foi comemorar com o peruano, ainda abatido com as oportunidades perdidas. O Rio Claro ainda conseguiu fazer o segundo gol, com Carlinhos em boa trama do ataque do time do interior.

O Corinthians volta ao Pacaembu na próxima quarta-feira, pela 11ª rodada do Paulistão, para enfrentar o Comercial, de Ribeirão Preto. O Rio Claro pega o Paulista, também dentro de casa, no próximo fim de semana, no sábado de Carnaval.