ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tricolor, cinco jogos de invencibilidade e olho no G4

São Paulo nas últimas cinco partidas foram 3 vitórias e 2 empates.

Por Paulo Edson Delazari 

Da esq. p/ dir.: Cícero, Rhodolfo, Rogério Ceni, Paulo Assunção, Cortês, Rodrigo Caio e Pires. (Foto: Dorival Rosa/ Vipcomm)

Depois da excelente vitória sobre o Palmeiras na última rodada do Campeonato Brasileiro, o que não falta é entusiasmo aos Tricolores. O São Paulo viajou ao Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco, na noite desta quarta-feira, em São Januário. Um duelo direto por uma das vagas no G4 da competição nacional.

Com 46 pontos, o Tricolor está na quinta colocação, com quatro pontos a menos que o time carioca. O time são-paulino não esconde o clima de decisão, mas também sabe que ainda faltam muitas rodadas para o término do Brasileiro. Depois do jogo contra o Vasco, o São Paulo ainda fará nove jogos pelo torneio.

Para sair de São Januário com os três pontos, o time conta com a boa sequência invicta do técnico Ney Franco. Ao todo, já são cinco jogos sem perder – três vitórias e dois empates. É a maior invencibilidade do comandante desde que chegou ao clube, na metade do mês de julho.

“Nossa equipe jogou muito bem contra o Palmeiras, mas agora o pensamento já é no Vasco. Uma equipe que tem qualidade e é muito forte quando joga em casa. Temos de manter esse bom momento que estamos atravessando para conseguir nosso objetivo na tabela de classificação”, ressaltou Ney Franco.

O grande desfalque para esse duelo decisivo é o meia-atacante Lucas que está com a Seleção Brasileira para disputar os amistosos contra Iraque e Japão. Para o seu lugar, Ney Franco ainda não definiu o substituto. O lateral-direito Douglas e o atacante Ademilson são os favoritos. Contudo, o Vasco não contará com Dedê pelo mesmo motivo.

“Se eu tivesse Lucas, Luis e Osvaldo, com certeza repetiria a escalação, mas tenho que ver como ficará sem o Lucas de acordo com o Vasco. Quero ter em campo sempre jogadores que sabem fazer gols”, completou Ney Franco.

Paulo Miranda que vem se destacando na lateral direita, também fez declarações a respeito da partida.

“Queremos a vitória, vamos atrás disso. Nosso time está em um bom momento e queremos continuar assim. É um jogo difícil, mas temos condições de conquistar os três pontos”, concluiu o zagueiro Paulo Miranda, que vive boa fase improvisado na lateral direita.

Porém, o meio-campista Casemiro está tendo dificuldades em reconquistar o espaço no elenco do São Paulo. O técnico Ney Franco relacionou 19 jogadores para o duelo contra o Vasco, mas o jogador revelado na base do clube não está na lista para o duelo no Rio de Janeiro.

Na posição, Ney terá os titulares Wellington, Denilson e Jadson, além de Paulo Assunção, Rodrigo Cario, Cícero e Maicon – este último, inclusive, pode ganhar a vaga do ausente Lucas, apesar do favoritismo de Douglas.

Veja os relacionados do São Paulo:

Goleiros: Rogério Ceni e Denis

Zagueiros: Rhodolfo, Rafael Toloi, Paulo Miranda e Edson Silva

Laterais: Cortez e Douglas

Meiocampistas: Jadson, Maicon, Wellington, Denilson, Paulo Assunção, Rodrigo Caio e Cícero

Atacantes: Luis Fabiano, Osvaldo, Ademilson e Willian José

 

VASCO X SÃO PAULO

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 10/10/2012 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende da Cunha (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Fabio Pereira (Asp-Fifa/TO)

VASCO: Fernando Prass; Jonas, Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Nilton, Wendel, Juninho e Marlone; Eder Luis e Alecsandro. Técnico: Marcelo Oliveira.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington e Jadson; Douglas (Ademilson), Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.