ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tecnico do barça é questinado por deixar os craques no banco

Messi e Neymar iniciam clássico no banco e Tata Martino tem que justificar a escolha.

Por Vladimir da Costa

Depois de um empate morno, sem nenhuma criatividade, no clássico entre Barcelona e Atlético de Madri, times que brigam pela ponta do espanhol, como é de costume mundial, o técnico Tata Martino foi questionado pelo banco de luxo que tinha no inicio da partida.

Messi e Neymar conversam no banco durante partida do Barcelona pelo espanhol (Foto: Reuters)

Messi e Neymar conversam no banco durante partida do Barcelona pelo espanhol (Foto: Reuters)

Tranquilo, o técnico argentino lembrou dos problemas físicos da dupla (Messi estava afastado desde novembro por conta de uma lesão muscular na coxa esquerda, e Neymar foi poupado do último jogo devido a uma indisposição estomacal) teve de se justificar e expor o que pensava para a imprensa local que queria uma resposta pelo mal futebol apresentado pela equipe Catalã.

– Preciso tomar decisões no meu trabalho. Neymar vinha de um problema no estômago, e isso sempre influencia nas pernas. Lembram dos dois gols de Messi (contra o Getafe), mas não devem esquecer dos 60 dias (que ele ficou) parado. Qualquer técnico faria isso. Queríamos que eles entrassem com 15 ou 20 minutos do segundo tempo, mas Iniesta teve uma lesão no joelho e teve que ser substituído por Messi após o intervalo.

Quanto ao resultado, Martino se disse satisfeito com a postura do Barcelona e elogiou a equipe do Atlético de Madrid, que divide a liderança do Campeonato Espanhol com 50 pontos – a equipe catalã leva vantagem no saldo de gols.

– Um ponto é bom, mas queríamos vencer. Jogamos contra uma equipe de ponta e tivemos chances para lutar. Não é tão ruim fazer 50 pontos e acabar o primeiro turno na liderança.