ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Sonolento, Palmeiras vence XV em horário alternativo

Com gol no fim, alviverde vence e mantém liderança isolada no Paulistão.

Por Vladimir da Costa

Nada acostumados a jogar cedo, Palmeiras e XV de Piracicaba fizeram uma partida sonolenta na manhã deste domingo. A antecipação do jogo devido as manifestações que acontecem em várias cidades, inclusive na capital paulista, fez com que a diretoria do alviverde antecipasse a partida em 5 horas e “tirou” os jogadores da cama para dentro do campo.

Gabriel marca o gol da vitória do Palmeiras diante do XV de Piracicaba. (Foto: Marcos Bezerra / Futura Press)

Gabriel marca o gol da vitória do Palmeiras diante do XV de Piracicaba. (Foto: Marcos Bezerra / Futura Press)

O mais de 26 mil torcedores, estavam mais ativos que os jogadores dentro de campo e contribuíram para que a partida não fosse monótona. O time alviverde estava quase satisfeito com o placar no Allianz Parque quando o volante Gabriel em finalização de fora da área deu a vitória por 1 a 0 para o Palmeiras  e acordou de vez quem levantou cedo para acompanhar a partida.

Com a vitória, o Palmeiras mantém a liderança do Grupo 3 com 21 pontos. Já o XV é o terceiro do Grupo 4, com 10 pontos, a dois do vice-líder Capivariano. A próxima rodada do Estadual terá São Bernardo x Palmeiras, no domingo, às 16h. No sábado, São Bento x XV de Piracicaba jogam no interior paulista.

A partida

Em campo, Palmeiras e XV de Piracicaba mostraram muita lentidão no primeiro tempo. Com uma marcação muito forte na entrada de sua área, o XV de Piracicaba travou o jogo e provocou problemas para a armação de jogadas do alviverde que tinha dificuldades de achar espaço para chutar a gol. O time do interior admitia a qualidade inferior e tentava “amarrar” a partida, até com cera em muitos momentos.

Zé Roberto disputa a bola contra zagueiro do XV em jogo disputado na capital Paulista. (Foto: Marcos Bezerra / Futura Press)

Zé Roberto disputa a bola contra zagueiro do XV em jogo disputado na capital Paulista. (Foto: Marcos Bezerra / Futura Press)

A única jogada perigosa de toda a primeira etapa foi um chute do lateral Lucas espalmado pelo goleiro Roberto.

O segundo tempo voltou com o XV tendo uma das primeiras chances da partida, mas logo o Palmeiras tomou as rédeas do confronto.

O time de Piracicaba seguia fechado no campo de defesa. Somente depois que Tony foi expulso, aos 20 minutos o Palmeiras passou a ameaçar mais incisivamente. Allione deixou o campo para a entrada da revelação Gabriel Jesus, mas o time alviverde seguiu sem criar grandes lances.

Quando a partida começava a movimentar certa insatisfação nas arquibancadas o gol saiu. o Palmeiras chegou ao gol num chute de fora da área do volante Gabriel, que pegou uma sobra e bateu firme, no canto direito de Roberto aos 39 mininutos.

.