ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tatu-bola é o mascote escolhido da Copa 2014

Ao registrar o símbolo nas marcas e patentes européias, o desenho “vazou”.

Por Paulo Edson Delazari

Mascote da Copa de 2012, o Tatu-bola foi registrado hoje (Foto divulgação)

A Fifa registrou nesta terça-feira no site de patentes europeias OHIM (Office of Harmonization for the Internal Market) o desenho do mascote da Copa do Mundo de 2014, confirmando o tatu-bola como animal escolhido para representar o país. O nome será escolhido através de votação na internet, da mesma forma que foi feito com a bola Brazuca.

No OHIM, a Fifa disponibilizou imagens em preto e branco e em 3-D do tatu-bola, que será amarelo e terá o casco azul. A ideia de ter o Tatu como símbolo do Mundial do Brasil surgiu no Ceará e foi apresentada apenas em fevereiro ao Ministério do Esporte e ao Comitê Organizador Local (COL) pela ONG Associação Caatinga, idealizadora do projeto.

No texto da campanha, a Associação Caatinga explica que o “Tolypeutes tricinctus” é o tipo de tatu mais ameaçado do Brasil e que a caça já o fez desaparecer de muitos estados. Para defender a escolha da mascote, a ONG lembrou que o nome original do tatu-bola foi dado devido à habilidade de curvar-se sobre si mesmo para se proteger quando ameaçado, ficando no formato de uma bola.

Recentemente, a revista “Veja” publicou a foto do mascote colorida. Na Copa de 2010, animal escolhido pela Fifa para representar a África do Sul foi um leopardo de cabelo verde, batizado de Zakumi.

Com o registro do símbulo a entidade máxima do futebol poderá explorar a marca por 10 anos.

Mascote da Copa 2014 em preto e branco no formato 3D. (FOTO: Divulgação)

Os outros mascotes das Copas anteriores.