ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Timão afasta a má fase e goleia a equipe do Comercial em casa

Guerrero sai machucado e dá lugar para meia Luciano que ajuda o timão a se aproximar dos lideres do grupo B.

Por Vladimir da Costa

O Corinthians parece ter recuperado de vez a força e a confiança no Paulistão. Depois de alguns jogos sem vencer e com a desconfiança da torcida. E equipe do Parque São Jorge voltou a campo nesta quarta-feira, no Pacaembu e venceu bem a equipe do Comercial. O alvinegro manteve o padrão que apresentou nas últimas rodadas, com a diferença é que desta vez Jadson não teve tanto espaço, bem marcado que foi pelo time de Vagner Benazzi. Sorte do torcedor alvinegro que Romarinho conseguiu aparecer.

Luciano faz dois gols e Corinthians vence a terceira seguida no paulista. (Foto: Reinaldo Canato/UOL)

Meia Luciano entra no lugar de Guerrero faz dois gols e Corinthians vence a terceira seguida no paulista. (Foto: Reinaldo Canato/UOL)

Apesar da retranca armada pela equipe do interior, o Corinthians teve um trunfo vindo do banco. Com dois gols, o atacante recém-contratado, Luciano substituiu Guerrero que saiu machucado e ajudou a garantir o 3 a 0 para a sua equipe.

Com a vitória no Pacaembu, o Corinthians chega a 17 pontos e assume a terceira colocação, ultrapassando o Audax. O time de Osasco entrará em campo na próxima sexta, assim como o Ituano – o Botafogo-SP joga no sábado. Sem compromissos no fim de semana, o time de Mano Menezes tem de torcer contra os adversários para melhorar suas chances de avançar ao mata-mata do Estadual.

A partida

Guerrero brigou como sempre no jogo. Com velocidade e disposição o atacante esbarrava na má fase que o acompanha e na forte marcação que recebeu na partida. Brigador, o atacante levou a pior numa disputa da bola.

O choque com um zagueiro deixou o peruano com dores no joelho esquerdo, e o médico do Corinthians já indicou que a lesão pode ser grave. Sem Guerrero, Mano Menezes teve que improvisar um 9..

O resultado foi imediato. Contratado há uma semana do Avaí, Luciano entrou, viu um espaço dentro da área, antecipou o zagueiro e completou para o gol um cruzamento rasteiro de Uendel com um minuto em campo.

Era tudo que o timão precisava. O Comercial, dono da quarta pior campanha do Estadual, manteve-se firme em seu plano de jogo durante os 90 minutos, dando bastante trabalho aos donos da casa. Jadson não repetiu as boas atuações que tece nos jogos passados. Bem marcado, o meia teve que dividir a criação com Romarinho, que mostrou-se versátil em buscar o jogo e ser uma boa opção partindo de frente com a bola.

Jadson e Luciano se abraçam depois do recém-contratado marcar dois gols. (Reinaldo Canato/UOL)

Jadson e Luciano se abraçam depois do recém-contratado marcar dois gols. (Reinaldo Canato/UOL)

O Corinthians não tinha criatividade suficiente para fazer o Comercial se abrir. Pelo contrário. Perigosa, a equipe de Ribeirão Preto arriscava de longe, já que era complicado subir para atacar e voltar com a mesma velocidade para se fechar todo atrás. Numa jogada ofensiva, quase empatou. Cássio vacilou em uma saída do gol e quase deu o gol pro adversário.

Romarinho continuava a ser o motor da equipe. Enquanto Luciano dava mais opções aos volantes e voltou a balançar as redes aos 44 minutos. Em um lance isolado, o substituto de Guerrero cortou um zagueiro de fora da área e bateu no canto do goleiro, com muita categoria, para garantir três pontos importantes para a equipe.

Minutos depois, foi Gil quem deixou a vitória com gosto de goleada. O timão seguiu em cima. Aos 47 minutos, Bruno Henrique arriscou e quase marcou. O goleiro Marcelo Henrique salvou. Só que nos escanteio, não deu.  No último lance, Gil completou um escanteio de cabeça e fez 3 a 0, marcando seu primeiro gol no ano pelo alvinegro.

O Corinthians agora só volta a jogar contra o Linense, ná próxima quarta-feira, em Lins. O Comercial, por sua vez, receberá o Ituano em Ribeirão Preto, no mesmo dia.

FICHA TÉCNICA

 Data: 26/02/2014

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Árbitro: José Cláudio Rocha Filho

Assistentes: Marco Antônio Gonzaga da Silva e Fábio Rogério Baesteiro

Cartões amarelos: William Simões, Levi e Mateus (Comercial)

Gol: Luciano, aos 42min do primeiro tempo

 CORINTHIANS

 Cássio, Fagner, Gil, Cléber e Uendel; Ralf, Guilherme, Bruno Henrique e Jadson (Paulinho); Romarinho (Danilo) e Guerrero (Luciano) Técnico: Mano Menezes

 COMERCIAL

 Marcelo Henrique, Marcos Pimentel (Cassiano Bodini), Edimar, Luiz Eduardo e William Simões (Ralph); Xaves, Levi (João Henrique), Patrick e Mateus; Clebinho e Edson Técnico: Vagner Benazzi