ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Timbu goleia Tricolor por 3x0 nos aflitos e foi pouco.

Em jogo de um time só, Náutico passa o trator no São Paulo e deixa o torcedor aflito.

Por: Paulo Edson Delazari

Kyesa autor do primeiro gol do Náutico. (Foto: Gazeta Press)

Imagine uma carreta passando por cima de uma melancia. Imaginou? Então, assim foi o jogo entre Náutico e São Paulo, o timbu como é conhecido em Pernambuco atropelou o time do São Paulo por 3×0. O destaque da partida foi o volante Souza, que já defendeu as cores do Palmeiras, mesmo este não tendo marcado nenhum dos gols, foi o melhor em campo.

Com a derrota Ney Franco chega a cinco derrotas, quatro vitórias e 1 empate nas dez partidas que comandou a equipe, um desempenho pífio de apenas 43%, um dos piores entre os últimos cinco técnicos que passaram pelo tricolor nestes últimos 4 anos. Para se ter uma dimensão, este índice é pior do que o de Adilson Batista que obteve 47% de aproveitamento, fica a pergunta, será que Ney Franco resistirá a tamanha pressão? Só Juvenal tem a resposta.

Ao sair de campo Rogério estava totalmente abatido e reconheceu o erro no terceiro gol que o time tricolor sofreu. Aproveitou também para desabafar.

“Eles chutaram mais bolas do que nós. Tocamos bem a bola mesmo com o placar adverso, mas estão faltando algumas coisas”, disse o camisa 01.

O Jogo

1º tempo

Rogério, Rhodolfo e Toloi se reunem, mas de nada adinta, a defensiva tricolor continua falhando. (Foto: Rubens Chiri / saopaulo.net)

4 minutos: Souza chuta de fora da área, Rogério Ceni bate roupa, mas a zaga afasta com Rhodolfo.

6 minutos: Após falta a zaga tricolor afasta mal, Araujo pega rebote e chuta no canto de Rogério que defende, na sobra o próprio Araujo isola o que poderia ser o primeiro do Timbu.

11 minutos: Cruzamento na área tricolor é sinônimo de desespero para Rogério, a zaga afasta mal a bola sobra para Kyeza que bate e Toloi faz bela defesa, porém o goleiro é Rogério, o arbitro não exita e marca pênalti. Kieza mesmo bate e faz Náutico 1×0.

20 minutos: Emfim uma chance tricolor, após cruzamento de Douglas, Cicero cabeceia em cima de Gideão.

28 minutos: Contra ataque do Naútico, Araujo lança Rainer que ganha de Douglas na dividida, na sequência bate, Rogério defende, mas o rebote é de Araujo que desta vez não perdoa. Náutico 2×0.

Depois do gol, o time pernambucano se trancou na defesa em busca de novos conta ataques que não aconteceram e o São Paulo não soube transpor a barreira defensiva.

2º tempo

O São Paulo parecia que iria reagir, só pareceu, como tudo dava errado até o capitão resolveu contribuir, chegando ao seu 105º de maneira desastrosa, contra.

3 minutos: Jadson cobrou falta pelo lado direito do ataque, Cicero desviou mas Casemiro não chegou.

Daí em diante só deu  Náutico.

15 minutos: Souza bate forte da intermediária, cheio de efeito, Rogério tira de manchete, no escanteio, Souza recebe e tenta cruzar a bola vem venenosa e o goleiro tricolor defende novamente para escanteio.

16 minutos: Na cobrança de escanteio Rogério Ceni sai mal, dá um soco na bola de rosca e a bola entra contra, ele que já fez gols de várias maneiras, agora tem um contra na carreira.

27 minutos: Falta na direita para o São Paulo, Denílson cobra e Cícero cabeceia no contra pé de Gideão, o zagueiro Marlon impede em cima da linha.

28 Souza sempre ele leva na ponta direita cruza para área e encontra Araujo, o meia cabeceia na pequena área e Rogério Ceni opera um milagre com a ponta dos dedos.

33 minutos Kyesa recebe e do bico da grande área chuta em Diagonal para defesa de Rogério Ceni.

Com a terceira derrota consecutiva o São Paulo vai para 8º posição na classificação com 25 pontos e agora enfrenta a Ponte Preta no Morumbi pela 18º rodada do campeonato, a boa notícia para o torcedor tricolor pode ser o retorno de Lucas, já que Luis Fabiano só deve retornar contra o Corinthians.