ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tricolor vence a quarta seguida

São Paulo derrota o Dragão em casa e fica mais perto dos Lideres

Por Vladimir Costa

Luis Fabiano perdi penalti no 2º tempo e fica inconformado. (Gaspar Nobrega/Vipcomm)

O São Paulo foi a campo nesta quinta-feira para manter a boa fase e se consolidar na quarta colocação da competição, diante de um desesperado Atlético-GO e o resultado foi o esperado.

Com o time que todos consideram ideal, o São Paulo foi superior durante os 90 minutos e acabou vencendo a partida pelo placar de 2 a 0 e ficando cada vez mais perto de voltar a disputar a Copa Libertadores.

Com gols de Paulo Miranda e Osvaldo marcaram a equipe tricolor mostrou força em casa, mesmo com Luis Fabiano ainda perdendo pênalti.

A partida

O São Paulo começou a partida afoito, preocupado em marcar logo seu primeiro gol, se lançando para o ataque desordenadamente, na base da pressa, tanto que, depois de uma saída de bola errada, quase acabou sendo surpreendido.

Depois de uma saída de bola errada, a bola sobrou para Dodô que mandou um balaço de fora da área, obrigando Rogério Ceni e se esticar todo para não deixar a bola entrar.

Depois disso, só deu São Paulo. Aos 17, Osvaldo deu boa assistência para Luis Fabiano, que bateu para fora, à esquerda de Márcio Aos 27, novamente o goleiro do Dragão fez duas defesas seguidas, também com finalização do Artilheiro tricolor.

O gol são-paulino estava amadurencendo. E aos 28, depois de martelar o bom goleiro atleticano, a bola sobrou para Paulo Miranda, sem goleiro, abrir o placar.

 Após chute de Toloi e defesa de Márcio, a bola sobrou limpa para o zagueiro, que, só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Depois do gol, o Tricolor seguiu soberano, e o Atlético-GO parecia ter desistido. Aos 32, Ricardo Bueno deu um chute perigoso, praticamente o último da primeira etapa e mais nada que ameaçasse a meta de Rogério.

Minutos depois, Marcio mostrou reflexo e sorte e impediu o gol de Luis Fabiano. O goleiro fez grande defesa em cabeçada do atacante.

Se Luis Fabiano estava sem sorte, Osvaldo achou sua estrela. O atacante fez uma pintura de gol aos 38. Ele passou por dois marcadores pela esquerda, invadiu a área e bateu com muita tranquilidade na saída do arqueiro rival. Um golaço no Morumbi.

Paulo Miranda vibra com gol que abriu o placar ao lado de Lucas(dir) e Rafael Toloi (esq). (Foto: Gaspar Nóbrega/Vipcomm).

Etapa complementar

Tricolor diminuiu seu ritmo no segundo tempo, já o Atlético, assustou no primeiro minuto. Dodô chutou firme, mas Rogério Ceni bem colocado, fez a defesa.

O São Paulo só foi atacar aos 14, quando Lucas recebeu na área e, de pé direito, acertou a trave de Márcio. O Tricolor já havia traçado a velocidade da etapa inicial pela cadência na troca de passes.

Aos 33, teve boa chance para ampliar quando Luis Fabiano foi derrubado na área por Diego Giaretta. Pênalti marcado por Márcio Chagas. Mas a noite não parecia ser do atacante tricolor. Ele exagerou na força e acabou acertando o travessão.

Agora, com 55 pontos, o Tricolor tem cinco de vantagem para o Vasco, que perdeu o clássico contra o Botafogo, no Engenhão.

Os dois times voltam a campo no domingo. O São Paulo enfrenta o Flamengo, no Engenhão, às 16h. O Dragão duela com o também ameaçado Sport, no Serra Dourada, às 18h30m.