ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tricolor vence clássico San-são e sobe na tabela

Com gol solitário de Paulo Miranda, o São Paulo chega a segunda vitória no Brasileirão.

Por: Eduardo do Carmo

No clássico paulista da 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo venceu o Santos por 1 a 0, na noite deste domingo, no Estádio do Morumbi, e chegou ao segundo triunfo na competição.

Sem Luis Fabiano, centroavante tricolor, o gol da vitória foi marcado em jogada de dois zagueiros. Rhodolfo tocou e Paulo Miranda anotou.

Incansável Lucas chegou dos EUA e foi para o Jogo (foto: Wander Roberto/VIPCOMM)

A grande surpresa do São Paulo foi a participação do craque Lucas, que estava com a Seleção Brasileira e voltou para atuar no clássico. O meia foi muito bem e criou as melhores oportunidades do seu time em jogadas de aproximação com Jadson.

Já o Santos, sem a dupla Neymar e Ganso, pouco fez para buscar a primeira vitória no Brasileirão. Isolado no ataque, Alan Kardec não foi muito servido pelos companheiros. Ao seu lado, Rentería teve atuação discreta e dificultou as ações ofensivas do Peixe.

Com a vitória, o São Paulo assumiu a sétima colocação com seis pontos. Ainda sem vencer, o Santos continua na parte de baixo da tabela. O time da baixada ocupa a 16ª posição com três pontos.

Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Atlético-MG, no próximo domingo, às 16h. Antes, os comandados de Leão terão um compromisso importante, o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil diante do Coritiba, na quinta-feira, também no Morumbi.

Por sua vez, o Santos terá outro clássico, na quarta-feira, pela Libertadores. O Peixe recebe o Corinthians no jogo de ida da semifinal da competição continental, na Vila Belmiro, às 21h50. Pelo Brasileirão, no domingo, o adversário será o Flamengo, no Engenhão.

O jogo

A primeira boa jogada aconteceu no campo ofensivo tricolor aos seis minutos. O lateral Douglas fez boa jogada pela direita e sofreu falta perigosa. Na cobrança, Jadson alçou a bola na área, o goleiro Aranha saiu mal, mas a zaga santista afastou.

Paulo Miranda comemora gol da vitória tricolor (foto: Wander Roberto/VIPCOMM )

No minuto seguinte, Jadson apareceu mais uma vez pelo lado direito do campo. O meia cruzou na segunda trave e Rhodolfo ajeitou para Paulo Miranda, também de cabeça, balançar as redes.

Com o gol, o São Paulo se animou e continuou no ataque. Aos 12 minutos, Willian José arrisca de longe, mas a bola vai para fora. Em seguida, aos 13, Lucas avançou pela direita, driblou Léo, cortou para o meio, porém chutou fraco.

No decorrer da etapa inicial, o Santos equilibrou a partida, mas não conseguia finalizar. O tricolor montou um bloqueio defensivo, que dificultava as investidas do alvinegro praiano.

Até que aos 33 minutos, Alan Kardec proporcionou o primeiro e único lance de gol do Santos. O atacante recebeu na entrada da área, fintou Paulo Miranda e chutou perto da trave direita de Denis. Depois da finalização de Kardec, os dois times pouco criaram e o time do Morumbi levou a vantagem para os vestiários.

Na volta do intervalo, duas substituições na equipe do técnico Leão. Bruno Cortez passou mal ainda nos vestiários e deu lugar ao paraguaio Piris. Já Fernandinho, que pouco apareceu no jogo, foi substituído pelo meia Maicon.

Mesmo com as mudanças, o estilo de jogo do São Paulo não se alterou e a equipe teve a primeira chance da etapa final. Aos 6 minutos, Jadson puxou contra-ataque e tocou para Lucas, que invadiu a área e arrematou rente à trave.

No Santos, a alteração ocorreu aos 16 minutos. Dimba entrou no lugar de Rentería. A troca quase surgiu efeito, pois o próprio atacante, em seu primeiro lance, dominou na entrada da pequena área e chutou cruzado para grande defesa de Denis.

Os visitantes continuaram no ataque e quase empataram com Éwerton Pascoa, que balançou as redes, mas pelo lado de fora.

A partida ficou morna, o Santos ainda tentou colocar uma pressão final no rival, mas sem sucesso. Assim como nos minutos finais do primeiro tempo, poucas oportunidades surgiram para os dois lados até o apito final.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 1 X 0 SANTOS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 10 de junho de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Público: 6.327 pagantes
Renda: R$ 185.950,00
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Herman Brumel Vani e João Nobre Chaves (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Marcelo Aparecido de Souza e Antonio Rogério Batista do Prado (ambos de SP)
Cartões amarelos: Denilson (São Paulo); Felipe Anderson e Durval (Santos)
Gol: SÃO PAULO: Paulo Miranda, aos sete minutos do primeiro tempo

SÃO PAULO: Denis; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez (Piris); Denilson, Cícero e Jadson; Lucas, Fernandinho (Maicon) e Willian José (Ademilson)
Técnico: Emerson Leão

SANTOS: Aranha; Maranhão, Edu Dracena, Durval e Léo; Éwerthon Páscoa, Henrique, Felipe Anderson (Alan Santos) e Gérson Magrão (Victor Andrade); Alan Kardec e Renteria (Dimba)
Técnico: Muricy Ramalho

Single words or short phrases in languages other than english should always be italicized if considered unfamiliar to the reader example eduard gave his babi ka a big other info hug at the christmas party, after having not seen her for two years