ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tempos difíceis!

Corinthians sai na frente, mas leva virada do Vitória, no Barradão.

Por Vladimir da Costa

Em jogo válido pela segunda rodada do Brasileiro, neste domingo, em Salvador, Corinthians perdeu para o Vitória, no Barradão, por 3 a 2, e chegou a sua quinta partida sem vitória. A equipe de Tite teve boa atuação na primeira etapa, mas falhou nas finalizações e sofreu a virada nos 45 minutos finais.

Uendel e Fagner fizeram os gols corintianos. Leandro Domingues, Marinho e Kieza balançaram as redes para a equipe baiana. Com a derrota fora de casa, o time paulista amarga um jejum de vitórias desde o dia 20 de abril, quando goleou o Cobresal na Libertadores. Depois, empatou com Nacional, duas vezes, Audax, Grêmio e teve a derrota deste domingo.

Kieza fez o gol do Vitória diante do Corinthians. (Foto: Romildo de Jesus / Futura Press)

Kieza fez o gol do Vitória diante do Corinthians. (Foto: Romildo de Jesus / Futura Press)

Na quarta-feira, às 21h, o Vitória vai a Belo Horizonte para enfrentar o América-MG. Na quinta, às 11h, o Corinthians recebe a Ponte Preta em Itaquera.

A partida

Depois de pressionar fortemente e desperdiçar boas chances, a primeira com Marquinhos Gabriel, que foi displicente, depois com André e Fagner, o time de Parque São Jorge abriu o placar com Uendel aos 25 minutos do primeiro tempo, aproveitando combinação entre Guilherme e Giovanni Augusto para finalizar cruzado, sem chances para Fernando Miguel.

Sem se abalar, os donos da casa chegaram ao empate aos 29 minutos, com Leandro Domingues. Em lance individual, falha de Bruno Henrique e chute colocado no canto.

A partida seguiu empatada até os 38 minutos, quando Guilherme enfiou para Giovanni Augusto, que avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. O atacante André furou, mas Fagner entrava sozinho e marcou para o alvinegro.

Pela segunda vez na frente, o Corinthians soube trabalhar a bola e criou muitas chances pelo lado esquerdo, mas pecou nas finalizações. Os atletas alvinegros erraram muito diante do goleiro Fernando Miguel.

Após o intervalo, o Corinthians voltou mal, se perdeu defensivamente e passou a ser muito pressionado pelo adversário. A substituição promovida por Vagner Mancini organizou a equipe baiana, que cresceu de produção nos últimos 45 minutos.

Aos 11 minutos, Uendel afastou mal dentro da área e a bola bateu em Marinho, que mandou para as redes. Os corintianos reclamaram ao árbitro Héber Roberto Lopes que o atleta rubro-negro usou a mão para dominar antes de chutar para o gol.

Tite sacou Rodriguinho e Romero do time titular após o empate sem gols diante do Grêmio. O treinador optou por iniciar a partida contra o Vitória com Guilherme e Giovanni Augusto. As mudanças surtiram o efeito desejado por Tite.

Sete minutos depois, a defesa corintiana só observou Kieza, livre, receber cara a cara com Walter e levar o Vitoria ao terceiro gol.

Com o resultado, os paulistas seguem sem vencer no Brasileiro e ficam na 15ª colocação, com um ponto. O Vitória se recupera da goleada de 4 a 1 para o Santa Cruz e chega ao 12º lugar, com três.