ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Timão Majestoso!

No primeiro jogo decisivo do ano, Corinthians goleia a Ponte Preta e está na semifinal do Campeonato Paulista

Por Eduardo do Carmo

O apelido do estádio da Ponte Preta, o Moisés Lucarelli, palco do duelo alvinegro pelas quartas de final do Campeonato Paulista, inspirou o Corinthians, que bateu a Macaca por 4 a 0, na tarde deste domingo. O majestoso time do bando de loucos – que estava em minoria na partida de hoje – segurou os campineiros no início do jogo e, com muita paciência, construiu o placar elástico em Campinas.

Romarinho abre o caminho para a goleada do Corinthians em Campinas (Foto: Luís Moura/Gazeta Press

Romarinho, Emerson, Paolo Guerrero e Alexandre Pato fizeram os gols responsáveis pela classificação para as semifinais do Paulistão. O adversário do Timão sai do confronto entre São Paulo e Penapolense, no Morumbi. O próximo compromisso do Corinthians, pela Libertadores, será em solos argentinos. A equipe viaja até Buenos Aires para encarar o Boca Juniors, na quarta-feira, às 22h, em jogo válido pelas oitavas de final da competição continental.

Com a eliminação no Paulistão, a Ponte Preta volta suas atenções para o Troféu do Interior e Copa do Brasil. A disputa interiorana ainda não tem definição de datas e horários. Na competição nacional, a Macaca já conhece o adversário: o Bragantino. A partida de ida acontece no dia 9 de maio, quinta-feira, às 21h50, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

A vitória do Corinthians teve certo tom de vingança, pois na temporada passada, na mesma fase do Paulistão, a equipe do técnico Tite foi eliminada pelo time de Campinas, em pleno Pacaembu.

Por conta de cláusula contratual, o meia Ramírez – atleta do Corinthians emprestado para a Ponte Preta – foi o principal desfalque da Macaca. Pelo Corinthians, as baixas foram: Jorge Henrique (suspenso), além de Cássio, Renato Augusto e Guilherme Andrade, todos lesionados.
O jogo
Aos 11 minutos, William recebeu lançamento pela direita e bateu forte para grande defesa de Danilo Fernandes. A Ponte Preta teve maior posse de bola no início da partida, mas tinha muita dificuldade para furar o bloqueio defensivo do Timão. Mais preocupado em segurar a pressão da Macaca, o Corinthians chegou ao ataque apenas aos 31 minutos. Na oportunidade, Paolo Guerrero invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou perto da trave de Edson Bastos e saiu pela linha de fundo.

Corinthians goleia a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, e avança para a semi do Paulistão (Foto: Sérgio Barzaghi/Gazeta Press)

Um minuto mais tarde, Guerrero recuperou a bola na defesa passou para Emerson Sheik, que tocou para Danilo. O meia mandou de calcanhar para Guerrero, que soltou uma bomba. O goleiro Edson Bastos espalmou e Romarinho completou para o fundo da rede.

Aos 38, foi a vez de Fábio Santos roubar a bola do adversário. O lateral tabelou com Danilo e abriu na esquerda para Emerson, que cortou para o meio e chutou no canto direito, sem chances para Edson Bastos. Aos 41, a Ponte voltou ao ataque com Chiquinho. O camisa número 10 acertou a rede, porém pelo lado de fora. Aos 45, Paulinho buscou o ângulo, mas mandou por cima do gol. No último lance da etapa inicial, Uendel mandou na área e William desviou de cabeça. Seguro, Danilo Fernandes defendeu.

Na volta do intervalo, a Ponte Preta ensaiou uma pressão, mas quem marcou foi o Corinthians. Aos 9, Emerson invadiu a área e foi derrubado por Cléber. Pênalti. Na cobrança, Guerrero chutou rasteiro no canto esquerdo e ampliou o marcador. O gol abalou o emocional da Macaca, que ainda teve um jogador expulso. Baraka pisou em Romarinho e levou cartão vermelho direto.

Aos 25, Romarinho recebeu na entrada da área, livre, mas preferiu driblar o zagueiro e, na sequência, chutou fraco para defesa de Edson Bastos. Com a classificação na mão, o Corinthians trocou passes e envolveu a Ponte Preta, que aceitou a desclassificação mesmo com metade da etapa final pela frente. Nas arquibancadas, quanto mais o tempo passava, menor era o número de ponte-pretanos por lá.

No final, Alexandre Pato foi o principal jogador da partida. Aos 37, o atacante contou com falha da defesa adversária, dominou na pequena área e finalizou com perigo. Edson Bastos, com a perna, salvou a equipe da casa. Aos 39, Douglas cruzou, Pato cabeceou firme e Bastos fez mais uma defesa. De tanto insistir, Pato deixou a sua marca aos 43, quando recebeu passe de Emerson, driblou dois zagueiros e goleiro, e fez um golaço para fechar o placar.

Jogadores do Corinthians se abraçam em jogo que o Timão goleou a Macaca em Campinas (Foto: Leonardo Soares)